Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Prefeitura vai repor de imediato árvores condenadas na Carlos de Medeiros

Todas as árvores que tiverem que ser retiradas nas obras de revitalização da avenida Carlos de Medeiros serão imediatamente repostas, segundo garantiu ontem o secretário municipal de Obras, engenheiro Maximiliano Cândido dos Santos.
 
“Estamos retirando as árvores que estão totalmente comprometidas, fragilizadas pela ação do tempo e até por cupins, sem condições de permanecer na avenida e garantir a segurança”, falou Max.
 
Segundo o secretário, as árvores retiradas comprometem  a segurança de todos e já representavam um perigo para quem circula ao longo da avenida Carlos de Medeiros.
 
Um temporal ou um vento mais forte, segundo o secretário Max, poderia provocar uma tragédia pela fragilidade de algumas árvores, atingindo a pessoas. “Nós temos a responsabilidade , trabalhando no serviço público, de zelar pela segurança da população. Não podemos deixar em risco a vida das pessoas”, afirmou.
 
O secretário garantiu que as árvores retiradas, menos de 10% do total  das existentes no trecho onde as obras já alcançaram, serão imediatamente repostas.

“Estamos deixando tudo preparado para fazer o replantio, com mudas de mais de 2 metros de altura, da mesma espécie que está sendo retirada por questão de segurança”, falou.
 

As árvores da Carlos de Medeiros são da espécie conhecida  como Oiti e podem ser consideradas quase centenárias, tendo em vista que a avenida é anterior à emancipação do município e muitas delas foram plantadas há décadas, sofrendo também naturalmente algum tipo de deterioração.

Morador se manifesta em rede social

O morador da avenida Carlos de Medeiros, Eduardo do Reis, que é tradicional contabilista na cidade, registrou em sua rede social a retirada de uma árvore em frente à sua residência, com fotos que ilustram esta matéria.

A opinião de Eduardo dos Reis ficou registrada da seguinte forma:
"Não tem como fazer omelete sem quebrar os ovos. Triste mas foi necessário a derrubada desta árvore sessentona. Ainda bem que foi hoje, se fosse no amanhã certamente a tragédia seria inevitável, a raiz estava quase toda comprometida. Triste hoje para sorrir amanhã: árvore nova e alegria de vê-la crescer". 


A Prefeitura só está retirando as árvores que não oferecem segurança à população guanduense


Apenas estão sendo sacrificadas nas obras da Carlos de Medeiros, as árvores que oferecem risco de queda


Maquete da nova avenida Carlos de Medeiros: obras serão entregues antes do Natal
 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content