Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Vice-prefeito Eloy Avelino assume o Executivo até 21 de março

Numa solenidade simples ocorrida por volta do meio dia de ontem (20/02), na presença dos secretários municipais e assessores, o prefeito Neto Barros transmitiu o cargo ao vice prefeito Eloy Avelino, que ficará no comando do Executivo até o dia 21 de março. Neto vai cumprir  período de férias, depois de comunicar oficialmente à Câmara Municipal o período de afastamento.
 
Na reunião que manteve com o secretariado e assessoria, o prefeito Neto Barros fez um balanço da gestão, com foco na necessidade de manter todo o cuidado com as finanças públicas, neste momento de crise econômica que afetou muito a arrecadação dos municípios. 
 
Neto Barros pediu empenho de todos no auxílio ao prefeito em exercício Eloy Avelino, advertindo os secretários municipais para garantirem os serviços básicos à população, destacando também o bom relacionamento que deve ser mantido com a Câmara Municipal.

O prefeito de Baixo Guandu falou que o momento na administração pública exige um cuidado todo especial com as finanças, lembrando que a crise econômica não permite deslizes sob pena de comprometer a eficiência da gestão 2017/2020.

Neto citou a queda da arrecadação municipal, que em janeiro  deste ano foi a menor nos últimos 10 anos, reforçando a determinação de todo o cuidado no momento das secretarias assumirem qualquer compromisso financeiro.
 

Segundo Neto Barros, o ajuste fiscal será o maior desafio dos prefeitos nos próximos quatro anos. Para ele, o gestor que não souber equilibrar os gastos com pessoal, compras , serviços e contratação de obras com a realidade financeira que se apresenta, corre o risco de quebrar o município.
 
“Nós não vamos correr este risco, trabalhando com muito planejamento e buscando a eficiência permanente, de maneira a garantir os avanços que a população espera, seja em serviços, obras e melhorias que o município necessita”, acrescentou o prefeito.
 
Ainda ontem à tarde, o prefeito em exercício Eloy Avelino cumpriu sua primeira agenda  no comando do Executivo. Ele fez uma visita às obras da PW Brasil, a moderna indústria de confecções que está se instalando em Baixo Guandu e que vai gerar cerca de 170 empregos diretos.
 
As obras estão em fase final e a inauguração pode ocorrer ainda no mês de abril, com início das operações previstas para maio ou junho. A PW Brasil é uma das mais modernas empresas na área confeccionista do país, devendo toda a produção da grife Vide Bula ser transferida para a unidade de Baixo Guandu.
 
 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.