Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Procon orienta consumidor na hora de comprar ovos de chocolate

A Páscoa é uma das datas mais tradicionais do nosso calendário de comemorações. Nesta época, é comum presentear pessoas queridas com ovos de chocolate. Ao consumidor que quer manter essa tradição, o Procon Municipal de Baixo Guandu recomenda alguns cuidados na aquisição desses produtos.

Para economizar, a dica é comparar os preços. “Após definir o tipo de ovo a ser comprado, é importante pesquisar, pois eles podem variar bastante de um local para outro”, ressalta a diretora do Procon Municipal de Baixo Guandu Richardeny Lemke Ott.

Além do preço, o Procon também orienta a ficar atento ao local da compra, pois o lugar onde estão armazenados ou expostos os ovos de chocolate deve estar sob temperatura adequada (cerca de 18ºC). Ambientes muito quentes provocam o derretimento do produto. Temperaturas muito baixas fazem com que o chocolate endureça, apresentando uma coloração esbranquiçada.

Não compre de ambulantes, pois não há condições adequadas de armazenamento, o que pode colocar em risco sua saúde. Outro ponto importante são as informações contidas nas embalagens dos ovos de Páscoa. Toda informação deve ser clara e precisa, com especificações corretas sobre quantidade, composição, características, qualidade, bem como os possíveis riscos que apresentem.

Validade e brinquedos

É importante ainda não deixar de olhar na embalagem o prazo de validade e verificar as condições da embalagem (se há sinais de violação do conteúdo, furos ou partes amassadas). Encontrados esse sinais, não adquira o produto. Caso se trate de um ovo com brinquedos no interior do produto, procure pelo selo do Inmetro e pela idade recomendável para o uso do brinde. Em casa, o armazenamento deve ser feito longe de produtos de limpeza e fontes de calor.

Se o consumidor optar pelos ovos em bancas de promoções com a informação de que estão quebrados, normalmente mais baratos do que outros em perfeitas condições, o fornecedor não será obrigado a trocar o produto.

Diet x light

Também é importante lembrar que os produtos diet e light não significam, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), necessariamente, que são isentos ou tenham percentual reduzido de açúcar ou calorias.

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação PMBG
Eduardo Candeias
Fabiano Damasceno
noticia@pmbg.es.gov.br
(27) 3732-8914
Texto: Eduardo Candeias / Brunella França

0 Comments

There are no comments yet

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish
Skip to content