Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Ação Social

Prefeitura promove festa especial em comemoração ao Dia das Crianças

Em comemoração ao Dia das Crianças a prefeitura de Baixo Guandu preparou uma programação especial para os “pequeninos” com uma série de atrações que irão se estender pela Avenida Carlos de Medeiros no dia 17 de outubro, das 12h às 20h.

Serão instalados vários brinquedos: pula-pula, piscina de bolinhas, castelo tobogã, castelo de bolinhas e basquete eletrônico. Durante o dia será distribuído Algodão Doce, Picolé e Pipoca.

Os super-heróis Capitão América, Homem Aranha, Homem de Ferro e Mulher Maravilha aceitaram o convite e também estarão participando da festa, ao lado da Chapeuzinho Vermelho e do Pirata.

Além dos personagens, brinquedos e distribuição de guloseimas, serão montadas tendas para fotos e pinturas corporais.

Apresentações na tenda principal:
12h – Coral Municipal;
12h30 – Show Infantil Projeto Brincadeira Cantada (Projeto de Instrutores);
15h – Projeto Musicalizando Talentos (Comuzb);
16h – Teatro Chapeuzinhos Coloridos;
17h30 – Show Infantil Projeto Brincadeira Cantada (Projeto de Instrutores);
20h – Encerramento.

Secretaria de Assistência Social entrega cartões de alimentação para famílias guanduenses

A Secretaria Municipal de Assistência Social realizou na tarde desta quarta-feira (15) no auditório da prefeitura, a entrega de 100 cartões às famílias guanduenses para serem utilizados na compra de alimentos.

Os cartões foram doados pela Fundação Vale do Rio Doce à Ação da Cidadania. A entrega foi realizada pelos agentes da Pastoral Negro do Brasil com o apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e dos Conselhos de Segurança Alimentar e Nutricional.

“Esse benefício é importante para complementar a alimentação das famílias que foram beneficiadas através dessa ação, garantindo um cardápio mais variado e com direito de escolha”, salientou a Secretária Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação, Fernanda Mota Gonçallo.

Cada cartão contém um crédito de R$ 600,00 (seiscentos reais), valor que será liberado em parcelas de R$ 100, ao longo de seis meses para compra no comércio local de gêneros alimentícios para complementar as refeições das famílias beneficiadas. Foram priorizadas as famílias que não receberam nenhum outro tipo de benefícios de transferência de renda.

Secretários de Ação Social se reúnem em Baixo Guandu

Os Polos Centro Oeste e Rio Doce do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado do Espírito Santo – COGEMASES se reuniram nesta terça-feira (31) no Auditório da prefeitura de Baixo Guandu para discutir a política pública de Assistência Social.

O Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado do Espírito Santo (COGEMASES) reúne as secretárias e os secretários municipais de assistência social dos 78 municípios do Espírito Santo, e tem como objetivos defender a Assistência Social como Política de Seguridade, conforme os princípios constitucionais e as diretrizes da Lei Orgânica de Assistência.

A participação dos secretários e técnicos na reunião é de fundamental importância, pois oportuniza a troca de experiências paralelo ao processo de fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social no Estado, ao mesmo tempo, em que já aponta os avanços e dificuldades do processo de implantação do SUAS.

Conferência Municipal de Assistência Social conclui trabalhos com propostas e desafios para os próximos anos

A 13.ª da Conferência Municipal de Assistência Social de Baixo Guandu foi realizada na tarde desta última quinta-feira (26), das 8h às 17h, no Auditório da Igreja Adventista 7.º Dia. O tema do encontro foi “Assistência Social: Direito do povo e dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

Cerca de 130 pessoas, entre servidores da Gestão da Assistência Social, trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), usuários da Assistência e representantes do Poder Público e de Organizações da Sociedade Civil (OSC) parceiras, participaram da conferência através de atividades, palestras e debates em grupos temáticos.

Além das propostas para execução pelas esferas municipal, estadual e federal, foi realizada na Conferência a eleição dos delegados que representarão o município na etapa estadual, prevista para ser realizada de modo remoto nos dias 20 e 21 de outubro de 2021. Os delegados foram eleitos por categorias:

01 Representante dos trabalhadores das SUAS

  • Rafael Cardoso Frohelich (Titular);
  • Miriâ da Silva Gonçalves (Suplente).

01 Representante dos usuários e organizações de usuários do SUAS

  • Ilza Albano Gonçalves (Titular);
  • Ormi da Silva Nascimento (Suplente).

03 Representantes Poder Público

  • Claudia Maria Aragão (Titular);
  • Juliane Scardua Westphal de Paula (Titular);
  • Debora Paulina Lacerda Machado (Titular);
  • Patricia Schwamback Tápias (Suplente);
  • Aryelle Soares Pinto (Suplente);
  • Almir Costa Souza (Suplente).

