Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Palestra e ações no município alertam para os riscos da hipertensão arterial

A Secretaria Municipal de Saúde desenvolveu em Baixo Guandu, durante o mês de abril, um trabalho voltado para a prevenção da hipertensão arterial, um problema de saúde considerado preocupante que pode trazer consequências graves se não tiver o tratamento adequado.
 
Toda a campanha realizada culminou com uma palestra realizada na semana passada no NESF, proferida pelo médico cardiologista Diogo Versiex Milagres, que alertou para a necessidade da prevenção à hipertensão (ou pressão alta) e dos cuidados que devem ser tomados com relação a doença.
 
Durante o mês de abril, as 11 equipes da Estratégia de Saúde da Família (ESF) realizaram um trabalho de conscientização em todo o município, com aferição da pressão arterial e realização de exames de glicemia.
 
Segundo a coordenadora da Atenção Primária da Secretaria de Saúde, enfermeira Renata Ferreira Santos, a hipertensão arterial é uma doença silenciosa, que muitas vezes não apresenta sintomas e acaba por isso dificultando o diagnóstico por parte do médico.
 
“Fizemos um trabalho em todo o município,  através das equipes da ESF e também  no centro da cidade, onde foi montada uma estrutura para aferição de pressão e testes de glicemia. A prevenção ainda é uma arma de grande importância no combate à hipertensão, através da conscientização das pessoas com relação à doença”, disse a enfermeira Renata.
 
A secretária municipal de Saude, Lucinéia Seibel Storch,  esteve na palestra proferida pelo médico Diogo Milagres e também alertou sobre a necessidade da população ter um conhecimento maior sobre as consequências da hipertensão arterial. 
 
Segundo Lucinéia, as equipes do ESF realizaram um excelente trabalho na sede e interior de Baixo Guandu, durante o mês de abril, exatamente procurando identificar as pessoas que sofrem de hipertensão, com orientações sobre prevenção e tratamento.
 
O médico cardiologista Diogo Milagres  explicou na palestra as consequências para o organismo humano  da pressão alta, destacando entre elas a possibilidade de problemas ao coração, circulação e do acidente vascular celebral – o AVC, ou derrame como é mais conhecido.
 
O palestrante alertou para a necessidade da prevenção, como o controle de peso,  a alimentação correta e o baixo consumo de sal. Depois da doença instalada, conforme o palestrante dr. Diogo, o controle é feito através de medicamentos, mas acentuou que a prevenção com um estilo de vida saudável ainda é uma arma poderosa para evitar as consequências da hipertensão.

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.