Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Author: Assessoria de Imprensa

Atletas guanduenses participaram do Campeonato Estadual de Atletismo Sub-16

( As atletas que participaram do Campeonato Estadual de Atletismo Sub-16, realizado no domingo dia ( 28/08 ), na Ufes.)

A cidade de Baixo Guandu, foi representada por atletas masculino e feminino, a atleta Maria Heloísa Gonçalves Brand, 13 anos, conquistou duas medalhas de Prata, uma no lançamento de Dardo e outra em Arremesso de peso, Everllyn Vitória Becker Alves, 14 anos, conquistou uma medalha de prata na modalidade Arremesso de peso, com o apoio da prefeitura municipal através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, com o objetivo fomentar o esporte de alto rendimento em diversas modalidades, e dar aos atletas condições de competição e progressão na prática do esporte incentivando o Atletismo e obtendo resultados satisfatórios.

O professor Adilio Ferreira Martins ressalta a importância do atletismo simplesmente porque ele é o que chamamos de esporte-base. É dos movimentos dele que saíram todos os outros movimentos para o desenvolvimento de todos os outros esportes. Aumenta a resiliência: ao competir, nem sempre se ganha, e isso ajuda a desenvolver a resiliência. No atletismo, a evolução acontece de forma gradual, respeitando a idade e o desenvolvimento. Desenvolve habilidades fundamentais: a prática ajuda a desenvolver movimentos primários, como correr, pular e arremessar.

Parabenizar ao professor Adilio Ferreira Martins, auxiliares Ketere Ribeiro Barbosa e Thaygra Portela Rossman pelo ótimo trabalho à frente do atletismo e os atletas.

Prefeitura de Baixo Guandu realizará “Dia D” da vacinação contra raiva

( imagem Governo do Estado do Espírito Santo)

A Campanha de Vacinação Antirrábica para cães e gatos “Dia D”, vai acontecer no sábado, dia 3 de setembro, das 7 às 16 horas na área urbana, no interior a equipe da Vigilância Sanitária já realizou a vacinação. Serão 15 pontos de vacinação distribuídos no município, e a campanha será coordenada pela Vigilância Sanitária da Secretariam Municipal de Baixo Guandu.

Serão imunizados cães e gatos a partir dos 3 meses. Seus donos devem levar a carteira de vacinação do animal ou fazer com o(a) Agente de saúde no dia. Os cães devem estar de coleira e os que forem mais bravos, de focinheira, os gatos devem estar devidamente contidos em caixas de transporte ou enrolados em toalhas de banho ou em fronhas, para evitar que fujam ou arranhem o dono.

A Coordenadora da Vigilância Sanitária Municipal de Baixo Guandu, Alana Vitória Moraes Santana de Arruda, comentou que essa ação reforça a aplicação da vacina antirrábica nos animais de estimação em nosso município. “É de grande importância que os donos se atentem às datas, e levem seus Pets (animais) para receber a vacina. Essa doença é letal, perigosa para humanos e animais. ” Disse a Coordenadora. Com as ações do “Dia D” da Campanha de Vacinação Antirrábica, a Prefeitura de Baixo Guandu espera imunizar aproximadamente 7 mil animais de estimação. Depois da vacinação “Dia D”:

A Vigilância Sanitária informa aos guanduenses que após o dia 03 de setembro “Dia D”, o Posto de Saúde do centro da cidade, terá o ponto fixo para vacinação contra raiva, para aqueles que não conseguirem comparecer para vacinar seu Pet (animal) contra Antirrábica.

Confira os locais de vacinação dos postos:

Escola Júlia de Carvalho Fischer São Vicente – Horário – 7 às 11 horas.

Escola Polivalente Sapucaia – Horário – 12:30 às 16 horas.

Igreja Católica Divino Espirito Santo Mauá – Horário – 7 às 11 horas.

Escola Estadual José Damasceno Filho Sapucaia – Horário – 12:30 às 16 horas.

Escola Benevenuto Clementino Gobbo São José – Horário – 7 às 11 horas.

Praça São José (Biliska) São José – Horário – 12:30 às 16 horas.

Escola Presidente Kennedy Vila Kennedy – Horário – 7 às 11 horas.

Escola Cosme e Damião Santa Mônica – Horário – 12:30 às 16 horas.

