Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Superfinal do Mundial de Parapente termina hoje com premiação e shows na praça São Pedro

Baixo Guandu vai revelar hoje (30/03) quem são os campeões mundiais de parapente, nas categorias masculino, feminino e por equipes, numa solenidade marcada para as 20 horas na praça São Pedro, depois de 11 dias de competição que reuniu mais de 130 pilotos de 32 países.
 
Mas hoje ainda tem competição na rampa do Monjolo, considerada a melhor do Brasil: a partir das 10h30m os pilotos vão fazer a ultima bateria para decidir quem são os melhores pilotos do mundo.
 
A premiação aos campeões será entregue em solenidade a partir das 20 horas no QG do Mundial de parapente, que está armado na praça São Pedro, com direito a apresentação, em seguida, da banda Lyra Guanduense e da banda de Rock & Blues Duets.
 
“O campeonato mundial mostrou Baixo Guandu para o mundo, num espetáculo que merece todos os elogios”, disse ontem o piloto capixaba Frank Brown, considerado um dos melhores do mundo, que também está competindo na Superfinal do Parapente.
 
Frank Brown já foi vice-campeão mundial, várias vezes campeão brasileiro e é recordista também mundial em horas de voo. O piloto é um entusiasta da prática do parapente em Baixo Guandu e elogia a cidade em todos os sentidos, desde a rampa do Monjolo até o carinho da população com o esporte. “Os pilotos do mundo inteiro aqui se sentem em casa”, afirma Frank.
 
Baixo Guandu vive desde o dia 19 de março as emoções da Superfinal do Mundial de parapente, que coloriu o céu da cidade e região com a presença de cerca de 200 pilotos da categoria – mais de 130 deles competindo diretamente em busca do título.
 
A cidade viveu nestes 11 dias de competição um intenso movimento, com aproximadamente mil turistas na cidade envolvidos na competição, entre pilotos, equipes técnicas e simpatizantes do esporte.
 
“Nossa felicidade é imensa em ter sediado esta Superfinal do Campeonato Mundial e só temos que agradecer aos pilotos e equipes técnicas por terem escolhido Baixo Guandu para sediar a última etapa da competição”, disse ontem à noite o prefeito Neto Barros, que desde 2013 desenvolveu um intenso trabalho para atrair para a cidade as etapas mais importantes do parapente – a nível nacional, panamericano e mundial.
 
Mas a festa ainda não terminou: hoje a rampa do Monjolo deve receber mais de 3 mil pessoas para acompanhar o desempenho dos pilotos na ultima bateria que vai decidir os campeões mundiais de parapente.
 
E a festa de despedida promete ser um grande acontecimento na praça São Pedro, a partir das 19 horas, com a premiação aos vencedores e a apresentação da Banda Municipal Lyra Guanduense e da Banda de Rock & Blues Duets.


Hoje na premiação aos vencedores tem banda Lyra Guanduense e a banda Duets

 

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *