Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Prefeitura de Baixo Guandu antecipa ações de prevenção em caso de chuvas no fim de ano

Os últimos meses do ano devem marcar o início da temporada de chuvas no Espírito Santo, segundo informações do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Por isso, a Prefeitura de Baixo Guandu, por meio das Secretarias Municipais de Agricultura e Serviços Urbanos e o Departamento da Defesa Civil, já começou os trabalhos para um eventual final de ano com chuvas no município. A antecipação das ações é válida, haja vista o estrago causado pelas fortes chuvas do ano passado. Segundo a Administração Municipal, foram contabilizados prejuízos de aproximadamente R$ 85 milhões na infraestrutura da cidade. E ainda foram registradas três mortes e duas pessoas desaparecidas.

Durante todo o ano equipes do Governo Municipal realizaram limpezas de bueiro, galerias e valões. A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos ainda elaborou projeto e protocolou junto a Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb) solicitando um convênio para contratação de mais 1660 horas para limpeza de canais, bueiros, desobstrução de calhas, galerias elevatórias de esgoto sanitário, drenagem de córregos e reconstrução de diversos pontos danificados em decorrência das chuvas de dezembro do ano passado.

Já a Secretaria Municipal de Agricultura alargou parte da estrada que liga Baixo Guandu a Ibituba. Em alguns pontos fez contenção para evitar o isolamento que aconteceu em 2013. Pra relembrar, após as chuvas do ano passado os distritos em Baixo Guandu ficaram isolados e o único meio de transporte para chegar às localidades era de helicóptero.

Defesa Civil

A Defesa Civil Municipal também está trabalhando para garantir mais segurança aos moradores, caso o final de ano seja chuvoso. “Solicitamos um convênio junto a Sedurb para contenção de talude, que são barrancos, no distrito de Alto Mutum onde vivem 442 moradores”, explicou Valderio Sotele Walger, coordenador da Defesa Civil em Baixo Guandu.

A Defesa Civil local ainda fez um mapeamento de parte do município em conjunto com o CPRM (Serviço de Geologia do Brasil), para identificar diversas áreas de risco.

Diariamente a equipe faz um trabalho de conscientização junto aos moradores que vivem em áreas de risco. Uma equipe da Defesa Civil está comunicando a essas famílias, principalmente dos distritos do município, para que deixem as casas em caso de fortes chuvas.

Reconstrução

Em apoio ao município, o Governo Federal aprovou o plano de trabalho elaborado pela Defesa Civil de Baixo Guandu, em relação aos estragos causados pela chuva no final do ano passado. Com isso, serão destinados R$ 2,8 milhões para construção de pontes e bueiros no município. Vale ressaltar que o plano de trabalho solicitado era de mais de R$ 9 milhões. A prefeitura de Baixo Guandu ainda aguarda o repasse da verba.

 

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação PMBG
Eduardo Candeias
Fabiano Damasceno
(27) 3732-8914
Texto: Fabiano Damasceno

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content