01 representante das entidades e organizações de Assistência Social

  • Meirivan Bafica (Titular);
  • Lucilene Angélica Soares (Suplente).

Ainda este ano, após a etapa estadual da Conferência, será realizada a etapa nacional no período de 7 a 10 de dezembro de 2021.

Prefeitura de Baixo Guandu realiza blitz educativa em comemoração ao Agosto Lilás

Neste sábado (21), a prefeitura municipal de Baixo Guandu, por meio do programa Bolsa Família, realizou uma blitz educativa em comemoração ao “Agosto Lilás”, na Avenida Carlos de Medeiros, em frente à Caixa Econômica Federal.

O evento teve a presença da vice-governadora do Espírito Santo, Jaqueline Moraes, prefeito municipal, Lastênio Cardoso, vice-prefeito, Dr. Patrick, coordenadora do Bolsa Família, Miria Souza Cruz, presidente da Câmara Municipal, Leandro Gomes da Cruz e da vereadora Sueli Alves Teodoro.

A Blitz da “Campanha Agosto Lilás” foi realizada para conscientizar a sociedade sobre o enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a mulher. Durante a ação foram distribuídos panfletos informativos aos motoristas e pedestres que passavam pela avenida.

“O município está de portas abertas para o acolhimento. A mulher que sofre a violência precisa ser acolhida e muitas vezes não procura ajuda por medo, constrangimento ou por achar que não receberá o apoio”, ressaltou o prefeito Lastênio Cardoso.

“Agosto Lilás” é uma campanha de enfrentamento à violência doméstica e familiar contra a mulher, instituída com o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha e sensibilizar e conscientizar a sociedade com alguns serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência.

Prefeitura apresenta projeto de compra direta de alimentos

Prefeito Municipal, Lastênio Cardoso, Superintendente Municipal, Sebastião Demuner, Gestora do Programa Bolsa Família, Míria Souza Cruz, Engenheira Agrônoma, Karla Galon. Foto: Ascom (Fhilipe Gonçalves)

A Prefeitura de Baixo Guandu realizou na última sexta-feira (07/05) a primeira reunião dos Presidentes das Associações de Agricultores para apresentação do projeto de Compra Direta de Alimentos. A reunião aconteceu no auditório da Prefeitura de Baixo Guandu onde foram apresentados aos produtores as informações do projeto.

O Projeto Consiste na aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e doação simultânea destes produtos à rede socioassistencial municipal, a fim de combater a insegurança alimentar e nutricional e promover o Direito Humano à Alimentação Adequada. Por meio de Chamada Pública, cada município seleciona agricultores para comercializar o valor de até R$ 6.500,00, dentro do ano civil, por unidade familiar.

O municipal de Baixo Guandu irá empenhar um montante no total de R$ 195 mil no programa, distribuídos entre vários gêneros alimentícios como feijão, fubá, banana, tomate, pó de café dentre outros.

“Com as restrições impostas à feira municipal pela pandemia da COVID-19 e a situação geral da economia brasileira a renda dos agricultores de Baixo Guandu foi comprometida, com o CDA além de garantir o direito à alimentação para 250 famílias guanduenses o programa irá gerar uma importante fonte de renda para os produtores rurais neste momento de incerteza econômica”, frisou o prefeito Lastênio Cardoso.

Para participar os agricultores precisam apresentar proposta à chamada pública atendendo aos critérios do programa:

* Famílias compostas por no mínimo 02 familiares;
* Inseridos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadúnico);
* Possuidores de Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Agricultura Familiar (DAP pessoa física) atualizada;
* Possuidores de bloco de notas de produtor rural;
* Conta-Corrente em nome do(a) titular da proposta.

Prefeitura inicia entrega do Cartão ES Solidário na próxima semana

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu inicia na próxima semana a entrega do Cartão ES Solidário para 830 famílias guanduenses, selecionadas através do cruzamento de dados do Cadastro Único (CadÚnico). A seleção foi realizada pelo Governo do Estado do Espírito Santo.

O cartão ES Solidário é um benefício de transferência de renda, feito para que as famílias em situação de vulnerabilidade social ou que tenham sido impactadas pela pandemia possam comprar alimentos, gás de cozinha e outros itens de uso essencial.

A Lei n.º 11.245/2021 estabelece os critérios para a seleção das famílias que serão beneficiadas com o auxílio de R$ 600,00, dividido em três parcelas de R$ 200,00. De acordo com o Governo do Estado, a primeira parcela será paga a partir de abril de 2021, com duração de três meses.

As pessoas que têm direito ao cartão precisam atender a alguns requisitos. São eles:
* ser morador do Espírito Santo;
* estar inscrito no Cadastro Único do Governo Federal e estar com o cadastro atualizado nos últimos 24 meses (atualizações feitas até 15 de janeiro de 2021);
* ter uma renda pessoal de até R$ 147,00;
* ter na sua família uma criança de 0 a 6 anos de idade, e/ou um idoso acima de 60 anos e/ou uma pessoa com deficiência.