SESP – Unidade de Saúde Dilman Neto Ferreira Centro – Horário – 7 às 16 horas.

Escola João Júlio Cardoso Valparaiso – Horário – 7 às 11 horas.

Igreja Católica Residencial Ricardo Holz Ricardo Holz – Horário – 12:30 às 16 horas.

Escola João XXIII Rosário I – Horário – 7 às 16 horas.

Escola Darlene Magione Frankine Rosário II – Horário – 7 às 11 horas.

A importância da Vacinação Antirrábica: A vacina antirrábica é ainda a única forma de prevenir a enfermidade e manter os Pets saudáveis. Fatal em quase 100% dos casos, a raiva é uma zoonose que pode também afetar o ser humano e por isso os cuidados se redobram no combate e prevenção da doença.

Realizada Audiência Pública de Repactuação do Acordo Rio Doce, com as vítimas da barragem do Fundão e Conselho Nacional de Justiça em Baixo Guandu

O encontro foi presidido pelo conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello
O encontro foi presidido pelo conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello

Nesta sexta-feira, 26 de agosto às 14 horas aconteceu audiência pública com participação das vítimas do rompimento da barragem do Fundão, que integra o plano de repactuação do processo de reparação e compensação decorrente do acidente ocorrido em Mariana (MG).

A tragédia ocorreu no dia 5 de novembro de 2015, causou 19 mortes e é considerado o desastre industrial de maior impacto ambiental da história brasileira.

A audiência pública foi uma iniciativa do Observatório Nacional sobre Questões Ambientais, Econômicas e Sociais de Alta Complexidade e Grande Impacto e Repercussão, ação conjunta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

O encontro foi presidido pelo conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello e contou com a participação do prefeito de Baixo Guandu Lastênio Cardoso, vice-prefeito Patrick Favarato Perutti, presidente da Câmara Municipal de Baixo Guandu Leandro Gomes da Cruz, Richardeny Lempe Representante Legal das Comissões de Atingidos de Baixo Guandu, Colatina, Linhares, São Mateus, Itueta e Sem Peixe Minas Gerais, Walméa Elyza Carvalho Pepe de Moraes Juíza de Direito Titular da 1ª Vara de Baixo Guandu, Walter José Nicole, prefeito de Itueta (MG), Rodrigo Oliveira Rodrigues Membro da Comissão de Direito e Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil- 1ª Subseção Colatina, Karla Paixão Representante da Procuradoria do Município de Linhares, Maria da Glória Secretária Municipal de São Mateus, Severino Vieira Subsecretário de Assunto Administrativo do Estado do Espírito Santo, Antônio Ricardo Cassa Louzada Secretário Municipal do Meio Ambiente de São Mateus Marcelo Marques prefeito de Aimorés (MG), vereadores, lideranças estaduais e locais e além de pessoas atingidas.

Na abertura do evento, o prefeito Lastênio Cardoso, disse “que as autoridades vieram hoje na audiência ouvir as reindexações das pessoas atingidas pelo desastre da Samarco, e que todos nós estamos unidos e empenhado para que os danos sejam reparados mais rápido possível, essa é a nossa luta”. Concluiu o prefeito Lastênio.

O Conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello, comentou que foram realizadas várias audiências no Espirito Santo e em Minas Gerais, para um entendimento com a Mineradora a Samarco e as pessoas atingidas ao longo do Rio Doce. Ele acrescentou que o processo se arrasta mais de quase 7 anos, e o processo de reparação quase não andou na justiça.

Conselheiro do CNJ, disse ainda, que veio a Baixo Guandu, para ouvir as demandas das pessoas, e trabalhar para que as indenizações dos atingidos pelo desastre da Samarco, seja concluída.

No evento as pessoas atingidas pelo desastre da Samarco se escreveram e se manifestaram em busca de uma solução do problema causada pela Mineradora da Samarco.

Ao final do evento, o Conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello, destacou a importância do evento e destacou trechos das falas dos participantes que se inscreveram para uso da palavra. “Viemos aqui para ouvir a todos e afirmo que nossa prioridade são os atingidos”.

Membros do CMDRS/BG se reúnem em reunião ordinária

Aconteceu ontem (quarta-feira) dia 24 deste, às 13 horas, no auditório da Prefeitura, a terceira reunião ordinária do Conselho Municipal do Desenvolvimento Rural Sustentável de Baixo Guandu (CDMRS), com os representes do Poder Público e da Sociedade Civil Organizada.

