e-SicFacebookYoutube
-

Notícias

Pilotos de 25 países disputam a partir de hoje em Guandu etapa do Mundial de Parapente

14/04/2018

Baixo Guandu vai ser, a partir de hoje (14/04) a capital mundial do parapente, quando 125 pilotos de 25 países estarão disputando uma etapa do campeonato mundial da categoria, que prossegue até o dia 21 de abril.
 
O evento, organizado pela Associação Capixaba de Voo Livre e com apoio da Secretaria Estadual de Esportes e da Prefeitura de Baixo Guandu, promete grandes emoções durante uma semana de competições.
 
O piloto capixaba Frank Brown, um dos 25 atletas brasileiros inscritos nesta etapa do mundial, explicou que a competição é uma das mais difíceis do mundo. “O campeonato acontece há vinte anos e é um dos circuitos mais rígidos do parapente, pois para fazer parte o piloto tem que estar entre os melhores de cada país”, disse Brown.
 
A cidade já sediou no final de março e início de abril uma etapa do campeonato Pan-Americano de parapente e agora chegou a vez do mundial.
 
“Colocamos em definitivo Baixo Guandu no circuito mundial do esporte, atraindo para cá pessoas de todo o mundo, num processo de resultados espetaculares para a cidade, que movimenta a economia e nos faz conhecidos internacionalmente”, falou o prefeito Neto Barros.
 
A expectativa é de mais de 500 visitantes em Baixo Guandu entre hoje até o dia 21 de abril, sendo que o QG da organização da etapa do mundial já está montado na praça São Pedro, de onde os pilotos partem diariamente para a rampa do Monjolo. O campeonato mundial prossegue com etapas em países como Itália, Bulgária e Turquia.
 
A rampa do Monjolo fica localizada a 20 quilômetros do centro da cidade e quem quiser assistir de perto a decolagem dos pilotos pode se dirigir ao local, onde a partir das 9 horas começam diariamente as competições.

PAN-AMERICANO
A etapa do Pan-Americano realizado em Baixo Guandu teve os resultados divulgados.
Na categoria Open, o melhor colocado foi o piloto brasileiro Jeison Zeferino Brito, com 2.845 pontos, seguido do também brasileiro Leandro Henrique de Paula (2.841 pontos) e em terceiro lugar ficou o argentino Michel Guilhemot, que somou 2.838 pontos.
 
Na categoria por times, quem mais pontuou foi a equipe da Colombia, com 10.439 pontos; em segundo lugar o time brasileiro com 10.109 pontos e em terceiro lugar a Venezuela, com 9.919 pontos.
 
E teve também a competição feminina do Pan-Americano de parapente, ficando em primeiro lugar a brasileira Priscila Fevereiro, em segundo a colombiana Andrea Jaramillo e em terceiro a argentina Shauin Kao.


Comemoração na entrega de medalhas do campeonato Pan-Americano, na categoria equipes



O prefeito Neto Barros agradeceu a todos os participantes do evento



O piloto Frank Brown recebeu diplomas, entre eles o de recordista mundial de maior distância percorrida

 

ES

BrasãoRua: Francisco Ferreira, n°40 Bairro: Centro CEP: 29730 – 000
Tel.: (27) 3732 – 8900 | Fax: (27) 3732 – 8900
CNPJ: 27.165.737/0001-10

Desenvolvido por DesignMaster Agência Digital