Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Educação

Novo CMEI Ida Albertina Mara Zummack Roepke Reforça Compromisso com a Educação

No último sábado, 14 de outubro, véspera do Dia dos Professores, o Distrito de Vila Nova do Bananal celebrou um marco significativo em prol da educação com a solene inauguração do CMEI Ida Albertina Mara Zummack Roepke. Este novo espaço representa um investimento vital na qualidade da educação local.

A cerimônia de inauguração reuniu membros da comunidade, autoridades locais e educadores, destacando o compromisso contínuo com o desenvolvimento da educação na região. O CMEI Ida Albertina Mara Zummack Roepke não é apenas uma conquista para o distrito, mas também uma benção para as mães da localidade.

A nova creche oferece um local seguro e adequado para as crianças, permitindo que as mães possam trabalhar com tranquilidade, sabendo que seus filhos estão recebendo cuidados de qualidade.

Além dessa inauguração, é importante lembrar que a Escola Carlos Luiz Frederico também passou por uma reforma completa há quatro meses. Essa reforma reflete o compromisso contínuo das autoridades locais com a educação, criando ambientes de aprendizado modernos e apropriados para os alunos.

Prefeito Lastênio recebe visita de alunos da Escola Dr. Jones dos Santos Neves para um bate papo sobre a educação em Baixo Guandu

Na manhã desta segunda-feira, o prefeito Lastênio Cardoso, abriu as portas de seu gabinete para receber os alunos do 8º ano da Escola Dr. Jones dos Santos Neves. O encontro foi uma oportunidade valiosa de diálogo entre o chefe do executivo municipal e os estudantes, que trouxeram sugestões e preocupações sobre a educação em Baixo Guandu.

Um dos temas centrais da conversa foi a sugestão dos alunos de implementar o “Projeto de Vida” nas escolas municipais. Eles enfatizaram a importância desse projeto como uma ferramenta para orientar os estudantes na definição de metas, sonhos e planos para o futuro. O “Projeto de Vida” é visto como uma maneira de ajudar os jovens a desenvolverem habilidades socioemocionais e a se prepararem para os desafios da vida adulta.

O vereador e presidente da Câmara, Leandro da Kimacol, também participou da reunião e reforçou a importância da colaboração entre os diferentes níveis de governo para promover melhorias na educação.

Além das discussões sobre o “Projeto de Vida”, os alunos tiveram a oportunidade de fazer perguntas ao prefeito. Um dos tópicos abordados foi o bullying, e os estudantes indagaram sobre a perspectiva do prefeito em relação a essa questão. Lastênio destacou a relevância de abordar e combater o bullying nas escolas, ressaltando o compromisso da administração municipal em criar um ambiente educacional seguro e inclusivo para todos.

O encontro entre o prefeito, os alunos e o vereador foi um exemplo de como o diálogo aberto e a participação dos jovens podem contribuir para o desenvolvimento de políticas educacionais mais eficazes em Baixo Guandu. As sugestões dos estudantes serão consideradas nas futuras decisões relacionadas à educação no município, refletindo o compromisso com a construção de um futuro promissor para a juventude local.

Estudantes da Escola de Tempo Integral Governador Lacerda de Aguiar  farão filme de animação em parceria com o Instituto Marlin Azul

 Os alunos aprenderão noções sobre a linguagem e as técnicas de cinema de animação para construção do mais novo curta-metragem do Projeto Animação do Instituto Marlin Azul.

Estudantes da Escola Municipal de Tempo Integral – EMEFTI Governador Lacerda de Aguiar, no bairro Sapucaia em Baixo Guandu (ES), vão aprender a fazer um filme. Com 22 anos de história na formação e inclusão audiovisual, o Projeto Animação do Instituto Marlin Azul chega pela primeira vez ao município capixaba para ministrar uma oficina sobre a linguagem e as técnicas básicas de cinema de animação inspirada em questões socioambientais.

“A secretaria de educação vê isso como algo muito positivo que vem para estabelecer o aprendizado de nossos alunos e ao mesmo tempo o entretenimento, e isso é importante, pois de fato, é para isso que trabalhamos, para que nossos alunos tenham essas experiências e quem sabe, futuramente, saia um roteirista, um produtor de filme”, comenta a secretária Kelly Christina Damasceno Gama.

