Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Festival de teatro na rua começa hoje em Guandu e vai até o dia 25 de agosto

Baixo Guandu está vivendo desde hoje (16/08) pela manhã, uma experiência inédita cultural, com a realização de um festival de teatro na rua, apresentando uma série de atrações diárias que vão se estender por 10 dias, até 25 de agosto.
 
O palco do festival é a Praça do Jardim, na Avenida Carlos de Medeiros, onde uma estrutura foi armada para receber o público, com atrações inteiramente gratuitas, numa realização da Prefeitura Municipal.
 
Entre as atrações, estão oficinas culturais, exibição de filmes, apresentação de várias peças teatrais com grupos do Estado, nacionais e um internacional, bate-papo e shows musicais. (Confira abaixo toda a programação do festival Teatro na Rua)
 
O que é o Festival?
Criado com o pensamento de devolver à rua seu legítimo caráter de compartilhamento e de acontecimento das ações artísticas e culturais, o Festival “Teatro na Rua” – Baixo Guandu 2019 nasce como um espaço de resistência do fazer artístico no interior do estado do Espírito Santo.
 
Parceria entre a prefeitura municipal de Baixo Guandu-ES e a Boyásha Trupe de Teatro, o Festival “Teatro na Rua” traz em sua primeira edição oficinas teatrais, cortejos, intervenções urbanas, mesas redondas, palco aberto, bate-papos, shows musicais, batalha de Hip Hop e exibições de filmes de 1 Minuto. Em sua programação de dez dias, o festival contempla adultos e crianças com uma seleção de espetáculos teatrais capixabas, nacionais e até um espetáculo internacional.
 
Buscando perceber as potências da rua – seus estímulos e suas surpresas, o Festival “Teatro na Rua” propõe, de fato, uma dinâmica de movimento. O asfalto acaba onde começa a arte. A praça vira território cultural. A avenida central se transforma na Rua do Teatro.
 
Surge, da noite para o dia, uma peculiar Banca de Jornais que distribui folhetins que só existem no imaginário. Um arlequim se esgueira pela calçada tocando um primitivo realejo; um excêntrico Lambe Lambe passeia pela cidade exibindo filmes à la minute em seu tripé, e um ingênuo mercador vende flores “delicadamente roubadas”.
 
Não menos importante – e num ato quase heróico, um fusca caindo aos pedaços desfila, imponente, distribuindo música e poesia àqueles que derem uma “mãozinha” para empurrar. Em todo canto e a qualquer momento, é o Carro do Teatro passando na sua Rua!
 
E assim a vida vai. E assim a rua segue. E entre impulsos e memórias afetivas, o Festival “Teatro na Rua” vai ocupar Baixo Guandu. Interferindo na vida e se deixando interferir por sua gente, numa caravana surpreendente e imprevisível.

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content