Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Indústria e Comércio

NossoCrédito abre linha de financiamento para empresários Guanduenses

O programa NossoCrédito está com uma nova linha de crédito especial para empreendedores, registrados ou não, para ampliar o negócio através da compra de matéria-prima, mercadorias, publicidade, reforma ou ampliação a juros baixos.

Para ter acesso a esse benefício, o empreendedor precisa estar morando há 02 anos no município, não ter o nome negativado nos serviços de proteção ao crédito, o empreendimento precisa de, no mínimo, 06 meses de funcionamento, dentre outros requisitos.

Empréstimo para Pessoa Física: R$ 200,00 à R$ 21.000,00 (crédito sujeito à análise);

Empréstimo para Pessoa Jurídica: R$ 200,00 à R$ 21.000,00 (crédito sujeito à análise).

Os empreendedores interessados podem procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Baixo Guandu, localizada na rua Milagres Júnior, n.º 103, Centro, das 7h às 16h, de segunda a sexta, ou através do telefone (27) 3732-1878.

Prefeito Lastênio Cardoso assina Termo de Compromisso para adesão do Projeto “Cidade Empreendedora”

Termo de Compromisso para adesão do Projeto “Cidade Empreendedora”

O Municipal de Baixo Guandu assinou na manhã desta segunda-feira (25) o Termo de Compromisso para adesão do Projeto “Cidade Empreendedora” realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/ES). A assinatura aconteceu no auditório da Prefeitura Municipal, com a presença do Diretor Técnico do Sebrae, José Eugênio Vieira, do Prefeito Lastênio Cardoso, do Vice-prefeito Dr. Patrick, do Presidente da Câmara dos Vereadores Leandro Gomes, e de secretários(as) municipais e vereadores.

O projeto Cidade Empreendedora prevê diversas ações efetivas para melhorar o ambiente de negócios no município, entre eles está a possibilidade de execução de diversos projetos de capacitação e a abertura da Sala do Empreendedor, que é um ambiente de apoio aos empresários locais para facilitar os processos de abertura de empresas, regularização e baixa; bem como serviços exclusivos aos Microempreendedores Individuais (MEI).

“Com adesão do município ao Programa Cidade Empreendedora teremos a aceleração do setor público municipal para estimular o empreendedorismo local, valorizando os empresários locais e abertura de novas empresas”, destacou o Superintendente Municipal Sebastião Demuner.

O Programa Cidade Empreendedora, destinado às prefeituras, aos servidores, ao setor produtivo e à sociedade, é um conjunto de ferramentas e soluções efetivas para transformar as realidades a partir do empreendedorismo nas 78 cidades do Espírito Santo.

Na ocasião ainda foi destacado a estruturação dos 9 eixos do programa, sendo eles: Gestão Pública Empreendedora, Desburocratização, Compras Governamentais, Inovação, Inclusão Produtiva, Liderança e Território, Educação Empreendedora, Salas do Empreendedor e Projetos Especiais.

Baixo Guandu adere ao projeto “Cidade Empreendedora” do Sebrae

Reunião com os representantes do Sebrae-ES. Foto Ascom

Baixo Guandu dá um passo importante para melhorar e aprimorar o ambiente de negócios para futuros empreendedores do município. A adesão ao projeto “Cidade Empreendedora” do Sebrae tem por objetivo tornar mais fácil e menos burocrático o acesso dos empresários ao serviço público, contribuindo para a abertura de novos empreendimentos e principalmente para o fortalecimento dos micro e pequenos negócios locais.

Durante a reunião desta quarta-feira (13), o Diretor de Atendimento do Sebrae, José Eugênio Vieira, apresentou ao prefeito Lastênio Cardoso e aos secretários municipais, o diagnóstico realizado no município que demonstrou quais áreas necessitam de aperfeiçoamento para tornar mais eficiente e menos burocrático o serviço público.

A partir desse diagnóstico o Sebrae irá elaborado o Plano de Ação especifico para o município com ações estratégicas para Gestão Pública Empreendedora, Desburocratização, Inovação, Inclusão Produtiva, Liderança e Sala do Empreendedor, que aplicados tem por finalidade deixar o ambiente de negócios mais favorável ao desenvolvimento das atividades econômicas.