Com carga horária de 30 horas, as aulas serão realizadas de 02 a 06 de outubro, das 7 às 14 horas, envolvendo alunos do ensino fundamental em um processo de criação coletiva e de troca e debate de ideias. Funciona assim: os estudantes constroem a história e, com o roteiro em mãos, montam as cenas a partir de técnicas básicas de animação como desenho 2D, recorte, stopmotion com massinha e com outros objetos.

A atividade de arte, tecnologia audiovisual e cultura estimula a criatividade, a imaginação, a comunicação e a expressão e ainda articula saberes através do contato dos alunos com a leitura, a pesquisa, a produção de textos, a música, a contação de histórias, as tradições e as culturas populares. As aulas terão a orientação das animadoras Marinéia Anatório e Ariane Piñeiro.

Marinéia iniciou sua trajetória como animadora há cerca de 20 anos após participar de oficinas sobre a linguagem e as técnicas de animação promovidas pelo Instituto Marlin Azul. Desde então, ela vem atuando como professora nas aulas de animação nas escolas, na finalização dos curtas-metragens e na realização de obras autorais, entre elas, as animações do Projeto Brincadeiras de Ninar.

Ariane Piñeiro é formada em Artes Plásticas e cursa licenciatura em Artes pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Iniciou sua carreira no mundo da arte através do cinema de animação, tornando-se professora em oficinas sobre as técnicas de animação junto a estudantes da rede pública. Foi instrutora de fotografia no Circuito Cultural de Vitória e desenvolveu um trabalho autoral com fotografias para intervenções urbanas em lambe-lambe.

O Projeto Animação tem o patrocínio da Aliança Energia, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. A realização é do Instituto Marlin Azul e do Ministério da Cultura/Governo Federal. Em 2023, além de Baixo Guandu, a parceria realizou oficinas de cinema de animação nos municípios de São Vicente, Lagoa Nova e Santana de Matos, no Rio Grande do Norte. Em breve, as obras de curta-metragem serão exibidas para as comunidades em sessões gratuitas.

Em mais de duas décadas de atuação, o Projeto Animação realizou mais de 90 animações, participou de mais de 900 festivais e mostras, dentro e fora do país, reunindo mais de 60 premiações. Todas essas animações foram realizadas por estudantes de escolas públicas municipais e finalizadas por alunos, monitores e professores do Ponto de Cultura Animazul do Instituto Marlin Azul. Conheça parte do acervo ao acessar cine.animazul.org.br.

Saiba mais sobre o Projeto Animação? 

No ano de 2001, o Instituto Marlin Azul, com sede em Vitória, no Espírito Santo (ES), percebeu em uma sessão de cinema organizada pela instituição para o público infanto-juvenil o desejo latente de crianças e adolescentes de expressarem suas ideias, emoções, aspirações e talentos através da criação de seus próprios conteúdos audiovisuais. Desde então, oficinas de iniciação na linguagem do cinema de animação movimentaram o universo escolar de estudantes da rede pública de ensino ao propor novos jeitos de aprender, trabalhar em grupo, despertar a criatividade, aguçar a imaginação e desenvolver habilidades pessoais e sociais.

Sobre o Instituto Marlin Azul 

O Instituto Marlin Azul é uma associação sem fins lucrativos criada em 1999 cuja finalidade é promover ações direcionadas à cultura, à arte e à educação, democratizando o acesso à produção e fruição de bens culturais. Em 24 anos de atividade, a instituição vem desenvolvendo diversos projetos sociais, culturais e audiovisuais voltados para diferentes públicos do Espírito Santo e do Brasil. Além do Projeto Animação, a instituição desenvolve ações como o Revelando os Brasis, o Curta Vitória a Minas, o Cine Quilombola, o Cinema de Griô, os Griôs de Goiabeiras e o Memória do Barro. Para conhecer os projetos, acesse institutomarlinazul.org.br.

ALUNOS DA APAE SÃO HOMENAGEADOS

Alunos Apae Homenageados

Os alunos da EMEIEF “Darlene Magioni Franquini” visitaram a Associação de Pais e Amigos Excepcionais de Baixo Guandu/ES. O objetivo da visita foi parabenizar os alunos da APAE de Baixo Guandu  quanto à “Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual”. Na ocasião, os visitantes conheceram os espaços de aprendizagem, socializaram com os alunos e puderam entender que a educação é direito de todos. A direção da EMEIEF  “Darlene Magioni Franquini” enfatizou o brilhante trabalhou que a diretora Reny Morozesky junto com sua equipe tem realizado na referida instituição.

