Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

DNIT estima em 15 dias a liberação da BR-259, mas apenas para veículos leves

A detonação das pedras que rolaram sobre a BR-259, em Itapina, deve ter início hoje (23/02), mas a liberação da pista para veículos pequenos deve ocorrer dentro de aproximadamente 15 dias.
 
A estimativa é de um engenheiro do DNIT que esteve ontem no local fazendo uma avaliação do serviço, que será executado por uma empresa especializada., com custo de R$ 5,7 milhões.
A BR-259 está interditada desde o dia 6 de fevereiro, quando toneladas de rochas invadiram a pista asfáltica e interromperam completamente o trânsito, causando transtornos ao tráfego de veículos entre o Espírito Santo e Minas Gerais.
 
O engenheiro do DNIT explicou que o prazo de 15 dias para liberação de veículos leves é apenas uma estimativa e não uma garantia. Ele disse que não basta detonar as rochas que estão na pista, mas é preciso fazer também uma contenção da encosta, evitando que novas rochas se desloquem e voltem a bloquear a rodovia.
 
Segundo o engenheiro, existem rochas na pista que vão de uma a 750 toneladas, que terão que ser detonadas com todo o cuidado. Explicou também que a liberação deve acontecer inicialmente apenas para veículos leves – carros de passeio, motocicletas e ambulâncias – no sistema de pare e siga. Ainda não há estimativa de quando o tráfego de caminhões pesados possa ser liberado.

Os moradores de toda a região que necessitam viajar pela rodovia, entre eles os de Baixo Guandu, vão ter que continuar optando pela passagem via Itapina, com acesso na ponte do Fontenelle, numa estrada de terra que aumenta o percurso até Colatina em cerca de 30 minutos.

Outra opção é ir até o distrito de Itaimbé, em Itaguaçu, dali seguindo para Colatina numa estrada parcialmente asfaltada, com 15 quilômetros de estrada de chão até o término do percurso. Por Itaimbé são 58 quilômetros entre Baixo Guandu e Colatina.

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.