Skip to content Skip to left sidebar Skip to footer

Sem categoria

Antigo prédio da Secretaria de Educação é demolido para construção de nova sede

As obras de demolição do prédio da antiga SEMEC tiveram inicio essa semana e já estão bem adiantadas, segundo o secretário de obras do município Claudio Quintella.

No local, uma área de aproximadamente 500 metros quadrados, será construída a nova sede da secretaria de educação, que atualmente funciona em um prédio alugado. “Estamos no processo de demolição, confecção do projeto e levantamento de custos, para posteriormente chegarmos ao processo licitatório, mas a previsão de término da demolição é até o fim de janeiro”, afirma o secretário.

Ainda segundo Claudio, o prédio estava desativado há aproximadamente oito anos, servindo apenas como depósito para material da secretaria de educação.

 

Instituto Terra e Prefeitura definem parcerias para recuperação ambiental

 

 

No dia 22 de janeiro de 2013, foi realizada no Instituto Terra em Aimorés, uma reunião sobre projetos de recuperação ambiental a serem executados pelo Instituto no município de Baixo Guandu no período de 2013 a 2016.

Durante a reunião, o Superintendente do Instituto Terra, Adonai Lacruz apresentou os projetos ao prefeito do município Neto Barros, que ressaltou a importância das ações ambientais para a cidade. Na ocasião, Neto firmou parceria com Instituo Terra para o reflorestamento de 100 ha com apoio financeiro da The Nature Conservancy (TNC) e recuperação de 30 nascentes com apoio daEnergias do Brasil S.A (EDP).

Estiveram participando da reunião, além do prefeito, o vice-prefeito Eloy Avelino Junior, o secretário municipal de meio ambiente Lourival Demuner, a secretária executiva do Consórcio do Rio Guandu/ CBH Guandu, Ana Paula Alves Bissoli e a chefe do departamento de meio ambiente e presidente do CBH Guandu, Joseane Viola.

A secretaria municipal de Meio Ambiente fará a indicação das áreas, e os produtores rurais que tiverem interesse em reflorestar sua reserva legal ou nascente, devem entrar em contato através do telefone (27) 3732-3214.

Prefeito e Secretário de Desenvolvimento se encontram com presidente da FINDES

Fortalecer os laços institucionais e viabilizar a instalação de uma unidade de capacitação profissional no município. Foi com esse objetivo que o presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Marcos Guerra, recebeu no final da manhã da última quinta-feira (24) uma visita do prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros. O encontro foi realizado no gabinete da Presidência, na sede do Sistema Findes, em Vitória.

O presidente Marcos Guerra explica que o Sistema Findes está executando um plano de investimentos que prevê a aplicação de recursos de R$ 104 milhões até 2015. Desse total, aproximadamente 80% serão voltados para a educação escolar e profissional. “Estamos estabelecendo parcerias com diferentes municípios em prol da capacitação, principalmente nas regiões com potencial industrial e carência de trabalhadores qualificados. Nosso objetivo é potencializar a interiorização do desenvolvimento no Estado”, explicou Guerra.

Já o prefeito Neto Barros ressaltou que o município de Baixo Guandu tem uma localização estratégica, com acesso à linha ferroviária Vitória-Minas, além de rodovias estaduais e federais. “Nossa localização é próxima a importantes cidades na região, o que permite escoamento de mercadorias. Estamos interessados em estabelecer parcerias com o Sistema Findes para gerar oportunidades para nossa cidade”, destacou Barros.

Durante o encontro, o presidente Marcos Guerra entregou uma proposta técnica para a instalação da nova agência, porém o formato da estrutura física e os cursos de qualificação que serão oferecidos na região ainda não foram definidos, pois a prefeitura vai apresentar duas opções de local para instalação do projeto. As visitas técnicas aos locais devem acontecer no próximo mês de fevereiro.

Também estiveram presentes no encontro o secretário de Desenvolvimento do município, Clóvis Rodrigues, o diretor executivo e o assessor de relações institucionais do Sistema Findes, respectivamente Luís Carlos Vieira e César Villar.

 

Fonte: Assessoria FINDES

Baixo Guandu recebeu na última sexta-feira o então Governador do Estado Givaldo Vieira

Na manhã da ultima sexta feira, dia 4 de janeiro o prefeito de Baixo Guandu Neto Barros acompanhado de seu vice Eloy Avelino Junior, receberam no município a visita do Exmo. Governador do Estado em Exercício Givaldo Vieira e do Secretário de Estado de Desenvolvimento Neri De Rossi. A vinda ao município teve como propósito visitar obras, dentre elas a do Polo Empresarial.

