Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

AVISO

Recoloca Rio Doce tem oportunidades de emprego em Baixo Guandu

A plataforma Recoloca Rio Doce está com vagas de trabalho e estágio abertas para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova. Nesta semana são ofertadas 76 oportunidades para os interessados em conquistar uma oportunidade no mercado nos municípios de Baixo Guandu, Aracruz, Colatina e Linhares.

São 40 vagas abertas para a função de servente de campo, na empresa Inovesa, em Aracruz, Baixo Guandu e Colatina. Já em Linhares e região estão abertas 30 vagas de mobilizador na empresa Synergia para atuarem nas ações de cadastramento. Ainda no município de Linhares está disponível uma vaga de estagiário para atuação na área administrativa da empresa H&P.

Em Baixo Guandu, também estão abertas três oportunidades, sendo duas para técnico em segurança do trabalho, na empresa Gênese Consultoria Ambiental, Planejamento e Construções Ltda, e uma vaga para fiscal de campo/obra pleno, na empresa MCA Auditoria e Gerenciamento. Em Colatina, outras duas vagas estão abertas para os cargos de auxiliar de técnico II e de analista de biodiversidade na empresa Ambipar.

Todas as vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce e nos Sine locais dos municípios.

A plataforma

O Recoloca Rio Doce faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em reinserir a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.
A ferramenta on-line e gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas cadastrarem seus currículos e participarem de processos seletivos visando a inserção no mercado de trabalho.
“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, no qual as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados de acordo com as demandas de cada empreendimento.

Capacitações de mão de obra

O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Mão de obra local

A valorização da mão de obra local é um dos compromissos da Fundação Renova para execução das atividades de reparação, conforme previsto no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) e no Termo de Acordo de Mariana. Fornecedores da Fundação Renova também consideram a priorização da contratação local para execução dos seus trabalhos..

Blitz da Semana Nacional do Trânsito orienta motoristas sobre boas práticas ao dirigir

Entre os dias 18 a 25 de setembro, acontece a Semana Nacional de Trânsito. Período em que os órgãos de trânsito de todo o Brasil desenvolvem atividades alusivas à prática do trânsito seguro. Neste ano, o tema oficial é “Juntos salvamos vidas”.

As ações da Semana Nacional do Trânsito continuam pela cidade com atividades de conscientização às boas práticas no trânsito.

Hoje (23), pela manhã, uma blitz educativa realizada em frente ao SIRETRAN de Baixo Guandu em parceria com o DETRAN, Policia Militar e a Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, na Rua Antônio Sampaio, ações como essa são importantes para a conscientização coletiva sobre boas práticas no trânsito. É interessante e necessário porque as pessoas precisam entender que o homem prejudica o ambiente e o trânsito com ações irresponsáveis.

A ação os agentes de trânsito na distribuição de panfletos informativos e orientações de segurança. Os motoristas demonstraram muito interesse na atividade e destacaram a necessidade de ações como esta.

 A campanha, que acontece anualmente, tem o objetivo de incentivar junto à sociedade, um trânsito mais seguro.

Neste ano, estamos com o tema “Juntos Salvamos Vidas”, reforçando a necessidade da coletividade para uma melhor segurança no trânsito brasileiro. Se cada um fizer a sua parte, teremos um trânsito mais seguro e de melhor qualidade para todos – destacou o Chefe do Trânsito, Kleidson Pimentel de Freitas.

Nota de Pesar

Nota de Pesar
É com muita tristeza que a Prefeitura de Baixo Guandu, recebeu ontem dia 19 de setembro, a notícia do falecimento da professora MARIA DE FÁTIMA BENÍCIO MARTINS, que atuava na CMEI “Zilda Castiglioni Rosa Guzzo”, servidora municipal há mais de 30 anos.

“Enviamos nossos mais profundos sentimentos à família e aos amigos da professora Maria de Fátima nossa servidora há tantos anos”, disse o prefeito Lastênio Cardoso.

Maria de Fátima é também tia do atual Secretário de Obras Fabrício Benício de Brito a quem também enviamos nossas condolências.

O Velório está acontecendo na Capela Mortuária Ecumênica e o sepultamento será às 17horas no Cemitério de Baixo Guandu.

Com pesar:
Prefeitura Municipal de Baixo Guandu.

Plataforma Recoloca Rio Doce abre oportunidades de emprego em Baixo Guandu

A plataforma Recoloca Rio Doce está com vagas de trabalho abertas em Baixo Guandu para os interessados em conquistar uma oportunidade no mercado. Nesta semana, estão abertas sete vagas de emprego para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova.

Todas as vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce e nos Sine locais dos municípios. A ferramenta faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em reinserir a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.

A ferramenta on-line e gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas cadastrarem seus currículos e participarem de processos seletivos visando a inserção no mercado de trabalho.

“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, onde as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados conforme as demandas de cada empreendimento.

Capacitações de mão de obra
O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Nota de Pesar

Nota de Pesar


É com muita tristeza (pesar), que a Prefeitura de Baixo Guandu, recebeu ontem (dia7/09), a notícias do falecimento da professora da Creche Dona Chica, Nora Ney do Carmo Ortolan, 61 anos, servidora municipal, desde 2.000 (22 anos).
A professora Nora Ney do Carmo Ortolan, passou mal no momento do desfile, e foi imediatamente socorrida e encaminhada ao Hospital da cidade. A equipe médica tentou reanimá-la, mas sem sucesso, ela veio a óbito.