Fonte: Secretaria Municipal de Educação.

SEMINÁRIO DO CICLO DE GESTÃO DO PAES

DIRETORES ESCOLARES MUNICIPAIS

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu), por meio da Subsecretaria de Educação de Articulação Educacional (Seae) e da Subsecretaria de Planejamento e Avaliação (Sepla), promoveu, no dia 30 de agosto, o Seminário do Ciclo de Gestão: Diretores Escolares das Redes Municipais no formato híbrido. Nesse evento, participaram todos os diretores escolares das escolas municipais da sede que ofertam o Ensino Fundamental Anos Iniciais de Baixo Guandu. A ação integrou o eixo de Apoio à Gestão Municipal do Programa do Regime de Colaboração, em busca do aperfeiçoamento das ações que compõem o Ciclo de Gestão do Paes, metodologia voltada para a garantida da alfabetização na idade certa.

Esse evento teve por objetivo principal realizar um momento formativo sobre o Ciclo de Gestão do PAES para os diretores escolares que lideram as escolas que utilizam esta metodologia de gestão educacional orientada para resultados de aprendizagem e equidade.

O momento formativo faz parte da sequência de três seminários a respeito do Ciclo de Gestão e para este encontro o público-alvo serão os diretores escolares, sendo facultativa a presença dos Secretários Municipais de Educação. 

Os diretores municipais que participaram desse evento fizeram uma avaliação muito positiva, afirmando que esse momento formativo contribuiu de maneira singular para que os estudantes guanduenses atinjam a proficiência tão esperada e as metas municipais possam alavancar.

Evento ocorrido em 30/08/2023

Feirão das Eletivas Oferece uma Diversidade de Opções para os Alunos da Escola de Tempo Integral Governador Lacerda de Aguiar

Quarta-feira 20/09 foi um dia de grande agitação e aprendizado na EMEFTI Governador Lacerda de Aguiar, onde os alunos participaram com entusiasmo do tão aguardado Feirão das Eletivas. O evento, que já se tornou uma tradição na escola, proporcionou aos estudantes a oportunidade de explorar diferentes áreas do conhecimento e descobrir novos interesses.

O Feirão das Eletivas é uma iniciativa educacional que permite que os alunos escolham e participem de mini-cursos e atividades extracurriculares oferecidos pela escola. Este trimestre, a variedade de opções foi impressionante, abrangendo desde artes até esportes, e incluindo:

Do passado ao presente: brincadeiras de geração a geração: Uma oportunidade para os estudantes explorarem jogos e brincadeiras tradicionais que foram transmitidos ao longo das gerações.

Jornal: Fala aí, Lacerda!: Um curso que ensinará os alunos a arte do jornalismo, desde a escrita de reportagens até a produção de um jornal escolar.

Bingo Divertido: Uma atividade lúdica que envolverá os alunos em jogos de bingo, promovendo o pensamento estratégico e a diversão.

Teatro de Fantoches: Uma oportunidade para os estudantes explorarem a arte do teatro de fantoches, estimulando a criatividade e a expressão.

Magia das Cores: Uma oficina de pintura que permitirá aos alunos explorar sua criatividade por meio das artes visuais.

Futebol 7: Uma experiência esportiva que proporcionará aos alunos a oportunidade de aprimorar suas habilidades no futebol.

Horta Viva: Um projeto de jardinagem que ensinará aos alunos sobre o cultivo de plantas e a importância da agricultura sustentável.

Os corredores da escola estavam repletos de estandes criativos e professores entusiasmados que compartilhavam seus conhecimentos e paixões com os estudantes. Os alunos podiam se inscrever nas eletivas para participar de atividades práticas e descobrir novas paixões.

A diretora da escola, Sra Nedi Zocca, expressou sua satisfação com a participação ativa dos alunos no evento. Ela enfatizou a importância do Feirão das Eletivas em inspirar os estudantes a explorar seus interesses individuais e desenvolver habilidades fora da sala de aula tradicional.

Além de enriquecer o aprendizado dos alunos, o Feirão das Eletivas também promoveu a interação entre os estudantes de diferentes séries, criando um ambiente de colaboração e aprendizado entre pares.

