Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Nova estrutura para melhorar estradas terá investimento de R$ 2 milhões em 2019

A Prefeitura Municipal criou uma nova estrutura de atendimento às estradas do interior de Baixo Guandu, que já está em funcionamento desde o mês de janeiro e pretende investir aproximadamente R$ 2 milhões no setor até o final de 2019.
 
Esta nova estrutura está sendo gerenciada pela Secretaria de Infraestrutura Rural e prevê um cronograma de atendimento mês a mês nos 800 quilômetros de estradas que são mantidas pela Prefeitura em todo o município.
 
No começo de janeiro o secretário Allony Torres apresentou ao prefeito Neto Barros a  reestruturação no atendimento às estradas, que incluiu não só um cronograma de trabalho, mas também a locação de máquinas para reforçar o atendimento em todo o interior.
 
“Dentro de aproximadamente 60 dias já teremos uma forte mudança no estado das estradas do interior, visando nesta etapa inicial a melhoria das vias tendo em vista o início das aulas nas escolas e a colheita do café”, explicou o secretário Allony Torres. 
 
A Prefeitura mantém, inclusive, as chamadas vias principais, que ligam a sede de Baixo Guandu a todos os distritos, cuja manutenção seria de responsabilidade do Estado. O DER-ES tem auxiliado com máquinas apenas esporadicamente na região do Mutum, porém nas outras estradas a toda a manutenção é feita pela Prefeitura.
 
O secretário Allony Torres priorizou a região do distrito de Vila Nova do Bananal, onde a estrada principal e as vicinais encontram-se em excelente estado, seguindo agora para o distrito de Ibituba.

Para a região Norte do rio Doce, a estrada principal que liga a sede aos distritos do KM 14 e Alto Mutum também foram atendidas nos meses de janeiro e fevereiro, porém as vicinais começarão a receber manutenção nos próximos dias, caso da região do Mutum Claro e Barro Branco, o mesmo acontecendo com a área do Queixada e do Laje.
 
Lembrando que são 800 quilômetros de vias interioranas que recebem manutenção da Secretaria de Infraestrutura Rural, o secretário Allony Torres acredita que em 60 dias a mudança será intensa para garantir o tráfego de veículos e o escoamento da produção sem maiores problemas.
 
Com toda a estrutura que envolve este trabalho – locação de máquinas, combustíveis, serviços de manutenção em oficinas, pessoal, transporte, entre outros -, devem ser investidos R$ 2 milhões durante o ano de 2019 nas estradas do interior de Baixo Guandu.
 
Uma das novidades do trabalho, prevista para março/abril, será a aplicação do Revsol no primeiro trecho em estradas guanduenses e o local escolhido foi a serra do córrego Palmital, na região do Laje.

O Revsol é um produto obtido através da fabricação do aço que, misturado com argila e água, é aplicado nas vias garantindo uma grande durabilidade e capaz de permitir o tráfego de veículos mesmo no período chuvoso. A ArcellorMittal doou à Prefeitura 3 mil toneladas do produto, no ano passado, material que está estocado e será utilizado agora na serra do Palmital, devendo ser ampliado seu uso para outros pontos estratégicos do município.
 
Segundo o secretário Allony, o prefeito Neto Barros listou entre as prioridades de 2019 uma atenção especial às estradas do município. “Fizemos uma nova estruturação de atendimento e os resultados serão excelentes”, garantiu o secretário.

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content