 


O Polo é uma obra do governo do Estado, desenvolvido em uma área de 215.486, 45 metros quadrados doados pelo município à Superintendência dos Projetos de Polarização Industrial (SUPPIN), autarquia da Secretaria de Estado de Desenvolvimento. O objetivo da obra é o desenvolvimento empresarial, geração de emprego e renda, aumento de receita e atração de empresas para o município e região. “Após as posses municipais, é a minha primeira agenda no interior este ano e trouxe o nosso secretário de Desenvolvimento para também ter conhecimento das demandas do Polo, que tem recebido bastante empresas com interesse de se instalar. Já avistamos obras de investimentos em execução e vamos retomar o debate para organizarmos o trecho de acesso ao Polo, demanda necessária para consolidar a ligação externa e produtiva com a região”, salientou Givaldo.


Após a visita a comitiva seguiu para o Mercado Municipal, onde o governador conheceu as instalações, conversou com os comerciantes e convenceu-se da necessidade de uma ampliação e reforma no local. Posteriormente as autoridades seguiram em visita a outras obras públicas como a Biblioteca e o Cine Alba.


Na visita ao Cine Alba estava também presente o gerente de Memória e Patrimônio Cultural do Governo do Estado, Valdir Castiglione que esclareceu aos presentes sobre a paralisação da reforma. “A obra de reforma do Cine Alba está paralisada há aproximadamente dois anos devido a problemas apresentados no processo de tomada de preços e licitações que inviabilizaram sua continuidade”, afirma Valdir.


Dando seguimento à agenda, o governador e a comitiva seguiram para a Mansão da Madame Albertina Holz, patrimônio público que requer todo um processo de restauração. Segundo Valdir Castiglione, essa é mais uma obra que já possui projeto, porém, o processo de convênio não aconteceu devido a problemas na tomada de preço para execução.

Em seguida, fechando a agenda em Baixo Guandu, o governador, secretários, prefeito, vice e demais autoridades seguiram para a Câmara Municipal onde vereadores e populares aguardavam pela comitiva. Em seu discurso o prefeito falou sobre a importância de se firmar parcerias entre governo Municipal e Estadual para que além das obras visitadas, muitas outras sejam realizadas no município. “A visita do governador nesse momento foi muito bem vinda e produtiva. Estamos dando inicio a gestão e esperamos mais parcerias dos governos. Assim, quando recuperarmos as receitas próprias do Município colocaremos Baixo Guandu no rumo certo, com desenvolvimento social e econômico”, afirmou o prefeito.


Givaldo fechou a agenda fazendo uma avaliação da visita ao município nesse inicio de gestão. “É fundamental esta visita a Baixo Guandu, porque posso conhecer visualmente o que é necessário para oferecer ainda mais qualidade de vida à população. Estas demandas serão encaminhadas ao governador Renato Casagrande e analisadas com carinho por nossa equipe”, concluiu.


Finalizando a programação, Vieira, De Rossi, Barros e o vice sobrevoaram o município e locais de extração de granito até Alto Mutum Preto.

 

Baixo Guandu recebeu na última sexta-feira o então Governador do Estado Givaldo Vieira

Na manhã da ultima sexta feira, dia 4 de janeiro o prefeito de Baixo Guandu Neto Barros acompanhado de seu vice Eloy Avelino Junior, receberam no município a visita do Exmo. Governador do Estado em Exercício Givaldo Vieira e do Secretário de Estado de Desenvolvimento Neri De Rossi. A vinda ao município teve como propósito visitar obras, dentre elas a do Polo Empresarial.

 


O Polo é uma obra do governo do Estado, desenvolvido em uma área de 215.486, 45 metros quadrados doados pelo município à Superintendência dos Projetos de Polarização Industrial (SUPPIN), autarquia da Secretaria de Estado de Desenvolvimento. O objetivo da obra é o desenvolvimento empresarial, geração de emprego e renda, aumento de receita e atração de empresas para o município e região. “Após as posses municipais, é a minha primeira agenda no interior este ano e trouxe o nosso secretário de Desenvolvimento para também ter conhecimento das demandas do Polo, que tem recebido bastante empresas com interesse de se instalar. Já avistamos obras de investimentos em execução e vamos retomar o debate para organizarmos o trecho de acesso ao Polo, demanda necessária para consolidar a ligação externa e produtiva com a região”, salientou Givaldo.