O evento foi um grande sucesso e deixou os alunos animados com as possibilidades de aprendizado que a escola oferece. À medida que o Feirão das Eletivas chegou ao fim, os alunos se despediram dos estandes com sorrisos no rosto e muita inspiração para seguir seus interesses acadêmicos e pessoais.

O Feirão das Eletivas na Escola Municipal Governador Lacerda de Aguiar continua a ser um exemplo brilhante de como a educação pode ser envolvente, diversificada e estimulante, proporcionando aos alunos uma base sólida para o seu crescimento acadêmico e pessoal.

Fortalecendo os Vínculos: Alunos da Escola Léa Holz na Prefeitura

Na tarde desta quinta-feira, recebemos alguns alunos da Escola Léa Holz, na Prefeitura. Foi uma tarde enriquecedora e bem divertida. As crianças fizeram algumas perguntas ao Prefeito Lastênio Cardoso.

Agradecemos aos alunos da Escola Léa Holz por sua visita. Continuaremos trabalhando juntos para construir uma comunidade mais forte e vibrante para todos os nossos cidadãos. Principalmente na área da educação. Juntos, com nossas crianças, podemos alcançar grandes conquistas!

Prefeito recebe visita de alunos do 9º ano da Escola João Julio Cardoso

Na manhã desta sexta-feira, os alunos do 9º ano da Escola João Julio Cardoso tiveram a oportunidade de visitar a prefeitura de Baixo Guandu e se encontrar com o prefeito Lastênio Cardoso. O objetivo era claro: aprender mais sobre o mandato do prefeito, seus planos para nossa querida cidade e conhecer um pouco mais sobre sua história na vida política.

Ao ouvir as histórias do prefeito sobre sua trajetória política, os alunos foram incentivados a se envolverem mais na cidadania e entenderam a importância de contribuir para o bem-estar de nossa cidade.

Além disso, os alunos aproveitaram a oportunidade para expressar sua gratidão ao prefeito pelas melhorias significativas na Escola João Julio Cardoso e pelas obras em todo o município. Essas ações demonstraram o compromisso do prefeito com a educação e o desenvolvimento de Baixo Guandu.

Alunos da Escola de Tempo Integral – EMEFTI Governador Lacerda de Aguiar em Visita ao Planetário de Vitória.

Os olhares curiosos e brilhantes dos alunos do 4º e 5º ano da EMEFTI Governador Lacerda de Aguiar foram o destaque da manhã de ontem, 13/09, no Planetário de Vitória-ES, na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Em uma emocionante visita educacional, as crianças mergulharam nas maravilhas do cosmos, enquanto se maravilhavam com a vastidão do universo que se desenrolava diante de seus olhos.

A visita técnica apoiada pela Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, através da Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, faz parte do projeto “Nosso Sistema Solar”, desenvolvido na disciplina de Ciências pelas professoras Bruna Trindade Bolsoni, Ingrid de Freitas Rizzi e Darliany Cândido Alves Nunes e se fundamenta na concepção de que o pensamento infantil tem a “essência cientista” que busca constantemente respostas para suas dúvidas e curiosidades. Muito do que sabemos sobre o universo, nosso planeta e outros astros passa pelo conhecimento do senso comum e o conhecimento científico e para compreender melhor sobre o universo é preciso observar, pesquisar e descobrir.

As crianças foram guiadas por especialistas em astronomia e estudantes do curso de Física que cativaram suas mentes com a história do universo e as constelações que pontilham nosso céu noturno. Eles viajaram através do tempo e do espaço, aprendendo sobre a evolução do sistema solar e a importância de preservar nosso planeta Terra. O entusiasmo das crianças era palpável, à medida que faziam perguntas e interagiam com as projeções astronômicas de última geração.

A visita ao Planetário de Vitória não apenas enriqueceu o conhecimento das crianças sobre o cosmos, mas também inspirou uma nova geração de exploradores espaciais e defensores do meio ambiente. Ao deixarem o planetário, os alunos carregavam consigo não apenas lembranças vívidas de estrelas e galáxias distantes, mas também uma compreensão mais profunda da importância de cuidar do nosso próprio planeta enquanto continuam a desbravar os mistérios do universo.

Este dia memorável no Planetário de Vitória serviu como um lembrete do poder da educação para inspirar e capacitar as mentes jovens a sonhar alto e trabalhar juntas em prol de um futuro mais brilhante.