Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Conferência Municipal das Cidades em Baixo Guandu

Para decidir o melhor caminho no desenvolvimento da cidade, Baixo Guandu realizou nos dias 28 e 29 a Conferência Municipal das Cidades com o tema “Quem muda a cidade somos nós: Reforma urbana já”, que tem como objetivo levantar ações de melhoria para o crescimento do município, o que amplia a participação popular na definição de questões urbanas, tratadas em âmbito local. Ações essas que serão levadas para a Conferência Estadual das Cidades e posteriormente para a Conferência Nacional.

A abertura contou com diversos “delegados”, que foram eleitos por suas comunidades para participarem da Conferência. Inicialmente foi realizada uma solenidade de abertura oficial, dia 28 às 19h, e após a solenidade, que contou com a presença e participação do prefeito Neto Barros, vice prefeito Eloy Avelino Júnior, vereadores, secretários municipais, representantes empresariais e Policia Militar do Espírito Santo, foi realizada uma palestra com o urbanista Antônio Chalhub que apresentou o tema “Desafio de se implementar o urbanismo moderno”.

A ideia primordial da Conferência é contar com a participação da sociedade na reflexão e construção de uma cidade melhor e desenvolvida. A Conferência dá oportunidade para que todos os grupos sociais não fiquem alheios às decisões em relação ao município e participem das discussões, do processo democrático.

Para Neto Barros, essas decisões sobre o desenvolvimento da cidade e da região têm de ser tomadas com a participação da comunidade. “Sabemos o quanto é difícil escolher o caminho para o crescimento municipal, mas é muito importante essa mobilização da comunidade em querer participar dessas decisões, pois assim temos um processo democrático que concretiza o espaço de decisão com a participação da população”, disse.

As atividades da Conferência Municipal da Cidade de Baixo Guandu encerraram no dia 29, porém ainda temos a etapa Estadual que será marcada entre os dias 1º de julho e 28 de setembro, na qual os delegados eleitos no município levarão as propostas locais para a Conferência Estadual e nos dias 20 a 24 de novembro de 2013 as discussões sobre o desenvolvimento das cidades serão tomadas em Brasília na Conferência Nacional das Cidades.

“Todo grupo organizado conta com dispositivos de controle que visam à manutenção da estabilidade social e à consecução dos objetivos determinados”

(CASTRO, 2007, p. 47)

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.