Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Saúde

A saúde de Baixo Guandu batendo recordes de Atendimentos e Exames

📢 A saúde de Baixo Guandu batendo recordes de Atendimentos e Exames 📢

📈 Apenas nos últimos dois anos foram:

+ de 150 mil consultas;

+ de 160 mil exames;

📈 Nos exames de alta complexidade, que sempre foram um desafio para cidade, agora tornam-se realidade para população com a realização de 879 exames:

Cintilografia: 58

Colonoscopia: 85

Endoscopia: 101

Tomografia: 248

Ressonância: 387

Baixo Guandu cuidando de você.

Prefeitura intensifica ações contra o mosquito Aedes aegypti

Com objetivo de atuar diretamente e de forma estratégica nos focos dos mosquitos Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunia, o trabalho da equipe do FUMACÊ sob supervisão da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde está intensificando as ações que visa a prevenção à proliferação de mosquitos.

As equipes estão atuando tanto na parte urbana do município, quanto em Distritos e Bairros mais afastados do Centro da cidade.

Tem número novo de celular na Central de Ambulâncias de Baixo Guandu

Central de Ambulâncias de Baixo Guandu tem novo número

A Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, informa que o atendimento via telefônico na Central de Ambulâncias do município está sendo feito exclusivamente pelo Novo número 📲 (27) 99802-0792.

O novo contato da Central de Ambulâncias deve ser feito pelo telefone 📲 (27) 99802-0792, onde uma ambulância pode ser acionada 24 horas por dia para a sede do Município.

Nos distritos, os moradores devem procurar a Ambulância Local.

A Secretaria Municipal de Saúde, trabalha para melhorar a sua ação no serviço de saúde da cidade, com um objetivo de atender melhor o dia a dia dos moradores de Baixo Guandu.

Prefeitura disponibiliza novo número da Central de Ambulâncias para atender população 

A Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, informa que o atendimento via telefônico na Central de Ambulâncias do município está sendo feito exclusivamente pelo Novo número (27) 99802-0792. 

O novo contato da Central de Ambulâncias deve ser feito pelo telefone (27) 99802-0792, onde uma ambulância pode ser acionada 24 horas por dia para a sede do município.

Nos distritos os moradores devem procurar a ambulância local.

Novembro Azul: Um mês de combater e prevenção ao Câncer de Próstata

A Campanha Mundial do Novembro Azul, foi desenvolvida pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu.

Na quarta, dia 30 de novembro, aconteceu o encerramento da Campanha Novembro Azul: mês de combate e prevenção ao câncer de próstata. A campanha foi encerrada, com palestra e atendimento médicos nas Unidades Básica de Saúde do Município.

A Campanha Mundial do Novembro Azul de 2022, foi desenvolvida pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu.

Durante todo mês de novembro, as Unidades Básica de Saúde, realizaram consultas e exames como: Aferição de PA (pressão arterial). Glicemia Capilar, Atualização da Caderneta de Vacina, Solicitação de Exames, Avaliação da Saúde Bucal, Palestras, Testes Rápidos e Consultas Médicas.

Segundo informação da Secretaria Municipal de Saúde, as Unidades de Saúde do Município, continuará atendendo as pessoas interessadas em realizar exames e consultas.

É importante lembrar que o sucesso do tratamento do câncer está diretamente relacionado com a detecção precoce da doença e que aguardar por sintomas pode diminuir as chances de cura, uma vez que, especialmente no câncer de próstata, estes ocorrem apenas quando a doença já se encontra em estágio avançado, quando a janela de cura foi perdida.

Segundo informação da Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, as Unidades de Saúde do Município, continuará a busca ativa de pacientes homens para que estes possam realizar os exames preventivos da doença e também, se informar a respeito sobre a Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

O que é IST – INFECÇÕES SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS

são as infecções causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos. São transmitidas, principalmente, por meio do contato sexual (oral, vaginal, anal) sem o uso de camisinha masculina ou feminina, com uma pessoa que esteja infectada. A transmissão de uma IST pode acontecer, ainda, da mãe para a criança durante a gestação, o parto ou a amamentação.

