Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Baixo Guandu recebe R$ 3,7 milhões de investimento, para construção de cisternas

Baixo Guandu será o primeiro município contemplado no Projeto Cisternas do Espírito Santo. Ontem (21), em solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória, o prefeito Neto Barros assinou o projeto oficializando, assim, o início para construção das cisternas. No total serão construídas mais de 10 mil cisternas em regiões com clima semiárido no Espírito Santo com um custo total de aproximadamente R$ 27 milhões. Em Baixo Guandu serão construídas 1460 a um custo de R$ 3,7 milhões. A cidade será a primeira a ser beneficiada, contemplando famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social e com dificuldade de acesso à água.

O Projeto Cisternas do Espírito Santo faz parte do Programa Incluir de combate à extrema pobreza. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Governo Federal, firmou um convênio com o Governo do Espírito Santo por meio da Aderes (Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo), para construção das cisternas. O objetivo é minimizar os danos sociais causados em regiões onde chove pouco durante o ano.

O primeiro passo para a construção da cisterna será escolher a localização no terreno da família beneficiada, logo depois será feita a marcação e escavação da cisterna, passando pela confecção da laje do fundo até chegar a fase de colocação do sistema de captação e manejo da água. A cisterna, que armazena água da chuva através de calhas, poderá armazenar até 16 mil litros suprindo a necessidade de uma família de seis pessoas durante o período de estiagem.

A aquisição dos materiais para a construção das cisternas será realizada no comércio local do município beneficiado, com o objetivo de gerar receita para o município e fomentar a economia local.

O projeto ainda prevê a capacitação de pedreiros e ajudantes que vão trabalhar na construção das cisternas. Esses profissionais serão escolhidos da própria comunidade e receberão um kit pedreiro com ferramentas básicas, tendo a oportunidade de continuar atuando na área de construção civil. Cerca de 80 pessoas em Baixo Guandu vão ser capacitadas nesse projeto para atuar no mercado de trabalho como pedreiro e ajudante.

 

Matéria publicada pelo site do Governo do Espírito Santo

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Fabiano Damasceno

noticia@pmbg.es.gov.br

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content