Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Sobre Baixo Guandu

A história de Baixo Guandu está diretamente ligada ao pioneirismo que marcou o começo do século XX na região do Vale do Rio Doce. Os trilhos do primeiro trem chegaram em 1907 e somente a partir daí as atividades econômicas foram intensificadas. A madeira abundante era retirada e levada pelos comboios à Capital.

Segundo depoimento de bandeirantes e viajantes que percorreram o baixo do Rio Doce desde a segunda metade do século XIX até os meados do século passado, os índios botocudos filhos da terra eram senhores da região compreendendo entre o Rio Doce e o Rio São Mateus.

Os colonos estrangeiros se estabeleceram no Vale do Guandu e outros no ribeirão do Lage. Em ambas as margens, há, ainda hoje, sinais marcantes da herança europeia no município.

Como se tivesse havido o desejo de reparar a supressão do Distrito de Baixo Guandu, o Presidente Henrique da Silva Coutinho criou a colônia em 1905, compreendendo esta área não legítima do Vale do Guandu, até os limites com o município de Afonso Cláudio e com Minas Gerais. Repartida e doada a porção em lotes, estes foram vendidos aos colonos italianos, franceses e espanhóis neles lotados.

Hidrografia

Além do próprio Rio Doce, o Município é cortado por um de seus afluentes, o Rio Guandu. Sendo a região do Vale do Rio Doce bem suscetível a enchentes, tanto pela comum ocupação de locais impróprios quanto pelo comportamento natural de sua hidrografia.

Dados da cidade de Baixo Guandu

Área total do Município917,888 km²
Habitantes31 794
Densidade34,67 hab./km²

Feriados Municipais

DataFeriadoLei
10/04Emancipação Político-administrativo1.1221/1935
29/06Dia do Padroeiro da Cidade: São Pedro
Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content