Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

SAAE alerta para a necessidade de manter pagamentos das contas de água

Em maio deste ano, as famílias guanduenses que consomem até 10 mil litros de água (10 mil m³) por mês foram isentas do pagamento da tarifa de água e esgoto por meio de lei municipal, tendo em vista a pandemia da COVID-19 e sua repercussão negativa na economia do município.

A isenção de tarifa, que vale para os meses de maio, junho e julho de 2020, tem como objetivo aliviar o orçamento das famílias de menor poder aquisitivo, já que muitos de seus membros perderam o emprego ou mesmo ocupação no mercado informal.

No entanto, para as outras faixas de consumo (acima dos 10 mil m³) a tarifa de água e esgoto continua sendo cobrada normalmente. O pagamento pode ser realizado nas casas lotéricas e no SICOOB, ou pelo celular, por meio de aplicativo deste banco.

Inadimplência

As famílias isentas do pagamento da tarifa de água e esgoto não terão nenhum ônus, no futuro, relativo à isenção prevista na Lei Municipal nº 3040/2020, que autorizou o SAAE a não cobrar faturas com consumo de até 10 mil m³. As demais precisam ter suas contas em dia, sob o risco de terem o abastecimento de água interrompido.

“Fora do critério da lei que isentou o pagamento da tarifa de água e esgoto para aquelas famílias que consomem até dez mil litros por mês, todas as outras precisam ficar atentas ao pagamento da conta, porque, acumulando débitos, mais adiante terão dificuldades em quitar suas obrigações com o SAAE”, explica Luciano Magalhães, diretor da autarquia.

Corte no abastecimento

Para ajudar no combate à pandemia do COVID-19, o governo municipal adotou várias medidas protetivas que vêm beneficiando a parcela mais frágil da população, dentre elas a distribuição de cestas básicas, com a inédita inclusão de kit higiene, e a decretação da isenção da tarifa.

Por outro lado, o SAAE também estabeleceu algumas ações de prevenção ao coronavírus, como a instalação de lavatórios em locais públicos, iniciativa pioneira entre as empresas de abastecimento de água do Estado. Outra medida tomada pelo Gabinete de Crise da autarquia foi a suspensão do corte no fornecimento de água, por inadimplência, para todos os consumidores.

“Tomamos essa iniciativa com o objetivo de reforçar as demais ações nessa crise que o município vem passando por conta da pandemia, mas é preciso lembrar que o SAAE não tem outra fonte de receita que não aquela vinda do pagamento das tarifas de água e esgoto. Estamos com um índice de inadimplência bastante alto, bem acima da média histórica, mas, mesmo sabendo que o momento é difícil, delicado, fazemos um apelo àqueles consumidores que têm condições de pagar sua conta, que não deixem de fazê-lo”, pediu Luciano.

O SAAE disponibiliza vários meios de contato para a população, entre eles, os telefones (27) 3732-1117 e (27) 9 9261-8935 (Whatzapp), Instagram (saaebgu) e Facebook (SAAE de Baixo Guandu).

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content