“É preciso fortalecer os nossos negócios locais e tornar mais fácil a abertura de empresas. Atualmente existe uma burocracia enorme em relação à abertura de empresas e concessão de alvarás, dificultando o empreendedorismo no município”, enfatizou o prefeito municipal, Lastênio Cardoso.

O projeto “Cidade Empreendedora” do Sebrae é composto de uma série de ações institucionais orientadas para Melhorar a Eficiência do setor público, estimulando as atividades produtivas no município, por meio da formulação de políticas públicas, regulamentações e processos que melhorem o ambiente de negócios.

A reunião teve a presença das secretarias municipais envolvidas e dos representantes do Sebrae-ES José Eugênio Vieira, Diretor de Atendimento, Carla Bortolozzo Bassetti, Gerente Regional e do Analista, Danilo Augusto Casotti.

Segunda turma do Curso de Costura Industrial é iniciada em Baixo Guandu

Na noite desta terça-feira (05) foi iniciada a aula inaugural da segunda turma do Curso de Costureiro Industrial do Vestuário do “Programa Emprega Mais” para 20 alunas, entre 18 e 57 anos, no Centro Comunitário do bairro Rosário I.

O curso faz parte do pacote de ações da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico para capacitação das mulheres guanduenses para a indústria de vestuário, que vem sofrendo com a falta de mão de obra qualificada.

“Identificamos no cenário atual uma demanda alta por mão de obra qualificada para ser absorvida pela indústria local, que enfrenta um cenário atípico que é a existência de vagas, mas a ausência de profissionais qualificados na área têxtil”, destacou o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ismail Marcelino Ramos.

As 20 alunas foram selecionadas através de inscrições online para essa segunda turma do curso que será ministrado de 05/10 à 16/12/2021, com carga horária de 160 horas. Após o término do curso às alunas serão encaminhadas ao mercado de trabalho que tem encontrado dificuldade na contratação de mão de obra qualificada.

“O município pecou nesses últimos anos em não investir na qualificação profissional dos jovens, que atualmente estão desempregados em um cenário que as empresas querem contratar, entretanto, não encontram mão de obra qualificada”, enfatizou o prefeito Lastênio Cardoso.

O primeiro dia de aula teve a presença do prefeito municipal Lastênio Cardoso, vice-prefeito Dr. Patrick Perutti, Presidente da Câmara Municipal Leandro Gomes Da Cruz, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Ismail Marcelino Ramos, Chefe do Departamento de Indústria, Comércio e Serviços, Gustavo Oliveira Silva, Vereador Edmar Vieira e de representantes do SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial.

A Primeira turma do Curso de Costureiro Industrial do Vestuário foi encerrada em setembro no distrito de Ibituba com intuito de qualificar os profissionais da região para o trabalho no ramo têxtil, através de parceria com empresas locais visando o desenvolvimento econômico da região e principalmente a geração de emprego.

Inscrições abertas para curso de Costureiro Industrial do Vestuário

A Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico iniciou nesta terça-feira (14), das 7h às 16h, as inscrições para o Curso de Costureiro Industrial do Vestuário do “Programa Emprega Mais” para 20 alunas, acima dos 16 anos, no bairro Rosário I.

Para se inscrever para o curso, o candidato deve procurar a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, localizada na Rua Milagres Júnior, n.º 103, centro, entre os dias 14 a 24 de setembro, das 7h às 16h, com a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19.

As aulas serão ministradas no Centro Comunitário do bairro Rosário I, entre os dias 5 de outubro a 16 de dezembro, das 18h30 às 22h, com carga horária de 160 horas.

“O nosso objetivo é levar conhecimento e oportunidade aos moradores de Baixo Guandu através de parcerias importantes como essa que foi firmada com o Findes e Senai, garantindo a qualificação profissional às moradoras do município na área têxtil”, destacou o prefeito Lastênio Cardoso.

Informações complementares podem ser obtidas através do telefone de contato da secretaria: (27) 3732 – 1878.

