e-SicFacebookYoutube
-

Notícias

Baixo Guandu em destaque no ES entre as cidades mais ágeis para se abrir um negócio

08/08/2018

O município de Baixo Guandu apareceu com ótimo destaque entre os municípios do Estado que oferecem mais agilidade no momento de se abrir uma empresa, segundo levantamento divulgado esta semana pelo Anuário Rede Gazeta 2018.
 
Para abrir um negócio em Guandu o interessado gasta apenas 1 dia, enquanto a média no Estado do Espirito Santo é de 5,4 dias. Já no Brasil, a média é muito maior: 79 dias para um empreendedor colocar seu negócio em funcionamento.
 
Baixo Guandu apareceu na publicação em excelente destaque porque o processo de abertura de qualquer negócio, na cidade, foi desburocratizado pela Prefeitura Municipal. Basta o interessado apresentar a documentação básica necessária e em 24 horas já receber o alvará de funcionamento.
 
No Espírito Santo, 9 municípios conseguem fazer a abertura de um negócio em apenas 15 minutos; e outros 9, dentre eles Baixo Guandu, agilizam o processo em 24 horas. Seis municípios permitem a abertura da empresa em 2 dias; mais 10 de três a oito dias e na última colocação aparecem outros 11 municípios, que demoram entre 10 e 30 dias.
 
Desde o começo do ano passado, abrir um negócio em Baixo Guandu se tornou muito mais ágil, graças a um trabalho desenvolvido pela Secretaria de Administração e Finanças de desburocratizar o processo.
 
O prefeito Neto Barros considera muito importante o município oferecer a facilidade necessária para abertura de um negócio, evitando entraves que desanimam o empreendedor. “Nosso atendimento hoje é eficaz e rápido, desburocratizado, exatamente para criar um ambiente favorável à atração de novos empreendimentos”, disse o prefeito Neto.
 
Não é por acaso que Baixo Guandu teve um aumento extraordinário de empreendimentos desde o ano de 2013. Cresceu o número de micro e pequenas empresas (69%), empresas individuais (279% de crescimento) e o faturamento das empresas locais passou de R$ 282 milhões em 2012 para R$ 449 milhões em 2016, segundo dados da Secretaria da Fazenda do Estado.
 
Como consequência deste crescimento econômico de Baixo Guandu, desde 2013 o município passou também a recuperar sua cota parte do ICMS que é distribuído aos municípios capixabas.

Em 2012 a cota guanduense era de 0,605 e em 2016 já aparecia com 0,818, com tendência de forte alta em função de novos empreendimentos de porte que estão se instalando no município.

ES

BrasãoRua: Francisco Ferreira, n°40 Bairro: Centro CEP: 29730 – 000
Tel.: (27) 3732 – 8900 | Fax: (27) 3732 – 8900
CNPJ: 27.165.737/0001-10

Desenvolvido por DesignMaster Agência Digital