Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Estacionamento Rotativo custeia projeto social

Funcionando há duas semanas o estacionamento rotativo (implantado na avenida Carlos de Medeiros e em ruas transversais a essa via) é muito mais que um mero sistema que auxilia motoristas que precisam de uma vaga para estacionar por um curto tempo, seja para realizar compras no comércio ou buscar atendimento no setor de serviços no centro de Baixo Guandu.

“O objetivo principal do estacionamento rotativo é garantir a sustentabilidade do projeto Primeira Oportunidade, que abre uma verdadeira janela de oportunidades para nossos jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Tudo que é arrecadado com a cobrança do estacionamento, um real a cada duas horas, visa custear a manutenção do projeto e o pagamento das bolsas aos guardas mirins”, esclarece o coordenador Aldeny Alves de Brito.

Cada um dos 30 jovens e adolescentes que estão atuando no projeto, os “guardas mirins”, recebem uma bolsa no valor de R$ 440 mensalmente para trabalhar, no período de contraturno escolar, fazendo a orientação aos motoristas e o controle das vagas de estacionamento.  

Ainda segundo informação do coordenador do projeto, toda receita obtida com a cobrança do estacionamento rotativo é utilizada, além do pagamento das bolsas de auxílio, para custear e manter as condições de trabalho dos guardas mirins: uniformes, pranchetas e impressos (cartões de estacionamento, informativos, adesivos). Num primeiro momento estima-se que a arrecadação seja menor do que o valor de custeio, mas à medida que as receitas aumentem a prefeitura poderá utilizar parte desses recursos para promover intervenções e melhorias nas vias urbanas, além da manutenção da sinalização de trânsito e dos semáforos.

ENTENDA MELHOR

Primeira Oportunidade é um projeto social idealizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação para integrar ações e atividades de segurança ao município, no intuito de beneficiar a formação social de adolescentes em situação de vulnerabilidade, ofertando acesso a conhecimentos técnicos e práticos para exercer um ofício ou ocupação.

A Polícia Militar é parceira da PMBG no projeto, sendo acionada para atuar em caso de irregularidades no uso das vagas ou coibir abusos por parte dos motoristas, auxiliando o trabalho dos guardas mirins.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação PMBG
noticia@pmbg.es.gov.br
(27)  3732-8914
(27) 99299-1037

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content