Prefeitura apresenta curso de costureiro industrial para moradores do distrito de Ibituba

Aconteceu na tarde desta última terça-feira (18/05) a Palestra “Programa Emprega Mais” na EMEF Olga Martinelli com a presença do Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Ismail Marcelino Ramos, o Superintendente Municipal Sebastião Demuner, o chefe do Departamento de Indústria, Comércio e Serviços, Gustavo Oliveira Silva e a empresária do ramo têxtil Eliane Eccel kill.

O curso visa qualificar profissionais para o trabalho no ramo têxtil em Baixo Guandu, através de parceria com o SENAI que irá oferecer o curso no período de 07/06 até 30/08 (segunda-feira até sexta-feira).

As inscrições podem ser até a sexta-feira (21/05) e são realizadas através do telefone (27) 3732–1878.

“Além do curso profissionalizante a Secretaria de Desenvolvimento Econômico realiza assessoria para empreendedores na gestão de negócios, buscamos um trabalho de ciclo completo para permitir desde o treinamento profissional até a abertura do próprio negócio”, frisou o Secretário de Desenvolvimento Econômico Ismail Marcelino Ramos.

Secretário de Indústria e Comércio participa de reunião sobre Micro e pequenas empresas

No dia 22 de janeiro, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Baixo Guandu, Clovis Rodrigues esteve em Vitória participando da reunião do Fórum Permanente da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte.

O Fórum Permanente, presidido pelo Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, é um espaço de debates e de conjugação de esforços entre o governo e o setor privado, para elaboração de propostas e ações de políticas públicas orientadas àsmicroempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP). Seu objetivo é divulgar e promover o fortalecimento do segmento.

Estiveram presentes: O representante do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, Fábio Silva, a professora Ednalva Fernandes Costa de Moraes, pesquisadora e membro do Fórum Permanente da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte, Pedro Rigo, Diretor Presidente da ADERES – Agência de Desenvolvimento da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedorismo, representantes do SEBRAE-SP, Federação das Industrias –RJ, SENAI – MG, Conselho Regional de Contabilidade – ES (CRC-ES), empresários, associações, representantes de Câmaras Dirigentes e Lojistas, dentre outros.

O Fórum visa formular e propor política nacional de apoio a MPE, por meio da elaboração e uma Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividades das Micro e Pequenas Empresas (2013 – 2022). “Trata-se de um projeto audacioso, com previsão de 09 anos, buscando proporcionar às Micros e Pequenas Empresas condições de competir no mercado, por meio de tratamentos tributários diferenciados, como por exemplo, por meio de políticas que incentivem sua participação nos processos de compras públicas (licitações)”, afirmou o secretário do município.

 

 

Secretário de Indústria e Comércio participa de reunião sobre Micro e pequenas empresas

No dia 22 de janeiro, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Baixo Guandu, Clovis Rodrigues esteve em Vitória participando da reunião do Fórum Permanente da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte.

O Fórum Permanente, presidido pelo Ministro de Estado do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, é um espaço de debates e de conjugação de esforços entre o governo e o setor privado, para elaboração de propostas e ações de políticas públicas orientadas àsmicroempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP). Seu objetivo é divulgar e promover o fortalecimento do segmento.

Estiveram presentes: O representante do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior, Fábio Silva, a professora Ednalva Fernandes Costa de Moraes, pesquisadora e membro do Fórum Permanente da Micro Empresa e Empresa de Pequeno Porte, Pedro Rigo, Diretor Presidente da ADERES – Agência de Desenvolvimento da Micro e Pequena Empresa e do Empreendedorismo, representantes do SEBRAE-SP, Federação das Industrias –RJ, SENAI – MG, Conselho Regional de Contabilidade – ES (CRC-ES), empresários, associações, representantes de Câmaras Dirigentes e Lojistas, dentre outros.

O Fórum visa formular e propor política nacional de apoio a MPE, por meio da elaboração e uma Agenda Nacional de Desenvolvimento e Competitividades das Micro e Pequenas Empresas (2013 – 2022). “Trata-se de um projeto audacioso, com previsão de 09 anos, buscando proporcionar às Micros e Pequenas Empresas condições de competir no mercado, por meio de tratamentos tributários diferenciados, como por exemplo, por meio de políticas que incentivem sua participação nos processos de compras públicas (licitações)”, afirmou o secretário do município.