Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Festa da cidade e evento esportivo movimentam a economia de Baixo Guandu

O Campeonato Mundial de Parapente, que acontece pela segunda vez em Baixo Guandu, vem se consolidando como a maior e melhor referência da cidade para o Brasil e o mundo. Ao contrário do que muitos imaginam, não é a excelente qualidade da Rampa do Monjolo o único fator determinante para que o município venha sendo escolhido para sediar a competição internacional. Fatores como a simpatia e a educação dos guanduenses também têm peso importante na escolha.

“Um dos diferenciais que fizeram com que o Comitê do Circuito Mundial e os pilotos escolhessem Baixo Guandu é a receptividade dos moradores, que se esforçam para mostrar simpatia e o lado bom do município”, contou o diretor da etapa, o piloto brasileiro Frank Brown.

Outro ponto importante destacado por Brown tem a ver com os projetos da PMBG, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, para o setor turístico. “O Cama & Café é outro diferencial oferecido por Baixo Guandu que deixa os turistas bem próximos da população, criando uma empatia entre os visitantes e os moradores”, avaliou o piloto.

Outro que não poupou elogios à cidade foi o integrante da comissão de segurança dos pilotos, o inglês Christian Trhow. “É uma cidade muito receptiva, bem viva e animada, com uma vida noturna bastante interessante”, disse.  

RAMPA DO MONJOLO

Além de receber o segundo Campeonato Mundial de Parapente, Baixo Guandu já foi palco também de algumas competições nacionais desse esporte. E a Rampa do Monjolo, de onde os pilotos decolam, a cada dia vem ganhando melhorias com o trabalho feito pela Prefeitura em parceira com a Associação de Voo Livre do Espírito Santo (AVLES).

“Hoje, a Rampa do Monjolo já é uma das melhores do mundo; está consolidada como um bom ponto junto aos pilotos, e isso é um dos principais fatores de escolha”, revelou Frank Brown.  

MOVIMENTANDO A ECONOMIA

Com a comemoração do aniversário da cidade, onde o calendário de apresentações artísticas, culturais e esportivas dura, no mínimo, uma semana, o fluxo de turistas para Baixo Guandu aumenta significativamente, principalmente em função do Campeonato Mundial de Parapente, que atraí pessoas de todos os cantos do mundo.

E o reflexo na economia do município não poderia ser outro, senão o incremento das atividades do comércio e serviços. “Para nós, taxistas, além de ser um motivo de orgulho saber que a nossa cidade está sendo frequentada por turistas estrangeiros, é a oportunidade de faturarmos mais com as corridas, como acontece nessa época”, disse Ronaldo Soares.

Outro segmento sensível ao movimento turístico na cidade é o de hotel e restaurante. Baixo Guandu tem poucos, mas, bons hotéis. O maior deles está se preparando para praticamente triplicar a atual capacidade de hospedagem de 43 para 113 quartos. Seus proprietários, o casal Anselmo e Rose Barbosa, há quatorze anos mantêm o empreendimento que agora será ampliado.

“Nós somos nascidos e criados em Baixo Guandu, e sempre acreditamos na cidade e nesse projeto do hotel e do restaurante; e continuamos acreditando agora, fazendo essa ampliação”, disse Anselmo.

Anselmo e Rose estão para lá de satisfeitos com o evento do Campeonato Mundial de Parapente na cidade, o que, segundo eles, aumentou em 80% o número de hóspedes no hotel. “Está sendo bom demais, positivo demais… Estamos com nossa capacidade praticamente esgotada durante o evento”, revelou Rose.

Os guanduenses estão felizes e orgulhosos em poder recepcionar turistas de dentro e de fora do País porque sabem que o nome do município está sendo divulgado positivamente em lugares os mais distantes. “É muito bom saber que a nossa cidade está cada vez mais conhecida mundo afora por causa dos turistas que aqui vêm e são bem tratados; isso é bom para a imagem da cidade e para a nossa economia também”, disse a auxiliar de Serviços Gerais, Luciene Wendler, moradora do bairro Ricardo Holz.

  

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação PMBG
noticia@pmbg.es.gov.br
(27) 3732-8914

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.