Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Feira Popular de Saúde abre amanhã o Rock In Doce, um grito contra a tragédia da Samarco

Baixo Guandu vai viver nesta sexta-feira e sábado (15 e 16 /11) a 4ª edição do Rock In Doce, um encontro com muita música para lembrar o desastre ambiental da Samarco, ocorrido em 2015 e que continua trazendo repercussões negativas à população do município e da região.
 
O Rock In Doce vai se iniciar de modo diferente este ano: amanhã entre as 8 e 16 horas, acontece na Praça do Jardim, a 1ª Feira Popular de Saúde dos Atingidos pelo Rio Doce, organizada pelo MAB – Movimento dos Atingidos por Barragens -, com apoio da Prefeitura através da Secretaria Municipal de Saúde.
 
“O Rock In Doce é um grito para que ninguém esqueça do crime ambiental patrocinado por estas empresas mineradoras, que priorizam o lucro em detrimento ao bem estar da população”, disse ontem o prefeito de Baixo Guandu Neto Barros, que participa do Comitê Interfederativo (CIF) representando o Estado,  atuando na fiscalização junto à Fundação Renova das reparações consequentes da tragédia ambiental de 2015.
 
A Feira Popular de Saúde organizada pelo MAB e que se realiza hoje entre 8 e 16 horas, terá uma série de atividades, como massagem, reiki, yoga, feira de plantas medicinais, medição de pressão e glicose, atendimento nutricional, dança, distribuição de mudas de plantas medicinais e banca de alimentos agroecológicos, além de um debate com o tema “Os Direitos à Saúde dos Atingidos”.
 
Entre os convidados do debate, além do prefeito Neto Barros representando o CIF, estão o secretário estadual de Saúde Nésio Fernandes e a professora da Universidade Federal de Ouro Preto Dulce Pereira, além de  representantes de secretarias municipais de saúde de cidades da região como Colatina, Linhares, São Mateus e Conceição da Barra. Presença também de representantes de vários comitês municipais do Movimento dos Atingidos por Barragens.

A Feira acontece durante o dia, mas à noite o que vai rolar na Praça do Jardim, a partir das 20 horas, é muito rock, com entrada franca. Confira no cartaz abaixo a programação do Rock In Doce, que promete atrair um grande público a Baixo Guandu no “feriadão” que começa amanhã.


 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content