Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Mais uma empresa chega a Baixo Guandu

Baixo Guandu contará com mais uma empresa na cidade. Agora a Cooperativa Agropecuária Centro Serrana – Coopeavi já trabalha sua instalação para iniciar os serviços em março de 2014.

Além dos benefícios como movimentação financeira no município e crescimento industrial da região, Baixo Guandu contará com aproximadamente 40 novas vagas de empregos, diretos e indiretos oferecidos pela cooperativa.

A cooperativa visa focar nesse momento na expansão do negócio café e nutrição animal e por isso adquiriu uma área de 12 mil m² no Pólo Empresarial da cidade, onde está construindo a fábrica de ração para bovinos. O investimento da empresa é de aproximadamente R$ 12 milhões na construção da nova unidade e a produção ficará por volta de 24 toneladas de ração por hora.

Para o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico a chegada da empresa ao município trata-se de um empreendimento importante para a geração de novas oportunidades de emprego e renda a população. “Estaremos desenvolvendo junto com o IDAF – Instituto de Defesa Agropecuaria e INCAPER – Instituto Capixaba e Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural um grande trabalho com os produtores de nossa cidade para que possam aumentar sua produtividade e assim incentivar o desenvolvimento rural", declarou Clovis Rodrigues.

A cooperativa tem buscado a distribuição do produto na região Noroeste do Espírito Santo e Leste de Minas Gerais, onde está concentrada a maior parte da criação bovina, na área de atuação da cooperativa. “Baixo Guandu é uma localização estratégica. Com isso, todos os envolvidos ganham com essa facilidade em distribuir o produto, devido a redução dos custos com logística", afirma Fábio Braga, Gerente Executivo de Produção da Coopeavi.

Para a Prefeitura Municipal aumentar a produção e o volume de circulação de riquezas na cidade leva ao desenvolvimento. “É mais receitas de impostos, criação de postos de trabalho, mais pessoas consumindo no comércio local, mais lucro e isso cria um círculo que atrai mais pessoas pra investir e trabalhar aqui. A Coopeavi é parceira do desenvolvimento guanduense”, disse Neto Barros.

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon

noticia@pmbg.es.gov.br

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.