A reunião foi presidida pelo Secretário de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente e presidente do Conselho o Cleres de Martins Schwambach. Ainda na reunião foi apresentado o Plano Safra (2022/2023) pelos representantes do Banco do Brasil, foi apresentado a proposta para aquisição de terras através do Crédito Fundiário e informações sobre o andamento dos programas de compra direta da agricultura familiar (CDA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar ( PNAE).

Participaram da reunião os membros representantes do Incaper, Associação de Produtores Rurais e outras entidades ligadas ao Conselho.

Qualificações, Educação Financeira e Cidadania na Ação de Empreendedorismo e Cidadania em Baixo Guandu

A Ação de Empreendedorismo e Cidadania em Baixo Guandu, uma iniciativa da Fundação Renova em parceria com o SESI-ES e a prefeitura municipal de Baixo Guandu, foi realizada no último sábado (20), na Praça Getúlio Vargas.

Ao todo, 1.417 pessoas estiveram presentes no evento. Foram realizados 875 atendimentos nas tendas de Empreendedorismo, Qualificações, Educação Financeira, Cidadania e 7.887 atendimentos na rua de lazer, que incluíram atividades infantis e fornecimento de lanches.

Em destaque, 284 pessoas participaram das oficinas de Brigadeiro Gourmet, Balões, Pintura de Rosto, Tranças, Design de Sobrancelhas, cujo objetivo foi mostrar a esses participantes que eles podem se tornarem empreendedores nessas áreas.

Na parte da Cidadania foram emitidos 50 documentos de identidade e 242 pessoas foram atendidas nas tendas de corte de cabelo, barba, massagem e circuito de saúde.

Parceria

O prefeito Lastênio Cardoso, disse que a edição da Ação de Empreendedorismo na cidade, é uma parceria entre a Fundação Renova, Serviço Social da Indústria (Sesi) e a Prefeitura, levaram serviços básicos gratuitos nas áreas de educação, saúde, beleza e lazer, entre outros à população.

“Foi muito importante à realização dessa Ação no município, e também de ver as pessoas em busca de atendimento. A administração municipal vai continuar apoiando essas parcerias que tem objetivo levar mais qualidade de vida aos moradores do nosso município e fica o convite para que a Renova possa voltar outras vezes.” ressaltou o prefeito.

Confiança

O Gerente Executivo de Saúde e Segurança do Sesi/Findes, Flávio Gustavo Rodrigues agradeceu a confiança da Renova na prestação dos serviços de empreendedorismo e cidadania a população, e reforçou a importância destas ações para o desenvolvimento local dos municípios e para a população, tendo este pilar como Missão da Federação.

Satisfação

O Coordenador do Programa na Fundação Renova, Roberto Ruggeri, agradeceu a parceira da Findes e da Prefeitura, na realização da Primeira Edição da Ação de Empreendorismo e Cidadania no Espírito Santo, ele acrescentou ainda que toda a equipe da Fundação Renova que esteve presente no evento, demonstrou satisfação e felicidade por trazer cidadania e prestação de serviço para comunidade local.

Também estiveram presentes no evento, o Presidente da Câmara Municipal Leandro da Kimacol, Vice-Prefeito Dr. Patrick Favarato Perutti, Vereadores, Secretários Municipais e outras Lideranças locais.

Prefeitura promove Primeiro Encontro Guanduense Ausente no dia 6 de setembro

A Secretaria Municipal de Cultura de Baixo Guandu, promove, no dia 6 de setembro deste, às 20 horas, no Canaã Social Clube, no centro da cidade, o Primeiro Encontro Guanduense Ausente. Para prestigiar o encontro, cada participante deve doar um (1) quilo de alimento não perecível.

O encontro promete ser de festividade entre os convidados, para abrilhantar mais a festa a Secretaria sorteará ( brindes), vários produtos da terra (doces e artesanatos) entres os participantes. Tudo está sendo preparado com muito carinho pela Secretaria para ser uma noite inesquecível.

