Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Saúde amplia vigilância para evitar a disseminação do COVID-19 em Guandu

A Secretaria Municipal de Saúde ampliou desde segunda-feira  o conjunto de ações destinado a evitar a disseminação do COVID-19 em Baixo Guandu, que ontem à noite (05/05) teve o 4º caso da doença confirmada no município.
 
Os números de ontem mostram um agravamento da situação em Guandu: além dos 4 casos confirmados, 16 pessoas estão com suspeita de coronavírus e já colheram material que está em análise no Laboratório Central (Lacen).
 
Dos casos confirmados, não há nenhum internado e todos permanecem em isolamento domiciliar. Dos casos suspeitos, duas pessoas que estavam internadas no hospital foram transferidas na noite de ontem para o Silvio Avidos, em Colatina, que é referência no tratamento de COVID-19 na região Noroeste. Outras 14 pessoas suspeitas da doença estão em isolamento domiciliar em Baixo Guandu.

Vigilância
Desde segunda-feira  já funciona na estação rodoviária uma barreira sanitária, entre 5 e 19 horas, que objetiva verificar se existe algum sintoma de coronavírus nas pessoas que chegam ou saem da cidade.

Estas pessoas passam por medidor de temperatura e são orientadas com relação à doença, recebendo a recomendação de permanecerem em casa. A barreira na rodoviária é gerenciada pela Vigilância em Saúde, com apoio de cirurgiões dentistas, auxiliares de saúde bucal e agentes das áreas epidemiológica e sanitária.
 

Também na BR-259, nas proximidades do campo de aviação, outra barreira sanitária do Estado, com apoio da Prefeitura, realiza abordagens nos veículos que ali trafegam. O objetivo é o mesmo: identificar pessoas com sintomas de coronavírus, com orientação de como proceder nestes casos.

Desde segunda-feira, conforme decreto municipal, em Baixo Guandu já é obrigatório também o uso de máscaras de proteção, para quem transita nas ruas da cidade. A Prefeitura iniciou ontem a distribuição de 60 mil máscaras que serão ofertadas à população, com entrega em domicílio, inclusive no interior do município.

"Vamos usar nossa rede de agentes de saúde na distribuição das máscaras, em domicílio,  porque estes profissionais conhecem cada morador e quantas pessoas pertencem ao grupo familiar", explicou a secretária de Saúde Terezinha Bolzani, acrescentando que todos serão atendidos com duas unidades – que são reutilizáveis depois de lavadas.
 
Terezinha acrescentou que uma empresa da cidade está confeccionando máscaras para crianças, que também serão distribuídas gratuitamente nas residências. "Nossa recomendação é que as crianças fiquem sempre em casa, mas se tiverem que acompanhar familiares, que estejam também protegidas por máscaras", falou a secretária Terezinha.

Bloqueio

Outra ação da Vigilância em Saúde de Baixo Guandu é identificar quem  teve  contato com as 4 pessoas contaminadas pelo COVID-19 ou as 16  que estão com suspeita da doença.

O objetivo é exatamente fazer uma espécie de "bloqueio" na cadeia que pode alimentar a disseminação do vírus. Todos que tiveram contato com os casos suspeitos/confirmados são orientados para se isolar em domicílio, por pelo menos 14 dias, aguardando o surgimento de possíveis sintomas. Se alguém se enquadra nesta situação, pode entrar em contato com a Vigilância em Saúde pelo telefone 3732-3165.

O prefeito Neto Barros, que assinou decreto no domingo endurecendo as regras de convivência social, admitiu ontem que as restrições poderão ser ampliadas se a situação se agravar em Baixo Guandu. "Estamos monitorando todos os cenários da evolução do COVID-19, especialmente depois da confirmação dos  primeiros casos no município. Se a crise se agravar, não teremos outra alternativa a não ser restringir ainda mais a circulação das pessoas. Exatamente por isso renovamos o apelo diário: fiquem em casa, evitem qualquer tipo de aglomeração” afirmou o prefeito Neto Barros.

Neto participou na tarde de ontem, do gabinete na nova sede da Prefeitura, de uma videoconferência com o governador Renato Casagrande. Prefeitos de todo o Estado interagiram com o governador, buscando um alinhamento das ações de combate à pandemia de coronavírus.


O prefeito Neto Barros participou ontem à tarde de videoconferência com o governador Casagrande


Entrega de máscaras reutilizáveis para a comunidade


Barreira sanitária na rodoviária de Baixo Guandu

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content