O laudo fornecido pelo SVO Serviço de Verificação de Óbitos apontou que a causa da morte foi Infarto Agudo do Miocárdio, causado por Hipertensão Arterial Sistêmica.
“Prestamos os nossos mais profundos sentimentos à família e aos amigos da professora Nora Ney do Carmo Ortolan. Foi uma morte súbita, muito sentida por seus colegas de trabalho. Transmitimos o nosso apoio à família”, disse o prefeito Lastênio Cardoso.

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu está dando todo apoio possível desde o momento em que a servidora foi encaminhada ao atendimento médico e está cobrindo as despesas com funeral.

O Velório irá começar às 14:00 horas na Igreja Deus é Amor – Rua Joaquim Nabuco, Bairro Mauá e o enterro está previsto para às 17horas no Cemitério do mesmo Bairro.

Com pesar:
Prefeitura Municipal de Baixo Guandu.

Curso de Manicure e Pedicure

A Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, em parcearia com o Senac, dá mais um passo importante na busca da geração de emprego.

Capacitar os participantes para o domínio das competências necessárias para o desempenho das atividades voltadas aos serviços de embelezamento de Mãos e Pés, considerando a conduta profissional e a qualidade na prestação de serviços.

Setembro Amarelo, a campanha salva vidas !

A campanha Setembro Amarelo salva vidas!

O suicídio é uma triste realidade que atinge o mundo todo e gera grandes prejuízos à sociedade.

Todos nós devemos atuar ativamente na conscientização da importância que a vida tem e ajudar na prevenção do suicídio, tema que ainda é visto como tabu. É importante falar sobre o assunto para que as pessoas que estejam passando por momentos difíceis e de crise busquem ajuda e entendam que a vida sempre vai ser a melhor escolha.

Prefeitura prepara grande festa de reinauguração da Praça São Pedro

No dia 24 de setembro de 2022, às 20h, a Prefeitura Municipal de Baixo Guandu, através da Secretaria de obras, realizará uma grande festa para reinaugurar a Praça São Pedro.Toda a comunidade está convidada para participar deste momento de confraternização e celebração.

O prefeito Lastênio Cardoso afirma que a reinauguração é um marco para Baixo Guandu. “A Praça São Pedro está linda e pronta para ser entregue à comunidade. Esta é a praça mais antiga de nossa cidade, e nada mais justo do que oferecer um ambiente de lazer ainda mais confortável e preparado para essa comunidade”, destacou.

Entre as melhorias realizadas, está a colocação de um novo cercamento e portões e a revitalização da pintura dos brinquedos e dos banheiros. Os equipamentos da academia foram revitalizados, a estátua foi substituída pela do MONSENHOR Padre Alonso, campo de areia para vôlei e/ou futebol de areia, foram reformados. Todo o paisagismo do local também recebeu melhorias.

A Praça recebeu diversas melhorias ao longo dos últimos meses.

Recoloca Rio Doce: tem vagas de emprego em Baixo Guandu

Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

Baixo Guandu está com vagas de emprego disponíveis para os interessados em cadastrarem seus currículos na plataforma Recoloca Rio Doce. Nesta semana, são sete oportunidades de emprego para atuação nas ações de reparação e compensação executadas pela Fundação Renova.

Três vagas são em Baixo Guandu, sendo duas na empresa Gênese Consultoria Ambiental, Planejamento e Construções para técnico em segurança do trabalho e uma para a empresa MCA Auditoria e Gerenciamento para a função de fiscal de campo/obra pleno. Outras duas vagas estão disponíveis em Colatina e oferecidas pela empresa Ambipar para a função de auxiliar técnico II e analista de biodiversidade. Já em Linhares, a Palma Construtora está com duas vagas para Oficial Pleno/Pedreiro.

As vagas e os requisitos podem ser conferidos na plataforma Recoloca Rio Doce, onde os profissionais interessados devem cadastrar seus currículos. A ferramenta faz parte de iniciativa da Fundação Renova para reparar e compensar os danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão (MG). Com o foco em recolocar a população no mercado de trabalho, o Recoloca visa também levar desenvolvimento humano aliado ao objetivo de estimular a retomada do desenvolvimento econômico na região atingida.

A plataforma gratuita, desenvolvida pela Fundação Renova em parceria com a Kienbaum Consultoria, é um canal disponibilizado para as pessoas das comunidades atingidas que buscam inserção no mercado de trabalho.

“O objetivo é formar um banco de currículos qualificado, onde as empresas encontram profissionais conforme suas demandas. As empresas também anunciam as suas vagas”, diz Jucilene Junia Martins, analista do Programa de Estímulo à Contratação Local da Fundação Renova.

Com o uso da plataforma, os currículos impressos não serão mais considerados nos processos seletivos de fornecedores e parceiros da Fundação Renova. O cadastramento do currículo não garante a contratação, mas é requisito para concorrer às vagas. Os documentos digitais, unificados na plataforma, possibilitam um maior alcance e acesso às vagas, já que as necessidades das empresas são mapeadas e os candidatos, direcionados conforme as demandas de cada empreendimento.

Capacitações de mão de obra
O Recoloca Rio Doce também oferece capacitações para o mercado de trabalho, como treinamentos e videoaulas sobre elaboração de currículos, o que possibilita o aprimoramento das habilidades dos profissionais das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão. A iniciativa amplia as possibilidades de os profissionais atingidos retornarem ao mercado de trabalho no município.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content