Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Baixo Guandu despede-se hoje do mais antigo componente da banda Lira Guanduense

O mais antigo integrante e um dos fundadores da Banda Municipal Lira Guanduense, Vivaldo João da Silva, faleceu ontem pela manhã  aos 98 anos de idade e será sepultado no cemitério de Baixo Guandu hoje (13/06) às 10 horas. O velório está sendo realizado na capela mortuária.
 
Vivaldo João da Silva começou a tocar na banda em 1954 e durante mais de 50 anos atuou como músico em centenas de apresentações. Ele era o mais antigo integrante da Lira Guanduense e no ano passado, durante a apresentação da banda  no desfile de 7 de setembro, recebeu uma bela homenagem na cidade, quando foi entregue a ele simbolicamente a batuta do maestro Luiz Mathias dos Santos Junior.
 
Nascido em Afonso Cláudio mas desde a juventude morando em Baixo Guandu, Vivaldo João da Silva teve oito filhos (Vivanir, Adevaldo, Maria de Lurdes, Vera, Natalícia, Noézia, Rogério e Kátia), 20 netos, 29 bisnetos e 1 tataraneto.
 
Viúvo de dona Floripes Jacintho da Silva desde novembro do ano passado (ela faleceu com 88 anos), Vivaldo João da Silva vivia desde então entre Baixo Guandu e a casa das filhas em Vitória. Na quarta-feira da semana passada, o músico Vivaldo sofreu um enfarte e foi internado no hospital Jaime dos Santos Neves. No começo da semana foi diagnosticado com pneunomia e veio a falecer ontem às 7 horas da manhã. 
 
“Meu pai amava profundamente Baixo Guandu, porque aqui viveu grande parte da sua vida. A gente até levava ele para Vitória, mas ele sempre queria voltar para a casa que mantinha na cidade”, explicou ontem a filha Vera.
 
O prefeito Neto Barros lamentou ontem o falecimento do músico Vivaldo João da Silva, destacando a grande contribuição que ele deu para o desenvolvimento da Banda Lira Guanduense. “Foram décadas de muita dedicação à música e só temos que agradecer por tudo que ele proporcionou à cidade”, disse o prefeito.
 
Vivaldo João da Silva completou 98 anos no dia 1 de abril deste ano. Viveu mais de 70 anos em Baixo Guandu, onde desfrutava de muitas amizades e era muito querido. No ano passado ainda gravou um vídeo explicando como surgiu a banda Lira Guanduense, que nasceu de um desejo do padre Alonso em ter um conjunto musical para animar as festas na cidade, isto em 1954.
 
Em 1968 a Banda Lira passou a ser municipal, sob responsabilidade da Prefeitura. Mas somente em 2013, por iniciativa do prefeito Neto Barros, tornou-se oficialmente a “Banda Municipal Lira Guanduense”, instituída oficialmente com aprovação da Câmara Municipal. Os músicos desde então passaram a receber gratificação como forma de incentivo.
 
A Banda Municipal Lira Guanduense é regida atualmente pelo maestro Luiz Mathias da Silva Junior e possui 22 componentes, garantindo sempre a qualidade do show musical por onde se apresenta, com repertório variado que agrada todos os públicos.


Banda Lira Guanduense na déca de 60

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.