Para animar mais o Primeiro Encontro Guanduense Ausente, a festa contará com a participação do músico Paulo Godrin e da banda Tremendões de Colatina. Segundo a “Secretária Municipal de Cultura, Míria Souza Cruz, o Primeiro Encontro Guanduense Ausente, visa resgatar a nossa história e o patrimônio da cidade, outro bom motivo é reencontrar as pessoas que residem em outros municípios ou Estados.” Ela lembrou, “que o Primeiro Encontro, promoverá um elo entre os guanduenses, e fomentar agronegócios e a economia local que cresce a cada dia”. Finalizou a Secretária.


Baixo Guandu terá audiência pública com vítimas da barragem do Fundão

A cidade de Baixo Guandu sediará uma nova audiência pública com participação das vítimas do rompimento da barragem do Fundão. O evento será nesta sexta-feira 26 deste, às 14h, no Ginásio Poliesportivo, na rua Santa Terezinha, do bairro São José, e integra o plano de repactuação do processo de reparação e compensação decorrente do acidente ocorrido em Mariana (MG).


A audiência pública é uma iniciativa do Observatório Nacional sobre Questões Ambientais, Econômicas e Sociais de Alta Complexidade e Grande Impacto e Repercussão, ação conjunta do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Conforme o Edital de Convocação, o encontro será presidido pelo conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello e, além de pessoas atingidas, contará com a participação de autoridades federais, estaduais e municipais.


As manifestações serão abertas a pessoas atingidas que se inscreverem, com preferência para as pertencentes a territórios que ainda não apresentaram reivindicações. Também poderão ser ouvidas entidades ou pessoas que possuam conhecimento a respeito dos temas em debate. Com o objetivo de ampliar a representatividade temática e territorial, os pronunciamentos serão limitados a cinco minutos por participantes


Após a audiência pública, o conselheiro do CNJ Luiz Fernando Bandeira de Mello cumprirá agenda, às 16h, em reunião pública em Aimorés (MG) com mais pessoas atingidas pelo rompimento.

Prefeitura investe mais de R$500 mil na Reforma e Ampliação da creche Casinha Feliz, em Mascarenhas

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), vai investir R$ 527.057,89, na reforma e ampliação da creche Casinha Feliz, no bairro Mascarenhas, que atende 76 crianças de 0 (zero) a 5 anos, a transferências das crianças para outro espaço, já foi concluída, e a reforma e ampliação da creche vai começar na segunda quinzena de setembro.

O recurso para realização da obra, é do Fundo Estadual de Apoio à Ampliação e Melhoria das Condições de Oferta da Educação Infantil e do Ensino Fundamental (FUNPAES) do Governo do Estado do Espírito Santo.

Melhorar e investir na construção, reforma e ampliação de creche é a meta, e o compromisso do prefeito Lastênio Cardoso, por uma educação de mais qualidade com as crianças do município. Segundo informação da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a obra inclui a reforma e ampliação de salas, banheiros, salas de professores, cozinha, parquinho e da infraestrutura da creche Casinha Feliz.

Para a Secretária Municipal de Educação de Kelly Christina Damasceno Gama, a reforma e ampliação da creche Casinha Feliz, em Mascarenhas, vai proporcionar mais conforto e segurança as crianças e também as professoras. Ela acrescentou, “que a obra vai atender os anseios da comunidade local, e o mais importante que vamos continuar investindo na melhoria das creches do município”. Concluiu a Secretaria.

O prefeito Lastênio Cardoso, disse que essa obra, é mais uma demanda importante para a comunidade no valor de mais de 500 mil reais. “Quero mais uma vez agradecer a confiança de cada guanduense, e reforçar o nosso compromisso em investir mais e mais na educação e na estrutura de nossos creches e colégios”. Finalizou o prefeito.

Mudanças na creche Casinha Feliz: A creche Casinha Feliz passará por uma reforma interna e externa, com algumas expansões em seu projeto para melhorar seu espaço e sua funcionalidade para atender melhor as crianças da comunidade.

A COZINHA – A cozinha vai passar por uma reforma e ampliação, a dispensa que era dentro da cozinha, passará a ser ao lado da cozinha, seguindo as normas de conservação dos alimentos.

A SALA DE PROFESSORES – A sala de professores, não possui mais espaço suficiente para as professoras, no projeto foi feito uma ampliação na sala para que eles pudessem trabalhar e planejar as aulas da melhor forma.

SALA DE ALUNOS – Todas as salas serão reformadas. No projeto, a creche Casinha Feliz terá uma das salas ampliada para melhor atender às necessidades dos alunos.