O tratamento das pessoas com IST melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções. O atendimento e o tratamento são gratuitos nos serviços de saúde do SUS.

Secretaria de Saúde de Baixo Guandu realiza Ação de Orientação para Gestantes sobre prevenção da Prematuridade

No Brasil, a cada 10 partos 01 é prematuro.

E a Campanha do NOVEMBRO ROXO tem a função de alertar sobre a prevenção da PREMATURIDADE: E a campanha de 2022 enfatiza a importância da conscientização, com o tema “Garanta o contato pele a pele”.

A Ação aconteceu no Parque Prefeito Elci Pereira e contou com palestras e bate-papo com a enfermeira obstétrica Kênia Maria de Oliveira Costa e a enfermeira e doula Valquiria Gabler Pires.

A prevenção da prematuridade se inicia antes mesmo da gestação, com o planejamento familiar, seguido do acompanhamento pré-natal adequado, um parto seguro, de qualidade e humanizado, sem impacto para a saúde da mulher e do recém-nascido. O Município de Baixo Guandu oferece todo esse cuidado, acolhimento e acompanhamento. São considerados prematuros ou pré-termos os bebês que nascem antes de 37 semanas de gestação.

O quanto antes começar o pré-natal com consultas e exames solicitados pelos profissionais, diminui a chance de ter um parto prematuro. Também quando as gestantes perceberem qualquer alteração durante a gestação, devem procurar a unidade de saúde mais próxima para uma avaliação.

Na casa da mulher contamos com uma equipe multidisciplinar para melhor atender, temos obstetras, enfermeira, nutricionista, psicóloga, assistente social e profissionais no acolhimento.

Participe da programação do Novembro Roxo!

A Secretaria Municipal de Saúde convida as Gestantes e mulheres que desejam engravidar, para uma programação especial, com palestra sobre a prematuridade e um piquenique em prol do mês de Sensibilização para a Prematuridade.

O evento irá contar com a participação da Doula Valquíria Gabler Pires e da Enfermeira Obstétrica Kênia Maria de Oliveira Costa, a partir das 16h, no Parque Municipal Elci Pereira.

#saude#saudepmbg#prefeituradebaixoguandu#novembroroxo#baixoguandu

Secretaria Municipal de Saúde realiza ações durante o “Novembro Azul”

A Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, está promovendo ações, nas Unidades de Saúde do Município, em prol da Campanha Mundial do Novembro Azul de 2022.

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, está promovendo ações, nas Unidades de Saúde do Município, em prol da Campanha Mundial do Novembro Azul de 2022. A campanha visa conscientizar cada vez mais os homens sobre os cuidados com a saúde, especialmente na prevenção do câncer de próstata, um dos mais frequentes entre os brasileiros.

Com o objetivo de alertar a prevenção e o diagnóstico precoce de doenças masculinas, mesmo na ausência de sintomas, a Secretaria Municipal de Saúde de Baixo Guandu, está oferecendo. Aferição de PA (pressão arterial). Glicemia Capilar, Atualização da Caderneta de Vacina, Solicitação de Exames, Avaliação da Saúde Bucal, Palestras, Testes Rápidos e Consultas Médicas e de Enfermagem.

Cronograma ações do Novembro Azul:

Dia 22 – Terça-feira – Matutino – Local: Pedreira – Km14.

Dia 23 – Quarta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Santa Mônica.

Dia 24 – Quinta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Km14.

Dia 24 – Quinta-feira – Diurno – Local: Unidade de Saúde – Rosário 2.

Dia 24 – Quinta-feira – Matutino – Local: Praça Campo de Bocha – Mascarenhas.

Dia 24 – Quinta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Bananal.

Dia 24 – Quinta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Alto Mutum.

Dia 25 – Sexta-feira – Diurno – Local: Unidade de Saúde – Valparaíso.

Dia 28 – Segunda-feira – Noturno – Local: Unidade de Saúde – NESF 1.

