Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Desenvolvimento Econômico

Realizada a aula inaugural do curso de Risco e Corte em Baixo Guandu

Começou ontem, dia 5, às 18h30min, no Centro Comunitário Rosário I, em Baixo Guandu, a aula inaugural do curso de Risco e Corte. O curso gratuito é promovido pela Prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico de Baixo Guandu, com a parceria do Serviço Nacional da Indústria (Senai).

O curso Risco e Corte, ministrado pelo Senai, atende 21 pessoas, com a carga horária de 60 horas, o encerramento do curso deve acontecer no final deste mês. Participaram do evento, o vice-prefeito Patrick Favarato Perutti, Supervisor Técnico, Thielles Gustavo, Instrutora do curso, Itatiana Francisca Coelho Cardoso Paiva e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ismail Marcelino Ramos.

No discurso, o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico de Baixo Guandu, Ismail Marcelino Ramos, disse ” que a parceria entre a Prefeitura e o Serviço Nacional da Indústria (Senai) é muito importante para o município, que visa qualificar profissionais para o mercado de trabalho em Baixo Guandu, ele lembrou, que a administração municipal do prefeito Lastênio Cardoso, trabalha dia a dia para trazer novos cursos profissionalizantes para gerar oportunidades e qualificar as pessoas para mercado de trabalho no município”. Disse o secretário.

O vice-prefeito, Dr. Patrick Favarato Perutti, agradeceu a parceria do Senai, com a Prefeitura.” Ele acrescentou, que o curso de Risco e Corte, qualificará as pessoas de Baixo Guandu para o setor da industrial de confecções, o vice-prefeito, comentou ainda, que a administração municipal, vem gerando oportunidades de negócios à população de Baixo Guandu, e continuará promovendo cursos para atender o comércio e a industrial do município”. Finalizou Dr. Patrick Perutti.

Recoloca Rio Doce tem oportunidades de emprego em Baixo Guandu

A plataforma Recoloca Rio Doce está com vagas de trabalho e estágio abertas para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova. Nesta semana são ofertadas 76 oportunidades para os interessados em conquistar uma oportunidade no mercado nos municípios de Baixo Guandu, Aracruz, Colatina e Linhares.

São 40 vagas abertas para a função de servente de campo, na empresa Inovesa, em Aracruz, Baixo Guandu e Colatina. Já em Linhares e região estão abertas 30 vagas de mobilizador na empresa Synergia para atuarem nas ações de cadastramento. Ainda no município de Linhares está disponível uma vaga de estagiário para atuação na área administrativa da empresa H&P.

Em Baixo Guandu, também estão abertas três oportunidades, sendo duas para técnico em segurança do trabalho, na empresa Gênese Consultoria Ambiental, Planejamento e Construções Ltda, e uma vaga para fiscal de campo/obra pleno, na empresa MCA Auditoria e Gerenciamento. Em Colatina, outras duas vagas estão abertas para os cargos de auxiliar de técnico II e de analista de biodiversidade na empresa Ambipar.

Todas as vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce e nos Sine locais dos municípios.

A plataforma

O Recoloca Rio Doce faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em reinserir a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.
A ferramenta on-line e gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas cadastrarem seus currículos e participarem de processos seletivos visando a inserção no mercado de trabalho.
“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, no qual as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados de acordo com as demandas de cada empreendimento.

Capacitações de mão de obra

O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Mão de obra local

A valorização da mão de obra local é um dos compromissos da Fundação Renova para execução das atividades de reparação, conforme previsto no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) e no Termo de Acordo de Mariana. Fornecedores da Fundação Renova também consideram a priorização da contratação local para execução dos seus trabalhos..

Plataforma Recoloca Rio Doce abre oportunidades de emprego em Baixo Guandu

A plataforma Recoloca Rio Doce está com vagas de trabalho abertas em Baixo Guandu para os interessados em conquistar uma oportunidade no mercado. Nesta semana, estão abertas sete vagas de emprego para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova.

Todas as vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce e nos Sine locais dos municípios. A ferramenta faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em reinserir a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.

A ferramenta on-line e gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas cadastrarem seus currículos e participarem de processos seletivos visando a inserção no mercado de trabalho.

“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, onde as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados conforme as demandas de cada empreendimento.

Capacitações de mão de obra
O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Nesta quarta-feira (17), aconteceu uma reunião na sede do Detran/ES, com o Diretor Geral Harlen da Silva para Oficializar a Municipalização do Trânsito de Baixo Guandu.

A Municipalização permite melhor organização do trânsito na cidade, permitindo a contratação e treinamento de agentes Municipais de Trânsito e investimento direto em nossas vias.

