Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Epidemiologista guanduense participa de live e condena o uso da cloroquina contra a COVID-19

A epidemiologista guanduense Ethel Maciel participou ontem (24/05) de uma live com o prefeito Neto Barros e a secretária de Saúde Terezinha Bolzani, esclarecendo uma série de dúvidas com relação à COVID-19, uma pandemia mundial que já matou mais de 22 mil pessoas no Brasil.

Na live, entre os vários aspectos sobre a pandemia abordados pela dra. Ethel Maciel, ela condenou o uso de cloroquina ou hidroxicloroquina nos pacientes, citando inclusive um estudo publicado na última sexta-feira, 22, na renomada revista científica "The Lancet".
 
Este estudo, feito com 96 mil pacientes de vários países, mostrou que a cloroquina não teve eficiência contra a COVID-19, aliás, pelo contrário, aumentou o risco de morte e de arritmia cardíaca nos pacientes acometidos pela doença.
 
Para a epidemiologista guanduense, todos os estudos mais aprofundados mostram a ineficiência da cloroquina no tratamento da COVID-19. A mesma posição é adotada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e pela Sociedade Brasileira de Epidemiologia.
 
Na live a epidemiologista Ethel Maciel deixou claro que vivemos uma pandemia gravíssima, capaz de desorganizar completamente o sistema de saúde e que, no momento, é importantíssimo o isolamento social como forma de conter a disseminação do vírus. 
 
Para a epidemiologista, o vírus é extremamente agressivo e infecta com facilidade as pessoas, e não existe vacina ou tratamento específico para combater a doença. Por isso, segundo a dra. Ethel Maciel, é importante evitar a contaminação maciça das pessoas com o isolamento social, permitindo que os pacientes graves sejam atendidos pelo sistema de saúde. O risco, segundo ela, é o sistema de saúde entrar em colapso e não ter como absorver a quantidade de pacientes que necessitam de uma  UTI – o que já está ocorrendo em alguns estados do Brasil.
 
Dra Ethel Maciel nasceu em Baixo Guandu, filha do Geraldo Maciel da Farmácia Circulista e de dona Leonor, que era cabeleireira na cidade. Hoje é professora da UFES (onde já foi vice-reitora) e possui um currículo invejável, com pós doutorado em sua área de atuação.
 
Também na live realizada ontem, o prefeito Neto Barros recebeu o presidente da Câmara Municipal, vereador Wilton Minarini, que destinou R$ 60 mil dos recursos economizados pelo Legislativo para serem utilizados no combate à COVID-19 em Baixo Guandu.
 
O prefeito Neto Barros elogiou a Câmara Municipal, que tem sido parceira no combate à pandemia, aprovando uma série de medidas de cunho social, econômico e na área de saúde para enfrentamento da doença.
 
Para acessar o estudo científico sobre a cloroquina, clique aqui

Para ter acesso à ao vídeo da live onde a dra Ethel Maciel condena o uso da cloroquina, clique aqui


O presidente da Câmara Wilton Minarini entregou R$ 60 mil para a Prefeitura empregar no combate à pandemia

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content