Dia 28 – Segunda-feira – Noturno – Local: Unidade de Saúde – NESF 2.

Dia 28 – Segunda-feira – Diurno – Local: Unidade de Saúde – Sapucaia.

Dia 29 – Terça-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Ibituba.

Dia 29 – Terça-feira – Matutino – Local: Pedreira – Km14.

Dia 30 – Quarta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – Mascarenhas.

Dia 30 – Quarta-feira – Matutino – Local: Unidade de Saúde – São Vicente.

Procure a Unidade de Saúde mais próxima a sua casa. Previna-se!

SOBRE O CÂNCER DE PRÓSTATA

O que é próstata?

A próstata é uma glândula presente apenas nos homens, localizada na frente do reto, abaixo da bexiga, envolvendo a parte superior da uretra (canal por onde passa a urina). A próstata não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo. Sua função é produzir um líquido que compõe parte do sêmen, que nutre e protege os espermatozoides. Em homens jovens, a próstata possui o tamanho de uma ameixa, mas seu tamanho aumenta com o avançar da idade.

O que é o câncer de próstata?

É o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. O câncer de próstata é o mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele.

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e não chega a dar sinais durante a vida e nem a ameaçar a saúde do homem. Em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e causar a morte. Esse efeito é conhecido como metástase.

Fatores de risco para o câncer de próstata

  • Idade: o risco aumenta com o avançar da idade. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos.
  • Histórico de câncer na família: homens cujo o pai, avô ou irmão tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos, fazem parte do grupo de risco.
  • Sobrepeso e obesidade: estudos recentes mostram maior risco de câncer de próstata em homens com peso corporal mais elevado.

Sinais e sintomas

Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são:

  • Dificuldade de urinar;
  • Demora em começar e terminar de urinar;
  • Sangue na urina;
  • Diminuição do jato de urina;
  • Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Esratégias para investigar o câncer de próstata

  • Exame de toque retal: o médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata;
  • Exame de PSA: é um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.

Confirmação do diagnóstico

Para confirmar o câncer de próstata é preciso fazer uma biópsia. Nesse exame são retirados pedaços muito pequenos da próstata para serem analisados no laboratório. A biópsia é indicada caso seja encontrada alguma alteração no exame de PSA ou no toque retal. 

Tratamento do câncer de próstata

O tratamento do câncer de próstata é feito por meio de uma ou de várias modalidades/técnicas de tratamento, que podem ser combinadas ou não. A principal delas é a cirurgia, que pode ser aplicada junto com radioterapia e tratamento hormonal, conforme cada caso. 

Quando localizado apenas na próstata, o câncer de próstata pode ser tratado com cirurgia oncológica, radioterapia e até mesmo observação vigilante, em alguns casos especiais. No caso de metástase, ou seja, se o câncer da próstata tiver se espalhado para outros órgãos, a radioterapia é utilizada junto com tratamento hormonal, além de tratamentos paliativos. 

A escolha do melhor tratamento é feita individualmente, por médico especializado, caso a caso, após definir quais os riscos, benefícios e melhores resultados para cada paciente, conforme estágio da doença e condições clínicas do paciente. Todas as modalidades de tratamento são oferecidas, de forma integral e gratuita, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Fonte Ministério da Saúde.

Dia Nacional de Combate à Tuberculose

A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de Koch. A doença afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e/ou sistemas.

A transmissão da tuberculose acontece por via respiratória, pela eliminação de aerossóis produzidos pela tosse, fala ou espirro de uma pessoa com tuberculose ativa (pulmonar ou laríngea), sem tratamento.

A tuberculose não se transmite por objetos compartilhados, pois os bacilos que se depositam em roupas, lençóis, copos e talheres dificilmente se dispersam em aerossóis e, por isso, não têm papel importante na transmissão da doença.

Os principais sintomas da tuberculose são:
● Tosse por 3 semanas ou mais;
● Febre vespertina;
● Sudorese noturna;
● Emagrecimento.