Após a visita a comitiva seguiu para o Mercado Municipal, onde o governador conheceu as instalações, conversou com os comerciantes e convenceu-se da necessidade de uma ampliação e reforma no local. Posteriormente as autoridades seguiram em visita a outras obras públicas como a Biblioteca e o Cine Alba.


Na visita ao Cine Alba estava também presente o gerente de Memória e Patrimônio Cultural do Governo do Estado, Valdir Castiglione que esclareceu aos presentes sobre a paralisação da reforma. “A obra de reforma do Cine Alba está paralisada há aproximadamente dois anos devido a problemas apresentados no processo de tomada de preços e licitações que inviabilizaram sua continuidade”, afirma Valdir.


Dando seguimento à agenda, o governador e a comitiva seguiram para a Mansão da Madame Albertina Holz, patrimônio público que requer todo um processo de restauração. Segundo Valdir Castiglione, essa é mais uma obra que já possui projeto, porém, o processo de convênio não aconteceu devido a problemas na tomada de preço para execução.

Em seguida, fechando a agenda em Baixo Guandu, o governador, secretários, prefeito, vice e demais autoridades seguiram para a Câmara Municipal onde vereadores e populares aguardavam pela comitiva. Em seu discurso o prefeito falou sobre a importância de se firmar parcerias entre governo Municipal e Estadual para que além das obras visitadas, muitas outras sejam realizadas no município. “A visita do governador nesse momento foi muito bem vinda e produtiva. Estamos dando inicio a gestão e esperamos mais parcerias dos governos. Assim, quando recuperarmos as receitas próprias do Município colocaremos Baixo Guandu no rumo certo, com desenvolvimento social e econômico”, afirmou o prefeito.


Givaldo fechou a agenda fazendo uma avaliação da visita ao município nesse inicio de gestão. “É fundamental esta visita a Baixo Guandu, porque posso conhecer visualmente o que é necessário para oferecer ainda mais qualidade de vida à população. Estas demandas serão encaminhadas ao governador Renato Casagrande e analisadas com carinho por nossa equipe”, concluiu.


Finalizando a programação, Vieira, De Rossi, Barros e o vice sobrevoaram o município e locais de extração de granito até Alto Mutum Preto.

 

Baixo Guandu recebeu na última sexta-feira o então Governador do Estado Givaldo Vieira

Na manhã da ultima sexta feira, dia 4 de janeiro o prefeito de Baixo Guandu Neto Barros acompanhado de seu vice Eloy Avelino Junior, receberam no município a visita do Exmo. Governador do Estado em Exercício Givaldo Vieira e do Secretário de Estado de Desenvolvimento Neri De Rossi. A vinda ao município teve como propósito visitar obras, dentre elas a do Polo Empresarial.

 


O Polo é uma obra do governo do Estado, desenvolvido em uma área de 215.486, 45 metros quadrados doados pelo município à Superintendência dos Projetos de Polarização Industrial (SUPPIN), autarquia da Secretaria de Estado de Desenvolvimento. O objetivo da obra é o desenvolvimento empresarial, geração de emprego e renda, aumento de receita e atração de empresas para o município e região. “Após as posses municipais, é a minha primeira agenda no interior este ano e trouxe o nosso secretário de Desenvolvimento para também ter conhecimento das demandas do Polo, que tem recebido bastante empresas com interesse de se instalar. Já avistamos obras de investimentos em execução e vamos retomar o debate para organizarmos o trecho de acesso ao Polo, demanda necessária para consolidar a ligação externa e produtiva com a região”, salientou Givaldo.


Após a visita a comitiva seguiu para o Mercado Municipal, onde o governador conheceu as instalações, conversou com os comerciantes e convenceu-se da necessidade de uma ampliação e reforma no local. Posteriormente as autoridades seguiram em visita a outras obras públicas como a Biblioteca e o Cine Alba.


Na visita ao Cine Alba estava também presente o gerente de Memória e Patrimônio Cultural do Governo do Estado, Valdir Castiglione que esclareceu aos presentes sobre a paralisação da reforma. “A obra de reforma do Cine Alba está paralisada há aproximadamente dois anos devido a problemas apresentados no processo de tomada de preços e licitações que inviabilizaram sua continuidade”, afirma Valdir.


Dando seguimento à agenda, o governador e a comitiva seguiram para a Mansão da Madame Albertina Holz, patrimônio público que requer todo um processo de restauração. Segundo Valdir Castiglione, essa é mais uma obra que já possui projeto, porém, o processo de convênio não aconteceu devido a problemas na tomada de preço para execução.