Estavam presentes na reunião:

Diretor Geral do Detran – ES – Harlen da Silva

Lastênio Cardoso – Prefeito de Baixo Guandu

Deputado Estadual Dary Pagung

Secretário de Desenvolvimento Econômico Ismail Marcelino Ramos

Autoridade Municipal de Trânsito Kleidson Pimentel de Freitas

Superintendente da Prefeitura de Baixo Guandu José Luiz Oliveira (Maritaca)

Presidente da Câmara de Baixo Guandu Leandro da Kimacol, juntamente com os Vereadores Clóvis Pascolar e Jucelino Henk.

Prefeitura de Baixo Guandu promove curso de Risco e Corte

imagem de risco corte do Senai – Findes

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico dá mais um passo importante na busca da geração de emprego no setor de confecções da cidade. Recentemente o governo municipal firmou uma parceria com o Serviço Nacional da Indústria (Senai), na realização do curso de Risco e Corte no município. No dia 24 deste, começa a montagem do laboratório do curso, abrindo mais uma oportunidade profissional, qualificação e emprego aos moradores de Baixo Guandu.

Os interessados já podem fazer a pré-inscrição do curso de Risco e Corte, na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Baixo Guandu. Já as matriculas, começam no dia 1º de setembro, das 9 às 16 horas, e o curso terá início no dia 12 de setembro e termina no dia 5 de outubro, com uma horária de 60 horas, no Centro Comunitário Rosário I.

O prefeito “Lastênio Cardoso, disse que a administração municipal, está trabalhando e firmando parcerias em vários segmentos para qualificar a população de Baixo Guandu. Ele acrescentou, que o curso de Risco e Corte, vai criar novas oportunidades para as famílias, o nosso compromisso na administração municipal, é melhorar a qualidade de vida dos guanduenses e atrair novas empresas, concluiu Lastênio.


Curso de Risco e Corte:
Pré-inscrição Abertas na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.
Matriculas do Curso.
Dia 1º de setembro, das 9 às 16 horas.
Carga horária: 60 horas.
Documentos para a matricula:
Cópia do documento de Identidade.
Cópia do comprovante de residência.
Cópia do CPF.
Cópia do comprovante de vacinação contra Covid-19 ( ao menos da duas doses ou dose única).

Cadastur: O cadastro que garante diversas vantagens e oportunidades para a área de Turismo

O Cadastur é o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo. O cadastro garante diversas vantagens e oportunidades aos seus cadastrados e é também uma importante fonte de consulta para o turista. O sistema é executado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Prefeitura de Baixo Guandu, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.

A vantagem de se cadastrar está nas oportunidades de acesso a financiamento por meio de bancos oficiais; apoio em eventos, feiras e ações do Ministério do Turismo; incentivo à participação em programas e projetos do governo federal; participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo Ministério do Turismo; visibilidade nos sites do Cadastur e do Programa Viaje Legal.

Acesse o site do Cadastur e saiba mais sobre as oportunidades em ser cadastrado!

Atendimento à imprensa:
Comunicação Social
Tel.: (27) 3732 – 8900
E-mail: comunicacao@pmbg.es.gov.br

Aula Inaugural do Curso gratuito de garçom do “Programa Qualificação Para o Turismo”

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico realizou nesta última segunda-feira (20), às 18h30, a Aula Inaugural do curso gratuito de Garçom ofertado pelo “Programa Qualificação Para o Turismo”, organizado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

O curso com carga horária de 40 horas será ministrado entre os dias 20 de junho e 1 de julho, das 18h às 22h, no auditório da prefeitura municipal, com o professor e profissional da área, Lusitano Moreira, do Senac. O principal objetivo da qualificação é o fortalecimento do setor e melhorar a qualidade do atendimento aos turistas em Baixo Guandu.

A aula inaugural teve a presença do Secretário Estadual do Turismo, Fernando Rocha, do Gerente da Setur, Murilo Vago, do vice-prefeito, Dr. Patrick, da Coordenadora do Senac, Liliani Barbieri Barboza, do Superintendente Municipal, Jonas Carlos Moreira, e do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Ismail Marcelino Ramos.

Atendimento à imprensa:
Comunicação Social
Tel.: (27) 3732 – 8900
E-mail: comunicacao@pmbg.es.gov.br

Baixo Guandu debate oportunidades de desenvolvimento com o ES Inteligente

O município de Baixo Guandu começa a dar os primeiros passos com o Programa ES Inteligente, do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes). Em maio, o prefeito Lastênio Cardoso e secretários municipais estiveram reunidos com os representantes do banco capixaba, Paulo Brusqui e Vilker Zucolotto Pessin, para falar sobre o assunto.

