Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Black Friday Brasil: Procon orienta sobre compras online

Nesta sexta-feira (28) será realizada a quarta edição da Black Friday Brasil. A promessa é de descontos tentadores nas vendas online em lojas credenciadas. Se você está pensando em comprar algo, é importante fazer uma boa pesquisa de mercado, pois nem sempre os produtos anunciados como promoção apresentam de fato uma redução no preço. 

Na edição do ano passado, consumidores de diversas partes do país registraram reclamações nos órgãos de defesa do consumidor e nas redes sociais, alegando “maquiagem de desconto”, que é o aumento artificial dos preços para dar a falsa impressão de que o desconto era maior.

Por isso, o Procon de Baixo Guandu recomenda que o consumidor verifique os preços cobrados antes do dia marcado para o evento. Isso pode ser feito por meio dos sites das empresas que participarão da Black Friday e de outras lojas do mercado, inclusive na data da liquidação.

Outra informação que o consumidor precisa saber e que pode confundir quem acessa as lojas online é de que nem todos os produtos à venda participam da promoção da Black Friday. Sendo assim, é preciso que os produtos com desconto estejam claramente identificados e destacados.

Se o consumidor não conseguir realizar a compra devido a problemas no site, também poderá reclamar. Para isso é importante comprovar a oferta anunciada, bem como a tentativa de compra, por meio das cópias das telas do anúncio e da transação.

Dicas para comprar com segurança

• Para comprar com segurança, é fundamental que o consumidor busque referências sobre o site. Pesquise se existem muitas reclamações sobre a empresa nos órgãos de defesa do consumidor e/ou em sites de reclamações na internet;

• Instale no seu computador pessoal programas de antivírus e o firewall (sistema que impede a transmissão e/ou recepção de acessos nocivos ou não autorizados) e os mantenha atualizados;

• Não faça as transações em computadores de uso público, garantindo a segurança dos seus dados pessoais e do cartão de crédito;

• Antes da compra, o consumidor deve observar os procedimentos e recursos adotados para garantir a segurança da transação. A política de privacidade adotada pelo fornecedor deve ser clara e explícita, assegurando que os dados pessoais e de consumo não sejam divulgados sem o consentimento expresso do consumidor; 

• Procure no site a identificação da loja (razão social, CNPJ, endereço, e-mail e telefone fixo). Caso ocorra algum problema, localizar a empresa será fundamental para a solução. Se o fornecedor não possuir essas informações, escolha outro e denuncie, pois a disponibilização dessas informações é obrigatória;

• Desconfie dos sites que possuem como única forma de pagamento o depósito em conta corrente ou boleto bancário;

• O comprador precisa se informar sobre as características, preços, valores de fretes, despesas adicionais, prazo de entrega ou execução, condições e formas de pagamento, antes de se decidir pela compra. Essas informações devem constar obrigatoriamente na página;

• Os sites devem deixar claros os meios adequados para que o consumidor exerça o direito de "arrependimento de compra", que trata-se do cancelamento da compra no prazo de até sete dias;

• Ao confirmar a contratação, é importante imprimir ou, se possível, guardar sob a forma eletrônica todos os documentos que atestem a relação comercial, como número da compra, confirmação do pedido, comprovante de pagamento, contrato ou anúncios;

• O consumidor deve sempre exigir e guardar a nota fiscal da mercadoria; 

• A qualquer sinal de irregularidade, o indicado é entrar em contato com o fornecedor para registrar a ocorrência e tentar resolver o problema. Guarde os números de protocolo e os e-mails trocados com o fornecedor como garantia.

Reclamação

O consumidor deve denunciar abusos, tais como descumprimento à oferta, publicidade enganosa (promoção com preços iguais aos praticados dias antes da Black Friday), mudança de preço no momento da finalização da compra e falta de informações claras sobre a empresa e o produto. As reclamações podem ser registradas no site www.consumidor.gov.br.


Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação PMBG
Eduardo Candeias
Fabiano Damasceno
noticia@pmbg.es.gov.br
(27) 3732-8914
Edição: Eduardo Candeias
 

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content