Em seguida, fechando a agenda em Baixo Guandu, o governador, secretários, prefeito, vice e demais autoridades seguiram para a Câmara Municipal onde vereadores e populares aguardavam pela comitiva. Em seu discurso o prefeito falou sobre a importância de se firmar parcerias entre governo Municipal e Estadual para que além das obras visitadas, muitas outras sejam realizadas no município. “A visita do governador nesse momento foi muito bem vinda e produtiva. Estamos dando inicio a gestão e esperamos mais parcerias dos governos. Assim, quando recuperarmos as receitas próprias do Município colocaremos Baixo Guandu no rumo certo, com desenvolvimento social e econômico”, afirmou o prefeito.


Givaldo fechou a agenda fazendo uma avaliação da visita ao município nesse inicio de gestão. “É fundamental esta visita a Baixo Guandu, porque posso conhecer visualmente o que é necessário para oferecer ainda mais qualidade de vida à população. Estas demandas serão encaminhadas ao governador Renato Casagrande e analisadas com carinho por nossa equipe”, concluiu.


Finalizando a programação, Vieira, De Rossi, Barros e o vice sobrevoaram o município e locais de extração de granito até Alto Mutum Preto.

 

Vigilância Ambiental alerta para cuidados com escorpiões

Nesta época do ano, devido às alterações climáticas, em algumas regiões é comum o aparecimento de escorpiões. O clima quente na maioria das vezes seguido de chuvas provoca a saída desses animais do seu habitat natural, em busca de um lugar com clima ameno para se instalar, geralmente terrenos baldios, entulhos, locais com higiene precária são ótimos criadouros de escorpiões.

 

Agentes da Vigilância Ambiental de Baixo Guandu fazem um alerta sobre os cuidados e orientam a população sobre como evitar o aparecimento desse animal nas residências:

– Na área externa do domicílio manter limpos quintais e jardins, não acumular folhas secas e lixo domiciliar;

– Acondicionar lixo domiciliar em sacos plásticos ou outros recipientes apropriados e fechados, e entregá-los para o serviço de coleta. Não jogar lixo em terrenos baldios;

– Eliminar fontes de alimento para os escorpiões: baratas, aranhas, grilos e outros pequenos animais invertebrados;

– Evitar a formação de ambientes favoráveis ao abrigo de escorpiões, como obras de construção civil e terraplenagens que possam deixar entulho, superfícies sem revestimento, umidade, etc;

– Remover periodicamente materiais de construção e lenha armazenados, evitando o acúmulo exagerado;

– Evitar queimadas em terrenos baldios, pois desalojam os escorpiões;

– Rebocar paredes externas, internas e muros para que não apresentem vãos ou frestas;

– Vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha;

– Reparar rodapés soltos e colocar telas nas janelas;

– Telar as aberturas dos ralos, pias ou tanques; Telar aberturas de ventilação de porões e manter assoalhos vedados; Manter todos os pontos de energia e telefone devidamente vedados.

Nos casos de acidentes, a equipe orienta a vítima a procurar um hospital o mais rápido possível levando o exemplar do animal que causou o ferimento, para que os profissionais de saúde possam identificá-lo e indicar a melhor conduta para o caso.

 

 

Prefeitura de Baixo Guandu investe em capacitação de educadores

A Secretaria Municipal de Educação de Baixo Guandu está investindo na capacitação de diversos profissionais de seu quadro de efetivos. Os servidores municipais estão participando no decorrer desta semana da Formação com Coordenadores e Orientadores de Estudo do PNAIC (Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa), realizada no Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo.

 


O PNAIC é um programa do governo federal integrado, cujo objetivo é a alfabetização em Língua Portuguesa e Matemática, até o 3º ano do Ensino Fundamental de todas as crianças das escolas municipais e estaduais brasileiras. Além da capacitação, os recursos investidos pelo governo federal garantem uma bolsa de R$ 750,00 mensais aos orientadores e de R$ 200,00 para os monitores do projeto.


Segundo a secretária Municipal de Educação, Cenira Antônia da Silva, a capacitação é uma forma de estimular tanto profissionais quanto alunos. “Esse projeto estimula o professor pelo progresso do aluno e acreditamos que será um sucesso, porque é um trabalho bem minucioso onde todos os supervisores e professores terão um acompanhamento direto”, afirma a secretária.


Cenira afirmou ainda que essa é apenas a primeira de muitas capacitações que o município deseja proporcionar a seu quadro de servidores, e adianta que só está aguardando o calendário oficial para que, em parceria com o governo do Estado, ofereça um treinamento para os profissionais que irão trabalhar com o EJA ( Educação de Jovens e Adultos). "Queremos trazer jovens, adultos e até mesmo idosos de volta para a sala de aula."


