Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Estado lança edital para construção de barragem em Baixo Guandu

O Governo do Estado vai fazer hoje (30/03) às 10 horas, no Palácio Anchieta, solenidade para ordens de serviço de quatro barragens no Espírito Santo, e lançar também edital de licitação para implantação  de  mais 8 reservatórios em território capixaba.
 
O município de Baixo Guandu vai ser beneficiado com uma destas barragens cujo edital de licitação será lançado hoje. A barragem guanduense será construída no Córrego Bonfim, na região do Queixada, com início previsto ainda para o primeiro semestre de 2017. A bacia de acumulação soma 3.947 hectares e o volume de água acumulado será de 96.165,86 m³.
 
Preocupado com a grave crise hídrica que afeta o Espirito Santo há 3 anos (a estiagem é considerada a maior dos últimos 80 anos), o Governo do Estado desenvolve um programa de construção de barragens para amenizar os efeitos da falta de água, inclusive no meio rural.
Na solenidade de hoje, serão dadas ordens de serviço para inicio das obras de duas barragens em Sooretama e mais duas no município de São Roque do Canaã. Já os editais de licitação contemplam os municípios de Santa Tereza (5 barragens),  Baixo Guandu (1) e Jaguaré (2).

Também no Palácio  Anchieta, serão lançados hoje  os editais de contratação de projetos de engenharia para barragens nos municípios de Alto Rio Novo, Barra de São Francisco, Domingos Martins, Ecoporanga, São Roque do Canaã e Vila Pavão.
 
O vice prefeito Eloy Avelino e o secretário municipal de Agricultura, Allony Torres, vão representar Baixo Guandu na solenidade que acontece na sede do Governo do Estado. Allony explicou que a região do Queixada é considerada uma das mais secas de Baixo Guandu e a barragem, no Córrego Bonfim, vai amenizar os problemas da população local com o reservatório a ser construído.
 
O Programa Estadual de Construção de Barragens, que já está em execução em alguns municípios do Espírito Santo, prevê investimentos na ordem de R$ 60 milhões. Ao todo são 34 reservatórios para usos múltiplos de médio porte e mais 26 barragens de uso coletivo em assentamentos de trabalhadores rurais do Norte do Estado.
 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.