Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Somos todos rio Doce

Show beneficente vai ajudar família de pescadores de Baixo Guandu

Baixo Guandu mais uma vez sai na frente e organiza o primeiro evento artístico do Estado voltado para a ajuda das vítimas da destruição do rio Doce pela lama vazada do reservatório da Samarco Mineradora em Mariana (MG) no dia 05 de novembro passado.

“Tributo ao Rio Doce” é o nome do show que será realizado no próximo sábado (12), na Praça São Pedro, a partir das 18 horas, no Centro da cidade.

A entrada é franca, mas a Prefeitura de Baixo Guandu, organizadora do evento, pede que cada um leve ao menos 01 quilo de alimento não perecível, para ajudar as famílias de pescadores do município.

Os artistas convidados, Zé Geraldo, Efrahim Maia, Eder de Oliveira, Bruno Caliman e Jameika Mansur se solidarizaram com a iniciativa e não cobraram cachê para participar do show. A abertura será feita pela banda de garagem “Infinito Invertido”.

Um dos artistas convidados, Zé Geraldo, mineiro da Zona da Mata, criado em Governador Valadares (MG), é autor da música “Rio Doce”, que traduz as belezas e encantos que até bem pouco tempo ainda era possível contemplar no maior rio do Sudeste.

Várias autoridades dos municípios afetados pela tragédia e dos dois estados banhados pelo rio Doce foram convidadas a participar do evento, que contará com um ato político em defesa do rio Doce.

“Não podemos nos omitir diante dessa tragédia gigantesca contra pessoas e a natureza. As consequências trágicas estão só no começo; por isso, temos de nos mobilizar até que as ações para reverter todo esse estrago no rio Doce sejam efetivamente postas em prática”, avisou o prefeito Neto Barros.

Informações à Imprensa                                    
Assessoria de Comunicação PMBG
noticia@pmbg.es.gov.br

(27) 3732-8914

 

 

 

 

 

 

 

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.