Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Chuvas: Defesa Civil e Creas de plantão

O período com maior probabilidade de chuvas fortes e outros desastres naturais vai do fim do ano até o término do verão, em março. O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) emitiu um boletim de ocorrência de fortes chuvas durante esta semana.

Para os próximos dias, pelo menos até o domingo, 22 de dezembro de 2013, a continuidade das chuvas, que devem ser localmente fortes em alguns momentos, pode resultar em acumulados significativos, podendo ultrapassar os 100 mm neste período em todo o Estado.

Defesa Civil

Em caso de situação de perigo iminente, recomenda-se entrar em contato com a Defesa Civil, para que tomem as medidas adequadas, visando minimizar os impactos causados por essas condições meteorológicas adversas. Em Baixo Guandu, entre em contato por meio do: 027 3732-1138 / 3732-8900

Creas

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação de Baixo Guandu também estará de plantão neste fim de semana.  A ação foi uma solicitação da secretária da pasta, Zilma Zandomenico Barros, definida no inicio desta semana.  O telefone para contato é: (27) 3732-1823

Veja, abaixo, como agir antes, durante e depois de cada situação de perigo:

Chuvas

Antes: Não jogue lixo ou entulho em córregos e canais, para não obstruir a passagem da água; Não construa próximo a córregos que possam inundar; Não construa em cima de barrancos que possam deslizar, carregando sua casa; Não construa embaixo de barrancos que possam deslizar, soterrando sua casa.

Durante: Se o nível de água estiver subindo, vá com sua família para um lugar seguro; Não deixe crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose.

Depois: Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito; Cuidado com a água que for beber: veja se não foi contaminada pela inundação, o que traz sérios riscos à saúde; Cuidado também com os alimentos: os atingidos pela água estão contaminados; Em caso de febre, vômitos, diarreias, dores de cabeça ou no corpo, se tiver qualquer outro sintoma de doenças ou alguma dúvida sobre os procedimentos seguros, procure imediatamente a unidade de Saúde mais próxima.

Enchentes

Antes: Informe-se sobre abrigo em locais altos e secos; Coloque em lugares altos seus móveis e utensílios; Retire os animais de estimação de casa; Desligue aparelhos elétricos; Feche bem as portas e janelas.

Durante: Primeiramente, salve sua vida e proteja a das pessoas próximas a você. Se precisar retirar algo de casa, peça ajuda ao Corpo de Bombeiros e à Defesa Civil; Proteja-se com calçados e botas. Evite acidentes. Evite contato com águas da enchente, pois estão contaminadas e podem provocar doenças e acidentes.

Depois: Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com águas da enchente; Não use água de fontes naturais e poços depois da enchente, pois estão contaminadas. Informe-se na unidade de Saúde mais próxima.

Raios

Durante: Durante as tempestades saia somente se for necessário; Não retire nem coloque roupa em varais de arame durante a tempestade; Mantenha-se afastado e não trabalhe em cercas, alambrados, linhas telefônicas ou elétricas e estruturas metálicas; Não opere tratores ou máquinas, especialmente para rebocar equipamentos metálicos; Se estiver viajando, permaneça no automóvel; Busque refúgio no interior de edifícios; Não permaneça dentro d’água durante tempestades; Permaneça longe de portas e janelas; Não utilize aparelhos eletrodomésticos, mantenha-os desligados e desconecte a antena externa do televisor; Use o telefone fixo somente em uma emergência; Certifique-se que a tempestade passou completamente antes de prosseguir seu caminho.

Vendavais

Antes: Como a maioria das residências de família de baixa renda não oferece segurança, a Defesa Civil poderá orientar como reforçar os telhados; É necessário cortar árvores ou deslocar postes de luz que possam cair sobre casas; Verificar a estrutura da casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado; Desligar os aparelhos elétricos e o gás; Abaixar para o piso todos os objetos que possam cair.

Depois: Ajude na limpeza e recuperação da área onde se encontra, começando pela desobstrução das ruas e outras vias; Ajude seus vizinhos que foram atingidos; Evite o contato com cabos ou redes elétricas caídas. Avise à Defesa Civil ou aos Bombeiros sobre estes perigos; Procure não utilizar serviços hospitalares e de comunicações, a não ser que necessite realmente. Deixe estes serviços para os casos de emergência.

Fonte: Defesa Civil ES

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação PMBG
Eduardo Candeias
Fabiano Damasceno
noticia@pmbg.es.gov.br
(27) 3732-8914
Texto: Eduardo Candeias

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.