Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Cuidado com a Dengue: saiba como evitar a doença

Combater a dengue não é uma tarefa fácil. Por isso, são necessárias a mobilização e a conscientização de todos para eliminar os focos do mosquito. Medidas simples geram bons resultados.

 

Dengue é uma doença infecciosa aguda causada por um vírus que possui quatro sorotipos (DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4). É transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado.

Ocorre, principalmente, em áreas tropicais e subtropicais. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos.

Sintomas

A forma clínica clássica caracteriza-se pelos seguintes sintomas:

– Febre alta, com duração de 2 a 7 dias;

– Dor de cabeça;

– Dor no corpo e nas juntas;

– Dor atrás dos olhos;

– Manchas vermelhas pelo corpo.

Quem tem diagnóstico de dengue deve ficar atento ao surgimento dos sintomas a seguir:

– Dores fortes e contínuas na barriga;

– Vômitos persistentes;

– Sangramento por nariz, boca e gengivas;

– Sede excessiva e boca seca.

Transmissão

A fêmea do mosquito pica o indivíduo infectado, mantém o vírus em sua saliva e o retransmite em novas picadas. A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem.

Após ingerir sangue infectado, o inseto fêmea mantém-no em período de incubação. Depois desse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus durante toda a sua vida.

Tratamento

Ao serem observados os primeiros sintomas da dengue, deve-se buscar orientação médica. A reidratação oral com soro caseiro, água ou sucos pode ser feita antes mesmo da consulta médica.

Após a consulta, alguns cuidados devem ser observados, como:

– Manter-se em repouso;

– Continuar bebendo muito líquido;

– Usar somente os medicamentos prescritos pelo médico para aliviar as dores e a febre.

Como combater

– Não deixe água acumulada;

– Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro delas;

– Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;

– Mantenha a caixa d'água bem fechada;

– Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;

– Mantenha bem fechados tonéis e barris d'água;

– Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana;

– Lavar semanalmente, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios utilizados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes e baldes;

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.

 

 

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *