Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Geral

Baixo Guandu fecha 1° semestre recorde no saldo de empregos

O município de Baixo Guandu registrou um crescimento na geração de empregos formalizados de carteira assinada nos primeiros seis meses de 2013. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), de janeiro a junho deste ano, Baixo Guandu ficou com um saldo de 290 postos de emprego. Destaque para o setor de agropecuária que empregou 264 trabalhadores.

O Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Clóvis Rodrigues, explicou que a melhoria nas estradas rurais facilitou o escoamento da produção e consequentemente fortaleceu o setor agropecuário criando mais emprego. “As expectativas são positivas para os próximos meses. Além do setor de agropecuária, acreditamos no aumento de empregos no setor de serviços e comércio, e no ano que vem o setor da Indústria também vai crescer com a chegada de mais empresas para a cidade”, disse.

É certeza que o ano de 2013 será melhor que todos os anos desde 2005. O saldo de janeiro a junho de 2013 já é superior, por exemplo, aos saldos finais de cada ano entre 2005 a 2012. “Iniciamos o mandato planejando, organizando, e investindo na melhoria dos serviços públicos prestados por cada secretaria. Também mudamos o setor de licitações da prefeitura, garantindo lisura às contratações, que na medida do possível, e de acordo com as leis, faz com que mais produtos sejam adquiridos aqui no município, o que faz  circular mais riqueza na nossa economia”, explicou o Prefeito Neto Barros.

Assessoria de Comunicação – PMBG

Fabiano Damasceno

noticia@pmbg.es.gov.br

Baixo Guandu recebe R$ 3,7 milhões de investimento, para construção de cisternas

Baixo Guandu será o primeiro município contemplado no Projeto Cisternas do Espírito Santo. Ontem (21), em solenidade no Palácio Anchieta, em Vitória, o prefeito Neto Barros assinou o projeto oficializando, assim, o início para construção das cisternas. No total serão construídas mais de 10 mil cisternas em regiões com clima semiárido no Espírito Santo com um custo total de aproximadamente R$ 27 milhões. Em Baixo Guandu serão construídas 1460 a um custo de R$ 3,7 milhões. A cidade será a primeira a ser beneficiada, contemplando famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social e com dificuldade de acesso à água.

O Projeto Cisternas do Espírito Santo faz parte do Programa Incluir de combate à extrema pobreza. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, do Governo Federal, firmou um convênio com o Governo do Espírito Santo por meio da Aderes (Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo), para construção das cisternas. O objetivo é minimizar os danos sociais causados em regiões onde chove pouco durante o ano.

O primeiro passo para a construção da cisterna será escolher a localização no terreno da família beneficiada, logo depois será feita a marcação e escavação da cisterna, passando pela confecção da laje do fundo até chegar a fase de colocação do sistema de captação e manejo da água. A cisterna, que armazena água da chuva através de calhas, poderá armazenar até 16 mil litros suprindo a necessidade de uma família de seis pessoas durante o período de estiagem.

A aquisição dos materiais para a construção das cisternas será realizada no comércio local do município beneficiado, com o objetivo de gerar receita para o município e fomentar a economia local.

O projeto ainda prevê a capacitação de pedreiros e ajudantes que vão trabalhar na construção das cisternas. Esses profissionais serão escolhidos da própria comunidade e receberão um kit pedreiro com ferramentas básicas, tendo a oportunidade de continuar atuando na área de construção civil. Cerca de 80 pessoas em Baixo Guandu vão ser capacitadas nesse projeto para atuar no mercado de trabalho como pedreiro e ajudante.

 

Matéria publicada pelo site do Governo do Espírito Santo

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Fabiano Damasceno

noticia@pmbg.es.gov.br

Campanha Nacional de Vacinação

Para ampliar a cobertura vacinal das crianças, o Ministério da Saúde realizará em todo o país campanha nacional de atualização do cartão de vacinação. No próximo sábado (24), dia D da campanha, os pais devem levar seus filhos de 0 a 5 anos até um posto de saúde mais próximo. Todos os postos em Baixo Guandu estarão abertos das 8h às 15h30. Quem não conseguir levar seu filho para vacinar no dia D, pode procurar um posto de saúde até o dia 30 de agosto.  Os pais não podem esquecer o cartão de vacinação da criança.

Na campanha, serão oferecidas todas as vacinas do calendário básico infantil: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10 valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

Assessoria de Comunicação – PMBG

Fabiano Damasceno

noticia@pmbg.es.gov.br

Baixo Guandu terá Curso de Administração Básica para Pequenas Empresas

A parceria entre Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas continua rendendo bons frutos e bons cursos. São diversas áreas atendidas e agora proprietários de pequenas empresas ou interessados, poderão aprender técnicas de Administração Básica para Pequenas Empresas.

O curso acontecerá entre os dias 16 à 20 de setembro, das 18h30 às 22h30 no NESF – Unidade de Saúde Alexandre de Paula Vieira, localizado na rua Hugo Lopes Nalle, s/n, no Centro da cidade. A carga horária total do curso é de 20h e o investimento de R$ 70,00 (Setenta Reais) por pessoa. Porém, para cada 04 inscrições no mesmo CNPJ, uma será gratuita.

Inscrições:

Até dia 06 de setembro no Setor de Atendimento SEBRAE – Baixo Guandu.

Endereço – SEBRAE:

Av. de Abril, nº 250 – Centro, Baixo Guandu

(27) 3732-4847

es-agentebg@es.sebrae.com.br

 

Vagas limitadas!

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon

noticia@pmbg.es.gov.br

Artesãos de Baixo Guandu marcam presença na Expotur-ES

 

A Expotur-ES é a principal festa do turismo do estado e a maior feira de Turismo do país. O evento começa amanhã e vai até o dia 26, na Praça do Papa em Vitória/ES e Baixo Guandu estará participando com representação da administração municipal através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, com artesãos e com agroindústria, no stand da região turística Doce Pontões da Adetur (Agência de Desenvolvimento Turístico).

Todos os dias das 11 às 22h o evento estará aberto ao público e o momento dá oportunidade para o município impulsionar o turismo local. “A importância da nossa participação vai além do artesanato. A presença de Baixo Guandu na feira traz o ensejo para a cidade mostrar a todo o país suas potencialidades turísticas, que vão desde o artesanato ao turismo de aventura”, relatou Clovis Rodrigues, Secretário de Desenvolvimento Econômico.

Na Expotur, além da abertura que a população tem para conhecer as especialidades das regiões do Espírito Santo, os expositores poderão participar dos Núcleos de Conhecimento, Rodadas de Negócios e ao final haverá a entrega de prêmios.

Baixo Guandu estará representada no evento por quatro artesãos que mostrarão seus produtos, dois representantes da agroindústria que levarão doces regionais e os produtores da cachaça de manga. “Isso traz mais organização para os artesãos, dinamiza e potencializa o comércio do artesanato, e claro, valoriza o segmento e traz oportunidade de crescimento para os profissionais”, disse Neto Barros, prefeito do município.

Para Saul Dias Bebiano, artesão guanduense, estar numa feira como esta é muito importante para o crescimento do setor. “A Expotur traz uma grande divulgação do nosso trabalho, pois a feira tem um público muito grande e isso valoriza o artesanato”, contou. Saul levará mais de 40 peças que ele produz, todas feitas com reaproveitamento de pneus.

Valorize a cultura e o artesanato local. 

 

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon

Baixo Guandu sedia Campeonato Estadual de Tênis de mesa

A 3ª Etapa do campeonato Estadual de Tênis de Mesa Ranking e Rating aconteceu no último domingo, 19, no Ginásio Poliesportivo. O evento Foi realizado pelo Centro de Treinamento de Tênis de Mesa (Equipe Balneário Recreativo Guanduense), Federação Espirito Santense de Tênis de Mesa – Festeme, com apoio da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Esportes e Lazer.

Mais de 70 atletas se inscreveram e participaram dessa etapa de Baixo Guandu o que mostra que a cidade tem potencial para realizar eventos como este. “Tivemos o maior número de inscritos de todos os tempos e isso demonstra a capacidade que nossos atletas e nossa cidade têm para o esporte”, disse Alderino Gonçalves Vieira Filho, Sargento da PM/ES e um dos organizadores do evento.

Para os organizadores a expectativa de realizar eventos como esse na cidade é de trazer um aumento de atletas no esporte. A Secretaria de Esporte e Lazer já está preparando projeto para o Tênis de mesa em Baixo Guandu. “Queremos fazer um núcleo do esporte da cidade, assim como temos a ginástica rítmica, o basquete e o futebol, esperamos em breve realizar as aulas de tênis de mesa”, contou Wilton Minarini, Secretário de Esportes e Lazer.

Com o evento a prefeitura e a organização busca dar mais opções de esportes para a cidade. “É importante termos eventos como este no município, pois mostra para a população mais opções dentro da gama de esportes que cada um pode escolher querer fazer. Assim, aumentamos as opções de escolha e isso também auxilia na inclusão social", finalizou Wilton.

Essa não será a única etapa do campeonato na cidade, no calendário da Federação ainda terá mais um evento do Tênis de Mesa em Baixo Guandu neste ano, que acontecerá no mês de novembro. 

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon

Atividades do NASF de Baixo Guandu

 

Agentes Comunitários de Saúde (ACS) da Estratégia de Saúde da Família (ESF) receberam capacitação, entre os dias 05 e 08 de abril. O projeto de capacitação é realizado pela primeira vez com os agentes da cidade pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Saúde.

A capacitação teve o objetivo de mostrar a importância da prática de alongamento nas atividades físicas. Nesse primeiro momento foram treinados os agentes de saúde dos bairros Santa Mônica e Operário, pois estes já começaram suas atividades físicas com a população. Esse treinamento visa capacitar os agentes para darem suporte aos Educadores Físicos do NASF nas atividades físicas orientadas nos postos de saúde e praças. Nos próximos meses os agentes das demais abrangências da ESF receberão a equipe do NASF para aplicação dessa capacitação.

A implantação do NASF corresponde a um grande avanço no modo de pensar na atenção à saúde do município. Traz o conceito de apoio e amplia as ações das equipes de Estratégia Saúde da Família (ESF) na qualificação do cuidado em saúde.

De segunda a sexta-feira das 05h 30min às 08h, os educadores físicos do NASF realizam atividades na Praça São Pedro, proporcionando à população atividade física de forma orientada. Alguns postos de saúde, por meio das Equipes da ESF já estão desenvolvendo caminhadas e alongamentos, como é o caso do bairro Santa Mônica.

 

 

Assessoria de Comunicação – PMBG

Elaine Zambon