Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Concurso de rainhas e princesas anuncia sucesso da festa pomerana, que acontece em outubro

Um público superior a 300 pessoas acompanhou ontem (06/08), o concurso que escolheu a rainha e princesas da 1ª Guandu Pomerfest, que será realizada na cidade nos dias 7 e 8 de outubro.

O concurso aconteceu na área de eventos da Igreja de Confissão Luterana do morro da Caixa Dágua, a partir das 14 horas, numa bonita festa que encantou pela organização e recordação das tradições pomeranas.

O corpo de jurados apontou como rainha da 1ª festa pomerana de Baixo Guandu a estudante Kayla Wolfgramm, sendo escolhidas princesas Thais Frederico Krause e Waynaarla Erdmann de Oliveira. Também foram escolhidos uma dupla mirim, Ryhanna Julya Krause de Souza e Gustavo Plantikow Lietmann e ainda um casal representando a terceira idade, Aristides Klitzke e Ilda Reetz Klitzke.

Organizado pela Paróquia da Igreja de Confissão Luterana, com participação efetiva de uma equipe da Secretaria Municipal de Educação de Baixo Guandu, o concurso foi apresentado pelos pastores  Siegmund Berger, representando a Associação Diacônica Luterana (ADL), e Ronei Odair Ponath, da Paróquia local. 
 

O prefeito Neto Barros  foi convidado a fazer a coroação da rainha e princesas, já no finalzinho da tarde, num clima de muita confraternização entre o ótimo público presente, a maioria dele composto de descendentes de pomeranos.
 
A  1ª Guandu Pomerfest acontece nos dias 7 e 8 de outubro, sábado e domingo, com uma extensa programação que ficará concentrada na área de eventos do Ginásio Brasil. 
Ali serão oferecidos shows musicais da cultura pomerana, danças típicas e os participantes poderão também degustar o sabor da gastronomia desta etnia, entre eles a famosa linguiça defumuda e o brote, um pão feito à base de milho.
 
Consta também da programação um desfile da cultura pomerana e  sessão solene da Câmara Municipal homenageando famílias de origem germânica, que muito contribuíram para o desenvolvimento de Baixo Guandu.
 
Cerca de 40% dos moradores de Baixo Guandu são descendentes de pomeranos/alemães. Eles tiveram participação marcante na história do município, desde a colonização, e pela primeira vez se realiza uma festa dedicada à cultura deste povo que veio da Europa para se estabelecer definitivamente em terras capixabas.
 
O povo pomerano é muito ligado às suas tradições. Tanto que centenas de guanduenses continuam falando a língua pomerana, que é transmitida de geração para geração, bem como os costumes religiosos e da comida servida à mesa no dia a dia.
 
A 1ª Guandu Pomerfest quer exatamente resgatar estes valores culturais, homenageando ao mesmo tempo um povo trabalhador, religioso e  muito ligado à agricultura. A história de Baixo Guandu é recheada de pessoas de origem alemã/pomerana que tiveram uma forte participação no desenvolvimento local.
 
Estima-se que em Baixo Guandu existem hoje entre 8 a 10 mil pessoas descendentes de germânicos, a grande maioria pomeranos. Cidades como Santa Maria de Jetibá, Domingos Martins, Pancas e Vila Pavão já realizam festas específicas homenageando os pomeranos. Agora é a vez de Baixo Guandu, que vai inserir a Pomerfest no calendário oficial de eventos do município.

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.