 


 

 

 

Cuidado com a Dengue: saiba como evitar a doença

Combater a dengue não é uma tarefa fácil. Por isso, são necessárias a mobilização e a conscientização de todos para eliminar os focos do mosquito. Medidas simples geram bons resultados.

 

Dengue é uma doença infecciosa aguda causada por um vírus que possui quatro sorotipos (DENV-1, DENV-2, DENV-3 e DENV-4). É transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado.

Ocorre, principalmente, em áreas tropicais e subtropicais. As epidemias geralmente ocorrem no verão, durante ou imediatamente após períodos chuvosos.

Sintomas

A forma clínica clássica caracteriza-se pelos seguintes sintomas:

– Febre alta, com duração de 2 a 7 dias;

– Dor de cabeça;

– Dor no corpo e nas juntas;

– Dor atrás dos olhos;

– Manchas vermelhas pelo corpo.

Quem tem diagnóstico de dengue deve ficar atento ao surgimento dos sintomas a seguir:

– Dores fortes e contínuas na barriga;

– Vômitos persistentes;

– Sangramento por nariz, boca e gengivas;

– Sede excessiva e boca seca.

Transmissão

A fêmea do mosquito pica o indivíduo infectado, mantém o vírus em sua saliva e o retransmite em novas picadas. A transmissão ocorre pelo ciclo homem-Aedes aegypti-homem.

Após ingerir sangue infectado, o inseto fêmea mantém-no em período de incubação. Depois desse período, o mosquito torna-se apto a transmitir o vírus durante toda a sua vida.

Tratamento

Ao serem observados os primeiros sintomas da dengue, deve-se buscar orientação médica. A reidratação oral com soro caseiro, água ou sucos pode ser feita antes mesmo da consulta médica.

Após a consulta, alguns cuidados devem ser observados, como:

– Manter-se em repouso;

– Continuar bebendo muito líquido;

– Usar somente os medicamentos prescritos pelo médico para aliviar as dores e a febre.

Como combater

– Não deixe água acumulada;

– Vire todas as garrafas com a boca para baixo, evitando o acúmulo de água dentro delas;

– Feche bem o saco de lixo e deixe-o fora do alcance de animais;

– Mantenha a caixa d'água bem fechada;

– Coloque no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água;

– Mantenha bem fechados tonéis e barris d'água;

– Troque a água dos vasos de plantas aquáticas e lave-os com escova, água e sabão uma vez por semana;

– Lavar semanalmente, principalmente por dentro, com escova e sabão, os utensílios utilizados para guardar água em casa, como jarras, garrafas, potes e baldes;

– Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada.

 

 

 

Secretaria de Saúde promove capacitação sobre Dengue

Na última quinta-feira, dia 24 de janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde, juntamente com o departamento de vigilância em saúdel, realizou uma capacitação de multiplicadores de combate a Dengue, onde apresentou o tema “Dengue em 15 minutos”. A capacitação foi realizada no auditório da Promotoria do município e envolveu profissionais da vigilância ambiental, vigilância epidemiológica, sanitária, enfermeiros e médicos da Estratégia de Saúde da Família (ESF).

O objetivo segundo o Coordenador da Estratégia de Saúde da Família, Saulo Moreira Ferreira, é formar multiplicadores em saúde, para que possam repassar a conduta preventiva e curativa da dengue para os demais profissionais que fazem parte da ESF. “Foi nossa primeira capacitação em equipe e temos como meta capacitar 100% das equipes quanto ao manejo de doenças relacionadas à saúde pública nesse primeiro semestre”, afirmou Saulo.

A capacitação foi ministrada pela enfermeira do Grupo Técnico da Dengue/Vigilância Ambiental, Mariana Gomes Lankheet e pela médica infectologista do Núcleo da Vigilância em Saúde, Fernanda Foreque Sarmento, ambas da Regional de Saúde de Colatina e contou com a participação de aproximadamente 21 profissionais.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde algumas ações já vêm sendo feitas para o combate à doença no município e amanhã, dia 29 de janeiro, será realizada a contratação imediata em caráter emergencial de 20 agentes de endemia, pelo período de 60 dias.

Além da capacitação, o coordenador do departamento da vigilância ambiental, Welmer Zahn informou que nos próximos dias entrará em operação o carro fumacê no município e nos distrtitos, com a finalidade de combater o vetor do mosquito transmissor.