Não é preciso fazer nenhum cadastro. As famílias guanduenses foram selecionadas pelo Estado, através do cruzamento de dados do Cadastro Único. A listagem é  pública e está disponível no site: https://setades.es.gov.br/cartaoessolidario.

CRONOGRAMA DE ENTREGA

Em Baixo Guandu a entrega será realizada a partir da próxima segunda-feira, 26 de abril, das 09h às 13h, na Escola Municipal “EMEIEF” Professor José Nunes, localizada na Rua Sebastião Cândido de Oliveira, n.º 306, Centro, Baixo Guandu — ES.

Para evitar aglomerações, a entrega dos cartões será feita com base no mês de nascimento dos responsáveis legais do Cartão ES Solidário. Por exemplo: os responsáveis legais que têm direito ao cartão e nasceram no mês de janeiro, receberão o cartão no dia 26 de abril, primeiro dia da entrega. As pessoas que nasceram no mês de fevereiro, receberão o cartão no dia 27 de abril, e assim sucessivamente.

26/04 – Janeiro

27/04 – Fevereiro

28/04 – Março

29/04 – Abril

30/04 – Maio

03/05 – Junho

04/05 – Julho

05/05 – Agosto

06/05 – Setembro

07/05 – Outubro

10/05 – Novembro

11/05 – Dezembro

As famílias selecionadas serão comunicadas pela Equipe do Cadastro Único – Bolsa Família do município de Baixo Guandu através de contato telefônico para agendar a retirada do cartão, de forma a evitar aglomeração.

(O cartão é para uso exclusivo para compras no comércio e de preferência no comércio de Baixo Guandu/ES)

Mulheres são homenageadas com músicas e brindes na Avenida Carlos de Medeiros

As mulheres que passavam pela Avenida Carlos de Medeiros na manhã deste sábado (06), foram recebidas com brindes e belas canções tocadas pelos músicos da banda municipal Lyra Guanduense. O evento do Dia da Mulher foi organizado pela Secretaria Cultura da Prefeitura Municipal de Baixo Guandu com apoio do Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes).

A banda tocou por cerca de 40 minutos várias canções em homenagem ao Dia da Mulher, que é comemorado na segunda-feira, dia 8 de março. O evento contou com a participação do prefeito municipal, Lastênio Cardoso, que aproveitou o momento para parabenizar todas as mulheres pelo dia internacional da mulher.

Todas as mulheres que passavam pela avenida foram homenageadas com um brinde e um bombom. A homenagem foi realizada seguindo todas as orientações da Secretaria Municipal de Saúde, que participou do evento conscientizando os pedestres que passavam pelo local e distribuindo mascaras e álcool em gel.

“Uma pequena homenagem da secretaria municipal de cultura que foi preparada com muito carinho para as mulheres guanduenses. Parabéns mulher pelo seu dia!”, Secretária de Cultura, Dayane Paixão.

Reunião trata de políticas públicas em defesa dos direitos das mulheres guanduenses

Autoridades no auditório da prefeitura municipal. Foto Ascom (Fhilipe Gonçalves)

Na manhã desta quinta-feira (04), às 09h, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação, realizou uma reunião no auditório da prefeitura municipal com representantes de diversos órgãos do município para discutir sobre ações de enfrentamento a violência doméstica e familiar contra as mulheres.

O vice-prefeito, Dr. Patrick Favarato Perutti, ressaltou no início da reunião a importância da reativação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher visando criar mecanismos de proteção e assistência, para mulheres em situações de vulnerabilidade.

Durante a reunião foram discutidas políticas públicas para coibir de forma efetiva todas as formas de violências, sofridas pelas mulheres dentro do núcleo familiar, que podem resultar em casos mais graves. “Precisamos criar mecanismos para evitar que as mulheres continuem a serem agredidas pelos seus parceiros”, ressaltou Secretário de Ação Social, Filipe Mendonça Fernandes.

Representantes das polícias civil e militar participaram da reunião com sugestões para melhorar o atendimento às vítimas de agressões, de modo a tornar mais humanizado o acolhimento nos órgãos.

Também foi ressaltada a importância da realização da denúncia dessas agressões através dos órgãos responsáveis, sem que haja necessidade de ser realizada somente com representação da vítima, mas também por aqueles que testemunharam as agressões ou violação dos direitos.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), contextualizou os atendimentos ofertados pelo órgão as mulheres vítimas de violência, que requer uma análise ampla, envolvendo a família e a comunidade.

O legislativo municipal, por meio de seus representantes, se colocou a disposição para se for precisa revisar as matérias legislativas que versam sobre a defesa dos direitos das mulheres.

A reunião foi finalizada, com o desdobramento da criação de uma rede de enfrentamento a Violência contra a Mulher, reativação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher e a necessidade de implementação de um programa municipal voltado para o enfrentamento da violência contra as mulheres.