Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Coronavírus: Prefeitura endurece regras, exige máscaras e cria o disk-aglomeração

Baixo Guandu passa a viver a partir desta segunda-feira (04/05) regras mais rígidas de convivência social, conforme decreto assinado ontem pelo prefeito Neto Barros. A motivação maior para o decreto foi a confirmação de 3 casos de COVID-19 na cidade, o que aumenta o risco de disseminação do vírus; existem ainda seis casos suspeitos aguardando resultado dos exames.
 
A partir de hoje, as pessoas somente poderão sair de casa, por exemplo, com máscaras de proteção; estão também proibidos qualquer tipo de aglomeração e o comércio vai funcionar, das 10 às 17 horas, com a exigência de máscaras para funcionários e clientes. A feirinha está mantida às quintas-feiras, mas com regras de segurança.
 
O conjunto de restrições compreende ainda proibição de funcionamento de bares, praças de lazer não podem ser frequentadas e as Igrejas deverão manter suspensos os cultos presenciais, com a opção de fazer as celebrações religiosas via on-line
 
O decreto do prefeito Neto Barros aborda ainda a questão da aglomeração nas partes interna e externa das agências bancárias, loterias, correios e correspondentes bancários, ficando sob a responsabilidade destas instituições a organização do atendimento ao público com normas de segurança.

Ontem à noite o prefeito Neto Barros fez uma live a partir das 18 horas, quando explicou ao público as novas regras de convivência social, deixando claro que o grande objetivo é evitar a disseminação de coronavírus em Baixo Guandu.
 
Ainda hoje a Prefeitura começa a fazer a distribuição de máscaras de proteção à população, que foram confeccionadas por empresas do Estado, entre elas uma guanduense. Estas máscaras podem ser reutilizadas e serão entregues em domicilio por equipes da Secretaria Municipal de
Saúde. Mas as máscaras feitas em casa também podem ser utilizadas por quem sair de casa.

Outro serviço colocado em funcionamento pela Prefeitura, a partir de hoje é o Disk-Aglomeração: qualquer denúncia pode ser feita pelo telefone 9 9573-5555. A pessoa não precisa se identificar e a finalidade da iniciativa é coibir aglomerações, o que sempre facilita a disseminação do coronavírus.

Permanecem também vetados em Baixo Guandu o funcionamento de qualquer estabelecimento de ensino, academias de ginástica, bares, casas de shows e similares e restaurantes só podem funcionar dentro de horário estabelecido e com regras de segurança.

Conheça a íntegra do decreto municipal estabelecendo as normas clicando aqui


Qualquer pessoa pode comunicar a ocorrência de aglomerações na cidade, sem se identificar


O decreto municipal restringe a presença de pessoas em praças e parques da cidade


A Prefeitura inicia hoje a distribuição de máscaras reutilizáveis para toda a população

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content