Um dos principais benefícios que os gestores públicos buscam com investimentos em setores essenciais para a população é a melhoria da qualidade de vida dos munícipes e o desenvolvimento regional equilibrado que, intrinsecamente, estão conectados. Com o Programa ES Inteligente, o Bandes pretende apoiar a melhoria da infraestrutura para os municípios por meio de frentes de trabalho com parcerias público-privadas.

O ES Inteligente faz parte dos produtos e serviços ofertados pelo Bandes para as prefeituras capixabas. Com ele, a Administração Pública municipal ganha um parceiro para a estruturação e o desenvolvimento de estudos de viabilidade técnica, modelagem licitatória e de assessoria integral para projetos de concessões públicas e parcerias público-privadas (PPP) nos municípios capixabas. Ou seja, com ele a prefeitura pode ter um escritório executivo de projetos para o desenvolvimento de serviços ou de infraestrutura em benefício da população local.

O prefeito de Baixo Guandu, Lastênio Cardoso, ressaltou a importância em aderir ao programa, buscando o desenvolvimento do município, principalmente, em relação à adesão de novas tecnologias presentes nos grandes centros, de modo a facilitar não só todo o processo público, mas a qualidade de vida das pessoas, assim como a geração de emprego, renda e receita fiscal.

“Os municípios precisam se preparar para o futuro de modo a promover o desenvolvimento sustentável, por meio do uso de novas tecnologias nas áreas de tratamento de resíduos sólidos urbanos, tratamento de esgoto, energia fotovoltaica, iluminação pública, entre outras soluções importantes para o bom desenvolvimento de uma cidade. Com o uso de novas tecnologias mais eficientes na iluminação pública do município, teríamos uma qualidade maior na prestação do serviço para à população e uma redução considerável nos gastos, podendo aplicar esses recursos em outras áreas. Reuniões assim são de extrema relevância para debatermos quais tecnologias são mais adequadas para cada região, sempre visando à troca de informações e conhecimentos, em busca de novas soluções”, ressaltou.

ES Inteligente

O Programa ES Inteligente, que tem o Bandes como coordenador em parceria com o Instituto de Planejamento e Gestão das Cidades (IPGC), é voltado para o desenvolvimento de produtos públicos de qualidade à população, por meio de estruturação de Parcerias Público-Privadas (PPP). Desse modo, o programa oferta modelagens de projetos que apoiam o funcionamento da região, como a implantação, a gestão e a manutenção de centros de saneamento básico.

O programa de PPPs conta com uma cooperação técnica e especializada constante entre as equipes do município, Bandes e IPGC. Isso permite uma análise ideal sobre as demandas e características regionais. Assim, as cidades inteligentes podem solicitar novos projetos que apoiem o crescimento local em outras áreas e melhor uso dos recursos públicos, por exemplo, planejamentos para saneamento e de gestão de recursos sólidos urbanos.

“Com a implementação desse projeto, o município abre as portas para o desenvolvimento a partir da implementação de excelentes projetos que conseguem reverter orçamento público em benefícios a uma parcela maior da população. Com esta reunião no norte do Estado, a localidade se torna um exemplo regional para outros municípios no processo de contratações de altos desempenhos”, afirma o diretor de Negócios do banco capixaba, Marcos Kneip Navarro.

Informações sobre o ES Inteligente:
www.bandes.com.br/ppp
faleconosco@bandes.com.br

Atendimento à imprensa:
Comunicação Social
Tel.: (27) 3732 – 8900
E-mail: comunicacao@pmbg.es.gov.br

Prefeitura de Baixo Guandu oferece curso gratuito de garçom

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Foto Ascom

A prefeitura municipal de Baixo Guandu abriu inscrições para o curso gratuito de garçom, que será ofertado no auditório da prefeitura municipal, entre os dias 20 de junho e 1 de julho, das 18h às 22h, com carga horária de 40 horas.

A capacitação para maiores de 18 anos faz parte do “Programa Qualificação Para o Turismo”, organizado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), com apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Baixo Guandu.

O Curso de Serviços em Restaurantes (Garçom) é voltado para pessoas que tenham interesse em atuar nos seguintes segmentos: meios de hospedagem, bares, restaurantes e similares, guias de turismo e demais profissionais que atuam diretamente com turistas. O objetivo principal é fortalecer o setor e melhorar a qualidade do atendimento aos turistas no município.

INSCRIÇÕES:
Local: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico.
Endereço: Rua Milagres Júnior, n.º 119, centro (Rua do Canaan Social Clube).
Período de inscrição: 09/06/2022 a 20/06/2022.
Horário de atendimento: das 07 às 16h.
Informações pelos telefones: (27) 99615 – 1173 / 3732 – 8900 (Ramal 9023).
E-mail.: turismo@pmbg.es.gov.br.

Atendimento à imprensa:
Comunicação Social
Tel.: (27) 3732 – 8900
E-mail: comunicacao@pmbg.es.gov.br

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content