Manter ambientes bem ventilados e com entrada de luz solar; proteger a boca com o antebraço ou com um lenço ao tossir e espirrar; e evitar aglomerações; são orientações gerais para minimizar o risco de transmissão da tuberculose no domicílio e em ambientes públicos.

Caso a pessoa apresente sintomas de tuberculose, a Prefeitura de Baixo Guandu reforça a importância de procurar a unidade de saúde mais próxima da residência para avaliação médica. Os exames para identificação da Tuberculose são fornecidos gratuitamente pela Secretaria Municipal de Saúde.

#saude #baixoguandu #combateatuberculose #prefeituradebaixoguandu

Baixo Guandu realiza cerca de 2 mil exames durante a campanha do Outubro Rosa

A Campanha do Outubro Rosa, foi realizada no mês passado, pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Casa da Mulher e Estratégia de Saúde da Família de Baixo Guandu.

A Campanha do Outubro Rosa, realizada no mês passado (outubro) pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Casa da Mulher e Estratégia de Saúde da Família de Baixo Guandu, foi encerrada com palestras, agendamentos de mamografias, exames  preventivos e ações a saúde das mulheres do município, sobre a importância da detecção precoce do câncer de mama e de colo de útero. 

A campanha contou com a parceria do SICOOB de Baixo Guandu  e  do  Centro de Diagnóstico por Imagem de Baixo Guandu (CDI).

Segundo informação da coordenadora da Casa da Mulher, Katiane Tibúrcio Simões, durante a Campanha  do Outubro Rosa de 2022, foram agendados  mamografias e exames preventivos do colo uterino, todos gratuitos.

A Coordenadora da Casa da Mulher acrescentou que  a campanha continua durante o ano todo, nas Unidades de Saúde do município, das 7h às 16 h, para o agendamento de mamografia e exames de  preventivos. As interessadas podem fazer o agendamento na Unidade de Saúde.

Conforme o prefeito Lastênio Cardoso, o balanço da campanha  Outubro Rosa, foi positivo na cidade. Ele citou, entre as ações realizadas, o agendamento na Praça São Pedro de mamografias e exames preventivos ao câncer de colo do útero, além de palestras educativas ministradas pelos profissionais de saúde.

O prefeito lembrou que,  esse governo tem o compromisso de cuidar e levar saúde à população com responsabilidade, e melhorar a qualidade de vida dos guanduenses dia a dia. Concluiu Lastênio Cardoso.

 Ações da Campanha Outubro Rosa 2022:

Dia 06/10 – As equipes da Casa da Mulher, com a ACS realizaram abordagem com orientações e agendamentos de preventivo na Praça São Pedro, no centro da cidade.

Entrevista semanal na Rádio 90 FM, sobre Outubro Rosa, com o profissional da Casa da Mulher.

Dia 05/10 – Entrevista  na Rádio 90 FM, com a educadora física, Caroline Souza.

Dia 12/10 – Entrevista  na Rádio 90 FM, com o ginecologista,  Dr. Denílson Storch.

Dia 18/10 – Palestra  com a coordenadora da Casa da Mulher Katiane Tibúrcio Simões, sobre a prevenção do câncer de mama e agendamento de preventivo com as mulheres do Projeto Educando Para a Vida, no Ginásio Poliesportivo.

Dia 19/10 – Palestra  na escola Lacerda.

Dia 20/10  – Palestra na escola Léa Holz.

Dia 21/10 –  Palestra no campo do Residencial Ricardo Holz.

Dia 21/10 – Entrevista na Rádio 90 FM, com a psicóloga  Dra. Telma Sueli Gonçalves .

Dia 25/10 –  Palestra em Mascarenhas.

Dia 26/10 – Palestra no Auditório do Ginásio Brasil com a Dra. Amanda Coelho, e agendamento de mamografia. 

Dia 27/10 – Entrevista na Rádio 90 FM, com a nutricionista, Dra. Camila Sperandio  e a assistente social, e Fabíola de Freitas.

Skip to content