Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Feira Popular de Saúde discute direitos dos atingidos pela Samarco

Fazendo parte da programação do Rock In Doce, Baixo Guandu sediou na sexta-feira (15/11), feriado nacional, a 1ª Feira Popular da Saúde dos Atingidos do Rio Doce, que das 8 às 16 horas ofereceu serviços e também discutiu, em debate, os direitos dos atingidos pela tragédia da Samarco, que completou 4 anos.
 
O prefeito Neto Barros e o secretário estadual de Saúde Nésio Fernandes, além da secretária local Terezinha Bolzani e representantes de outras unidades gerenciais da região participaram do debate envolvendo a influência do desastre ambiental na saúde das comunidades.
 
A Feira Popular de Saúde em Baixo Guandu foi organizada pelo Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), em colaboração com a Secretaria Municipal de Saúde. Na feira, realizada na Praça do Jardim, foram oferecidos serviços como medição de pressão, de glicose, massagem, auriculoterapia, atendimento nutricional, dança, distribuição de plantas medicinais, atendimento nutricional e ainda distribuição de mudas de plantas medicinais.
 
Representantes de comitês do MAB de vários municípios da região estiveram presentes, relatando suas experiencias de reuniões que estão sendo realizadas em diversas comunidades.

O comitê do MAB em Baixo Guandu realizou várias destas reuniões em comunidades da cidade e a voz corrente é que o desastre da Samarco provocou danos à saúde a centenas de pessoas, restando ainda uma série de dúvidas com relação ao que pode ocorrer no futuro, com o despejo de lama tóxica nas águas do rio Doce.

 

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content