Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Prefeito determina corte de despesas

Através do Decreto Nº 5.592, expedido em 9 de março último, o prefeito Neto Barros determinou uma série de medidas administrativas para ajustar as despesas às receitas e salvaguardar os serviços públicos essenciais.
 
"Além da situação calamitosa que vive o país em nosso município fomos prejudicados pela rejeição, da Câmara de Vereadores, ao projeto que atualizaria o Código Tributário Municipal. Por conta disso deixamos de arrecadar aproximadamente R$ 3.000.000,00 por ano. Além do mais, no ano passado houve uma diminuição brutal das transferências constitucionais na forma de repasses e convênios estaduais e federais, da ordem de R$ 25.000.000,00. A situação é dramática, mas tentaremos superar este momento com uma forma de gestão ainda mais responsável”, esclarece o prefeito. 
 
Algumas medidas adicionais, como corte do número de servidores comissionados e fusão de secretarias, foram executadas na última terça-feira (15). 
– Secretaria de Serviços Urbanos funde-se com Secretaria de Obras
– Secretaria de Cultura funde-se com Educação
– Desenvolvimento Econômico funde-se com Administração e Finanças
– Desenvolvimento Rural funde-se com Meio Ambiente.
 
Com este conjunto de medidas adotadas a prefeitura estima reduzir em aproximadamente R$ 300 mil, mensalmente, as despesas de custeio do município.
 
Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação PMBG
noticia@pmbg.es.gov.br
(27)  3732-8914
(27) 99299-1037

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.