Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

DENGUE

Fique atento ao armazenamento de água

Com a chegada da onda de dejetos da barragem de Mariana (MG), os moradores de Baixo Guandu estão armazenando água em baldes e galões, prevenindo uma possível paralisação no abastecimento. A Secretaria Municipal de Saúde alerta para que essa água seja armazenada de forma correta, sem riscos à saúde ou a proliferação do mosquito da dengue.

Comprar dezenas de litros de água no supermercado e encher vasilhames pode não garantir que o usuário tenha sua própria fonte potável. As altas temperaturas e o local de armazenamento podem causar problemas. Confira algumas dicas:

Água estraga?

A exposição ao sol altera o equilíbrio químico, especialmente se for uma água mineral da fonte. Uma garrafa de plástico lacrada pode durar em média de sessenta a noventa dias, por exemplo. Depois de aberta, o ideal é consumir o conteúdo em dez dias, para manter a qualidade.

Existe um ambiente ideal para deixar os recipientes com água?

No caso dá água mineral, mesmo lacrada, a exposição ao sol pode provocar fungos. Afinal, quando ela entra em processo de fotossíntese, as algas se multiplicam com a luz. Lugares escuros e com temperaturas mais amenas são ideais para guardar as garrafas. Evite armazenar seus produtos de água na garagem, sob o sol, perto de fumaça de gasolina, pesticidas e outros produtos químicos que poderiam, no mínimo, afetar o cheiro e o gosto do líquido.

Armazenar a água em tambores é maléfico ou benéfico?

Os tambores com tampa ajudam a manter a purificação da água, mas especificamente a que for separada para o reuso. Essa tampa ajuda a minimizar o contato com o ar, o que mantém mais tempo de conservação. Lembrando que a água usada para consumo não deve ser armazenada em um tambor, já que higienizá-lo por completo é quase impossível.

Para evitar a dengue é precisa ficar atento aos seguintes cuidados:

– Mantenha as caixas d'água sempre tampadas;

– Ao armazenar água em baldes, bacias e tonéis busque a melhor forma de lacrá-los (telas ou sacos plásticos são indicados);

– Piscinas plásticas também devem ser mantidas cobertas com lonas;

– Fique atento aos pratos de plantas.

Informações à Imprensa                                    
Assessoria de Comunicação PMBG
noticia@pmbg.es.gov.br

(27) 3732-8914

 

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content