Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Público pede na audiência do orçamento, na sede, manutenção da política de desenvolvimento

Através da Secretaria Municipal de Planejamento, a Prefeitura realizou ontem à noite (02/07), no Canaã Social Clube, a 6ª audiência pública do orçamento municipal de Baixo Guandu para 2020.
 
Mais de 100 pessoas participaram da audiência e o principal pedido feito à atual gestão municipal foi a manutenção da política de desenvolvimento em Baixo Guandu, com atração de novas empresas e apoio àquelas que estão em atividade.
 
Foi exatamente esta busca do desenvolvimento, desde 2013, que permitiu importantes avanços econômicos para Baixo Guandu nos últimos 7 anos. Os indicadores oficiais mostram dados muito positivos, com aumento no número de empresas individuais (aumento de 260%), de micro e pequenas empresas (75% de aumento) e elevação nos índices do ICMs destinados ao município.

O faturamento das empresas de Baixo Guandu desde 2013 também teve um aumento altamente positivo nos últimos 7 anos, passando de R$ 282 milhões em 2012 para R$ 436 milhões em 2018.
 
O público presente na audiência pública do orçamento de 2020 pediu ainda à gestão municipal,   reforma e ampliação de creches;reforma de unidades de saúde; projeto de atendimento às  mulheres em situação de vítimas da violência e manutenção da pavimentação e drenagem de ruas.
 
Desde 2013, o prefeito Neto Barros instituiu as audiências públicas em Baixo Guandu, na sede e nos distritos,promovendo desta forma uma maior participação da população na elaboração do orçamento municipal. O orçamento é feito tendo também  como base as reivindicações de cada comunidade.
 
Neste ano, foram realizadas audiências em Ibituba (04/06), Km 14 (05/06), Vila Nova do Bananal (11/06), Alto Mutum (13/06),  Mascarenhas (18/06) e o ciclo se encerrou ontem (02/07) com a audiência na sede.
 
Por determinação do prefeito Neto Barros, os secretários municipais também participaram das audiências públicas do orçamento de 2020, prestando contas ao público das atuações das suas respectivas pastas.
 
Terminadas as audiências, o orçamento de 2020 é finalizado pela Secretaria de Planejamento e enviado para apreciação e aprovação da Câmara Municipal de Baixo Guandu. Vários vereadores também participaram das audiências públicas realizadas no interior e na sede.
 
Um ponto comum das audiências que discutiram o orçamento de 2020, foi a excelente participação das comunidades envolvidas, sempre opinando e sugerindo obras e serviços  no planejamento da administração municipal para o próximo ano.

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.