e-SicFacebookYoutube
-

Notícias

Gincana contra a dengue envolve escolas e recolhe toneladas de material reciclável

Centenas de alunos das escolas públicas participaram da gincana da luta contra a dengue

10/12/2018

Um trabalho conjunto das Secretarias de Saúde, Educação e Meio Ambiente de Baixo Guandu, realizado na semana passada, conseguiu envolver centenas de alunos, professores e pessoal de apoio das escolas públicas na luta contra a dengue.
 
Uma gincana realizada com participação de 9 escolas da sede, conseguiu recolher cerca de 3 toneladas de material reciclável, que será reaproveitado e ao mesmo tempo previne a proliferação do mosquito da dengue, o aedes aegypti, que também transmite a Zika e a Chikungunya.
 
As secretárias de Saude Lucinéia Storch e de Educação, Cenira Antonia da Silva, consideraram a campanha contra a dengue um grande sucesso e agradeceram ao empenho de todas as escolas e das equipes de saúde.
 
 No final da gincana, houve um encontro dos estudantes na praça São Pedro, na sexta-feira, com apresentação teatral conscientizando a necessidade da prevenção contra a dengue.
 
Para se ter uma ideia do material recolhido no perímetro urbano de Baixo Guandu, só de pneus velhos foram 502 unidades; papelão 1487 quilos, 513 quilos de garrafas pet, mais latas, frascos de plástico, latas de alumínio, embalagens de modo geral e uma série de outros recipientes que acumulam água – e permitem a proliferação do mosquito da dengue.
 
E escola Darlene Franquini Maggioni foi a que conseguiu recolher a maior quantidade de materiais. Mas as outras participantes da gincana tiveram também um ótimo desempenho:  Professor Nunes, Julia Fischer, Kennedy, Benevenuto, João XXIII, Aladia, Lacerda e João Julio Cardoso.
 
Baixo Guandu foi destaque na imprensa estadual no final de novembro, por ser o município que praticamente zerou a dengue em 2018. Foi apenas um caso confirmado e seis notificações da doença.
 
O chefe da Vigilância em Saúde, Azemar de Carvalho, explicou no entanto, que a hora de fazer a prevenção é agora, com a volta das chuvas e o acúmulo de água parada que permite a procriação do mosquito.
 
“Já tivemos novas notificações que podem ser confirmadas como dengue, nos primeiros dias de dezembro, e precisamos ficar alertas. A gincana com a participação das escolas foi ótima e o trabalho de prevenção precisa continuar”, disse Azemar.


A escola Darlene, do Rosário II, foi a que mais recolheu material descartável durante a gincana, sendo premiada pelas secretarias de Educação e Saúde


Na Praça São Pedro, apresentação teatral mostrando o mosquito da dengue e a necessidade de combater a doença


Alunos na Praça São Pedro: todos na guerra para evitar a proliferação do mosquito Aedys Aegypti


O vice-prefeito Eloy participou da finalização da gincana que recolheu materiais descartáveis na luta contra a dengue 

ES

BrasãoRua: Francisco Ferreira, n°40 Bairro: Centro CEP: 29730 – 000
Tel.: (27) 3732 – 8900 | Fax: (27) 3732 – 8900
CNPJ: 27.165.737/0001-10

Desenvolvido por DesignMaster Agência Digital