Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Baixo Guandu Recebe Ação Nacional de Enfrentamento à Violência contra a Mulher.

O Município de Baixo Guandu, recebeu a Ação Itinerante de Enfrentamento à violência contra a mulher, realizado pela Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), através Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), nesta quinta-feira, 23 de março. As ações fazem parte da Operação Nacional Átria, que realiza ações itinerantes por todo o Brasil, durante o mês de março, que está sendo comandada pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

No Espírito Santo, tem a coordenação operacional da delegada titular da Divisão Especializada de Atendimento à Mulher (DIV-DEAM), Cláudia Dematté. O objetivo da ação é trabalhar na prevenção da Violência Contra a Mulher; tirar dúvidas sobre a Lei, sobre os tipos de Violência Contra a Mulher; trabalhar na desconstrução da cultura machista ainda existente na sociedade; bem como aproximar a Polícia da população, numa ação de Polícia Comunitária e Cidadã.

A concentração da Ação aconteceu na Praça São Pedro, no Centro, de onde as equipes saíram a campo, visitando escolas e população em geral, circulando pelas ruas centrais de Baixo Guandu. Participaram da ação a Delegada Titular da Delegacia da Mulher de Colatina Jaciely Favoretti Souza, a Gerente de Proteção à Mulher da SESP – Delegada Michelle Meira Costa, a Delegada Titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Linhares Silvana Paula Soeiro de Castro Perini, o Coordenador Estadual da Lei Maria da Penha Major PM Coutinho, o Delegado titular da Polícia Civil de Baixo Guandu Adriano Scárdua, a Secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação Fernanda Mota Gonçallo e a Secretária de Educação Kelly Cristina Damasceno Gama.

O Prefeito Lastênio Cardoso também esteve presente na ação e destacou a importância de conscientizar os jovens sobre seu papel enquanto cidadãos e futuros responsáveis por suas famílias no futuro. “De todas as ações que estão sendo realizadas hoje aqui em Baixo Guandu, para mim a mais importante é a educação dos jovens sobre seu papel enquanto futuros pais, mães, maridos e esposas no futuro. É nesse momento que a gente consegue mudar a consciência dos jovens e buscar um resultado a médio e longo prazo”.

A Delegada Titular da Delegacia da Mulher de Colatina Jaciely Favoretti Souza, disse que é preciso encorajar as mulheres a denunciar e buscar apoio: “Já avançamos muito, evoluímos enquanto sociedade, mas ainda precisamos encorajar e proteger a mulher que nesse momento está fragilizada e precisa de apoio.”

O Delegado titular da Polícia Civil de Baixo Guandu Adriano Scárdua afirmou que a delegacia de Baixo Guandu está preparada para atender às denúncias de violência contra mulher de forma adequada: “Apesar de não termos uma divisão específica para as mulheres, temos uma equipe bem preparada para atender essa demanda em nossa delegacia e dar o encaminhamento correto.” o Coordenador Estadual da Lei Maria da Penha Major PM Coutinho disse que é papel da PM trabalhar em conjunto com a Polícia Civil e os órgãos municipais de apoio às pessoas com vulnerabilidade para dar o apoio correto nesse momento de fragilidade das mulheres. “Desde a guarnição da PM que faz o primeiro atendimento, passando pela investigação da Civil até os CRAS, todos precisam trabalhar em conjunto para dar segurança e apoio psicológico nesse momento. ”

Em Baixo Guandu, diariamente o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) realiza atendimentos às mulheres em situação de vulnerabilidade e muitas vezes que já sofreram violência física ou psicológica de seus companheiros. “Às vezes quem deveria proteger essas mulheres é quem as violenta. Por isso esse projeto é extremamente importante em nossa cidade.” Afirmou a Secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação Fernanda Mota Gonçallo.

A Ação teve apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação e da Secretaria de Educação.

A ação visitou seis escolas no Município:

EMEIEF DARLENE MAGGIONI FRANQUINI ;

EMEIEF JOÃO XXIII ;

EMEIEF BENEVETUNO CLEMENTINO GOBBO ;

EMEIEF ALÁDIA TRINDADE PAIVA ;

EEEFM JOSE DAMASCENO FILHO ;

“Polivalente” CEEMTI BAIXO GUANDU “Escola em Tempo Integral .

Pular para o conteúdo